Marca Maxmeio

Postado às 10h07 CidadeDestaque Nenhum comentário
Revista nacional Istoé destaca pesquisa com células tronco feita no RN.

Revista nacional Istoé destaca pesquisa com células tronco feita no RN.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A pesquisa com células tronco na pele aplicada no Rio Grande do Norte é destaque na edição desta semana da revista nacional Istoé com apresentação da pesquisa e aplicação desenvolvida pelos cirurgiões plásticos Dr. Charles de Sá (chefe do Departamento Científico do Instituto Ivo Pitanguy) e Dra. Natale Gontijo Amorim (diretora da Comissão Científica da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), em parceria com o médico italiano Gino Rigotti (da Universidade de Verona, Itália).

A reportagem de página dupla ressalta os avanços da medicina e a revolução nos tratamentos de rejuvenescimento da pele.

A matéria fala ainda sobre a medicina regenerativa, uma das apostas para tratamento de tratamento e cura de enfermidades de tecidos da pele e até de órgãos, como destaca a matéria. “Se há uma lesão no músculo cardíaco provocada por um infarto, por exemplo, é possível fazer com que células-tronco assumam as características de células cardíacas e realizem as tarefas das que foram lesadas. Ou que dêem origem a vasos sanguíneos, garantindo que uma área atingida por qualquer agressão receba mais oxigênio e nutrientes. Elas podem ser extraídas de embriões (embrionárias), de lugares do corpo como a medula óssea ou a gordura (adultas), ou serem resultado de uma reprogramação feita a partir de células já especializadas.

Confira a matéria completa

http://istoe.com.br/celulas-tronco-na-pele/

MEDICINA & BEM-ESTAR

Células-tronco na pele

_Pesquisa pioneira feita por brasileiros mostra que a aplicação das células curinga promove o rejuvenescimento da cútis de forma impressionante. A terapia pode representar a mais nova revolução na busca pela preservação da beleza_

Dois médicos brasileiros, em conjunto com um colega italiano, estão conduzindo um estudo que pode representar um dos maiores saltos da ciência para a manutenção da beleza da pele. Os cirurgiões plásticos Natale Gontijo de Amorim e Charles Araújo de Sá realizam no Rio de Janeiro uma pesquisa inédita para avaliar se a aplicação na cútis de células-tronco extraídas do próprio paciente são capazes de promover o rejuvenescimento cutâneo. A contar pelos resultados observados até agora, a resposta é sim. Elas reduzem a flacidez de forma impressionante – um dos principais objetivos de qualquer tratamento de rejuvenescimento -, além de assegurarem maior hidratação e viço à pele desgastada pelo tempo.

Até hoje, o principal avanço contra o envelhecimento da pele foi o surgimento do laser. A energia disparada pelos aparelhos provoca uma reorganização das fibras colágeno, responsáveis por dar sustentação à cútis, de maneira a melhorar o aspecto cutâneo. O que Natale, diretora da Comissão Científica da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (regional Rio de Janeiro), Charles, chefe do Departamento Científico do Instituto Ivo Pitanguy, e o médico italiano Gino Rigotti, da Universidade de Verona, na Itália, estão fazendo vai por um caminho diferente e muito promissor. Ao investirem em células-tronco, os três optam por uma das principais apostas da medicina regenerativa da atualidade.

Essas células tornaram-se alvo de intenso interesse porque são como matrizes prontas a serem usadas para confeccionar a maioria dos tecidos do corpo humano. Elas não são especializadas, ou seja, não se tornaram ainda células com funções específicas. Podem, portanto, serem induzidas a se transformarem no que a medicina quiser. Se há uma lesão no músculo cardíaco provocada por um infarto, por exemplo, é possível fazer com que células-tronco assumam as características de células cardíacas e realizem as tarefas das que foram lesadas. Ou que dêem origem a vasos sanguíneos, garantindo que uma área atingida por qualquer agressão receba mais oxigênio e nutrientes. Elas podem ser extraídas de embriões (embrionárias), de lugares do corpo como a medula óssea ou a gordura (adultas), ou serem resultado de uma reprogramação feita a partir de células já especializadas.

