Marca Maxmeio

Postado às 11h06 CulturaDestaque Nenhum comentário

Câmara prestigia cerimônia que marca restauração do Teatro Alberto Maranhão.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Raniere Barbosa (Avante) e o vereador Dinarte Torres (PMB) prestigiaram na tarde desta quarta-feira (26) a assinatura da Ordem de Serviço pelo governador Robinson Faria (PSD) para restauração do Teatro Alberto Maranhão (TAM), da Escola de Dança do teatro (EDTAM) e do Palácio da Cultura (Pinacoteca do estado). Na ocasião, o presidente do Legislativo Natalense destacou a importância da iniciativa do governo em valorizar a cultura do estado, garantindo que o patrimônio cultural seja preservado e fomentada a formação e manifestações artístico-culturais.
Para Raniere, a iniciativa é importante porque se trata do resgate da memória e da cultura do estado. “É isso que o governo está oferecendo ao povo potiguar, diferente do que tem ocorrido na nossa cidade, em Natal, quando a gestão municipal dos últimos anos priorizou a realização de festas e esqueceu de investir nos equipamentos culturais”, criticou. O presidente destacou a relevância do investimento nesses equipamentos culturais para a classe artística. “Restaurar e resgatar um teatro centenário é resgatar parte da nossa história, motivando e estimulando nosso celeiro de artistas que terão sua escola para se formar e seu palco para se apresentar. A Câmara trabalha para dar apoio a esse tipo de incentivo de cultura”, disse.
Segundo o governador Robinson Faria, seu governo foi o que mais investiu em equipamentos culturais não apenas em Natal, mas em todo o estado. “Trata-se de serviços de restauração completa para dar segurança a quem visita, trabalha ou se apresenta nesses equipamentos. Todos os nossos grandes patrimônios culturais estão sendo pensados e recebendo investimentos. É o maior investimento da historia do governo em cultura”, garante o chefe do Executivo Estadual.
O Governo do Estado divulgou que os investimentos foram viabilizados pelo projeto Governo Cidadão e Banco Mundial, em parceria com a Secretaria de Turismo. A EDTAM receberá investimentos de R$ 2,2 milhões para restauração do prédio, tombado pelo Patrimônio Histórico do Rio Grande do Norte e localizado na Rua Chile, Ribeira.  O Palácio da Cultura, na Cidade Alta, contará com investimentos que somam R$ 5,6 milhões. Já o Teatro Alberto Maranhão, na Ribeira, terá sua área interna e fachada completamente restauradas e o montante a ser investido totaliza R$ 7,7 milhões.
“Será uma reforma delicada que inclui novos equipamentos de som e iluminação, poltronas, refrigeração, elevadores, sistema hidráulico e elétrico. Em 15 dias a empresa deve começar a obra e concluir em 12 meses, mas esperamos entregar antes”, explicou o presidente da Fundação José Augusto, Amaury Júnior.  O TAM está interditado desde 2015 obedecendo uma decisão judicial embasada em um laudo do Corpo de Bombeiros.
O Teatro Alberto Maranhão faz parte da história da Câmara Municipal. Durante a segunda metade do século XX, a sede física da parlamento municipal foi alterada diversas vezes, chegando a funcionar no prédio, que naquela época chamava-se Teatro Carlos Gomes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 11 =