A experiência dos três pesquisadores em relação à pele é a primeira do mundo do gênero a ser feita em seres humanos. As células-tronco usadas são extraídas da gordura do paciente, processadas em laboratório e injetadas na pele do rosto. Na etapa inicial, participaram vinte pacientes com idade entre 45 e 60 anos, todos apresentando flacidez parcial. A aplicação das células curinga foi feita em uma área próxima à orelha, na altura do bochecha. Após quatro meses, a pele tratada foi retirada em um facelifting (procedimento cirúrgico de rejuvenescimento) e analisada na Universidade Federal do Rio de Janeiro e na Universidade de Verona.

Os médicos verificaram que as fibras elásticas (dão elasticidade à pele) danificadas pelo processo de envelhecimento natural ou por agressões externas, como os raios solares, desapareceram e deram lugar à fibras novas, intactas como as encontradas em uma pele jovem. “Foi um fenômeno extraordinário”, conta o italiano Rigotti. “Isso é muito difícil de acontecer em adultos”, acrescenta Charles. Houve outros benefícios constatados pelos cientistas. “A hidratação melhorou e a quantidade de vasos sanguíneos cresceu, garantindo mais nutrição e oxigenação”, afirma Natale. O procedimento também se mostrou seguro, não sendo registrada qualquer alteração que representasse risco à saúde.

REFERENDO CIENTÍFICO

As observações foram publicadas na revista científica Plastic and Reconstructive Surgery, a mais importante da especialidade. E outro artigo, com maiores detalhes, aguarda publicação na Stem Cell, outra publicação científica de renome. O trio de pesquisadores se prepara para a próxima etapa do trabalho, que contará com número maior de pacientes. Agora, serão cem. Eles pretendem concluir o estudo dentro de no máximo dois anos, prazo para que, acreditam, a terapia esteja disponível.

VIÇO RENOVADO

Células-tronco representam a grande aposta da medicina regenerativa

Saiba por que:

O QUE SÃO

  • Células que ainda não se transformaram em células específicas (cardíacas ou ósseas, por exemplo)
  • Por essa razão, possuem versatilidade para se transformar em qualquer tecido

TIPOS

Embrionárias – presentes em embriões, são as que apresentam a maior versatilidade

Adultas – encontradas em vários lugares do corpo: medula óssea e gordura estão entre as fontes mais acessíveis

Induzidas – obtidas a partir de um processo pelo qual células já especializadas são reprogramadas para funcionarem como células-tronco

USOS

  • São estimuladas a se especializar para que funcionem como peças de reposição a serem colocadas no lugar das que foram lesadas ou ajudem a revitalizar áreas danificadas
  • Há várias experiências pelo mundo: na cardiologia, por exemplo, elas vêm sendo testadas para recuperar áreas atingidas pelo infarto

COMO É A EXPERIÊNCIA NO REJUVENESCIMENTO

  1. Os pesquisadores extraem as células-tronco da gordura do próprio paciente
  2. Elas são processadas em laboratório
  3. Depois, são injetadas em áreas determinadas da pele do rosto

O QUE FOI OBSERVADO

Promoveram o crescimento de fibras elásticas e aumentaram a hidratação e a concentração de vasos sanguíneos na região tratada

 

Postado às 01h07 CidadeDestaque Nenhum comentário
Caminhada pela Paz reúne milhares de pessoas em Natal

Caminhada pela Paz reúne milhares de pessoas em Natal e cobra apuração no assassinato de Micaela.

Carlos José

Carlos José pai de Micaela.

Karla Álvares de Melo, mãe da jovem Maria Karolyne, 19 anos, assassinada em 2016 enquanto caminhava na avenida Itapetinga na zona norte de Natal.

Karla Álvares de Melo, mãe da jovem Maria Karolyne, 19 anos, assassinada em 2016 enquanto caminhava na Avenida Itapetinga Zona Norte de Natal levou apoio aos familiares de Micaela.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Caminhada pela Paz reuniu centenas de pessoas na tarde deste domingo (16), parentes e amigos da barbeira Micaela Ferreira morta em Natal pediram justiça e cobraram apuração rigorosa por parte das autoridades sobre as circunstâncias do assassinato ocorrido durante assalto a carro-forte num shopping da Avenida Ayton Senna na última quinta-feira (13).

Micaela foi feita refém logo que começou a troca de tiros entre os criminosos e vigilantes da empresa que fazia o transporte de valores para o reabastecimento de dois caixas eletrônicos que funcionam no shopping.

A caminhada foi acompanhada por milhares de pessoas vestidas com roupas brancas munidas de faixa e cartaz onde pediam paz e o fim da violência  e apuração rigorosa da polícia no caso para determinar quem realmente atirou em Mikaela Ferreira.

O Ato teve início às 14h e saiu da Avenida Ayrton Senna em direção a Avenida Roberto Freire e se encerrou às 18h com a concentração dos participantes e um momento de oração com a participação de mães que tiveram filhos assinados nos últimos anos na Capital e ainda não foram solucionados, como Karla Álvares de Melo, mãe da jovem Maria Karolyne, 19 anos, assassinada em 2016 enquanto caminhava na avenida Itapetinga na zona norte de Natal.

“Mikaela era uma pessoa muito querida ela era uma árvore que sempre deu bons frutos. A prova está aqui na Caminhada pela Paz, todas as pessoas que estão participando vieram de coração, são familiares, amigos e pessoas comuns que vieram aqui para pedir mais segurança as autoridades governamentais. É lamentável Natal uma cidade maravilhosa e hoje se depara com uma violência como essa que amedronta  a todos nós além de aparecer nas pesquisas como uma das mais violentas do país”, disse Carlos José, comerciante, pai de Micaela.

  • IMG_5836
  • IMG_5845
  • IMG_5847
  • IMG_5856
  • IMG_5857
  • IMG_5864
  • IMG_5869
  • IMG_5872
  • IMG_5875
  • IMG_5877
  • IMG_5907
  • IMG_5915
  • IMG_5916
  • IMG_5923
  • IMG_5926
  • IMG_5929
  • Untitled-3
  • Untitled-4
  • Untitled-5
  • Untitled-7
Postado às 19h07 CidadeDestaque Nenhum comentário
Eventos são abertos ao público visitante do parque, objetivo do evento é promover a interação e a participação dos jovens em atividades de caráter competitivo.

Eventos são abertos ao público visitante do parque, objetivo do evento é promover a interação e a participação dos jovens em atividades de caráter competitivo.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Neste final de semana sábado e domingo o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte vai receber várias atividades abertas aos visitantes, às 7h, tem aula de capoeira no pórtico de Cidade Nova. As aulas acontecem todos os sábados com o professor Evaldo Leôncio de Andrade e são abertas ao público, sem custo de matrícula ou mensalidade.

“Quem quiser participar, é só chegar. Pode participar com bermuda ou calça leve e camiseta que depois a gente vai se organizando como puder”, explica o professor. Quem optar por evoluir na arte da capoeira, compra o abadá (vestimenta própria) e a lã para fazer o cordão, necessário para distinguir as graduações.

À tarde será a vez da criançada se divertir com o projeto “O Baú do Pequeno Príncipe”, a partir das 16h, na torre do Parque da Cidade. No próximo dia 19 de junho é celebrado o Dia do Amigo e o Pequeno Príncipe, representado pelo ator Josivan Alves, convidou a atriz Damiana Lima, que faz a Raposa e montaram uma participação conjunta que vai falar sobre amizade. A amizade entre o Pequeno Príncipe com a Raposa, assim como tem no livro. A apresentação é uma releitura do livro “O Pequeno Príncipe”, um clássico mundial escrito pelo francês Antoine de Saint-Exupère.

E no domingo (16) é dia de aproveitar a folga do trabalho e dos estudos e desfrutar da beleza natural e arquitetônica do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte. A partir das 15h30, um grupo de jovens da Paróquia São Francisco de Assis, do conjunto Satélite, promoverá Encontro de Jovens com Cristo – “Segue-me” com uma tarde de atividades com exercícios, caminhada e corrida pelas trilhas pavimentadas.

O objetivo do evento é promover a interação e a participação dos jovens em atividades de caráter competitivo/recreativo, de forma a facilitar o relacionamento em equipe.

Todos os eventos são abertos ao público visitante do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, que oferece estacionamento próprio e não cobra pela entrada. Informações pelos telefones 3232-3207/3232-3028.

 

Postado às 17h07 CidadePlantão Nenhum comentário
São Gonçalo: No dia do aniversário, prefeito Paulinho cumpre agenda normal de trabalho . (Foto: Isaías Carlos).

São Gonçalo: No dia do aniversário, prefeito Paulinho cumpre agenda normal de trabalho . (Foto: Isaías Carlos).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio (Paulinho), é o aniversariante desta sexta-feira (14). Mas, em meio as demonstrações de carinho recebidas através de ligações e mensagens, cumpriu normalmente a rotina de trabalho, amanheceu fazendo doações de lençóis ao lado de sua esposa, Terezinha Maia, no Hospital Maternidade Belarmina Monte.

Em sua passagem pela unidade hospitalar, o gestor municipal recebeu os cumprimentos e felicitações de funcionários e pacientes.

 

Postado às 10h07 CidadeDestaque Nenhum comentário
Prefeito Paulinho recebe secretário nacional de Segurança Alimentar em São Gonçalo. (Foto: Junior Santos).

Prefeito Paulinho recebe secretário nacional de Segurança Alimentar em São Gonçalo. (Foto: Junior Santos).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN, Paulo Emídio (Paulinho) recebeu na última quinta-feira (13), em seu gabinete na prefeitura, o secretário nacional de Segurança Alimentar, Caio Tibério da Rocha, para discutir ações e benfeitorias no município.

Após o encontro, Paulinho apresentou ao secretário o Monumento dos Mártires de Uruaçu, que no dia 14 de outubro serão canonizados pelo Papa Francisco, em Roma. “É uma alegria estar aqui nesse lugar onde 28 mártires se tornarão santos. Lugar lindo que convidarei todos para visitá-lo”, disse Rocha.

 

Postado às 06h07 CidadeDestaque Nenhum comentário
Governo reforça ações com a criação do Conselho Estadual da Mulher

Governo reforça ações com a criação do Conselho Estadual da Mulher. (Foto lançamento do Portal da Mulher).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O projeto de Lei de autoria do Governo do Estado que cria o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDIM) foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O grupo de trabalho, formado por representantes da administração pública e de organizações não governamentais, terácomo finalidade fazer o controle social, formular e propor diretrizes em todas as esferas da administração destinadas à valorização da mulher, assegurando à população feminina o pleno exercício da cidadania.

“O papel do conselho é de fortalecer as ações de políticas públicas relacionadas às mulheres no nosso Estado, além de fortalecer a parcerias com o Conselho Federal e garantir mais investimentos para o nosso estado”, explica a secretária Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres, Flávia Lisboa.

A criação do conselho ainda servirá de incentivo para que municípios também constituam seus grupos de trabalho. Hoje das 167 cidades do RN, apenas 11 contam com Organismos de Políticas para Mulheres (OPMs), secretarias ou subsecretarias. “Com um órgão regulador e controlador, como é o Conselho Estadual, será possível estimular a criação dos conselhos municipais, unindo forças em busca da efetivação dos direitos das mulheres potiguares”, destaca Flávia Lisboa.

A Secretaria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres (SPM) do Rio Grande do Norte é uma das poucas do país, o que confirma o compromisso do governador Robinson Faria com temáticas relacionadas ao enfrentamento da violência doméstica e valorização feminina. Em boa parte dos estados, as atividades neste sentido são desenvolvidas por coordenadorias.

 

Postado às 06h07 CidadeDestaque Nenhum comentário
Deputados recebem garantia que hospitais regionais não serão fechados. (Foto: João Gilberto).

Deputados recebem garantia que hospitais regionais não serão fechados. (Foto: João Gilberto).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa promoveu reunião extraordinária nesta quarta-feira (12) para discutir o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre o Ministério Público Estadual (MPRN) e a Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP), recomendando a elaboração de um cronograma para revisão e readequação de sete hospitais regionais do RN, no prazo de 120 (cento e vinte) dias, ou a transferência das unidades para entes municipais.

De acordo com o presidente da Comissão, deputado Galeno Torquato (PSD), a reunião foi convocada para que o secretário estadual de Saúde, George Antunes, prestasse esclarecimentos à respeito do TAC. “O secretário nos assegurou que os hospitais não serão fechados e que irá dialogar com os gestores de cada município destas sete unidades, secretarias municipais de saúde e conselhos de saúde para avaliar qual será o perfil de cogestão de cada hospital”, disse Galeno.

O deputado declarou ainda que a Comissão de Saúde da Casa irá acompanhar o andamento do assunto e que, após o recesso parlamentar de julho, convocará uma nova reunião junto ao secretário de saúde “para que a Comissão possa monitorar a condução desse realinhamento e nova regionalização dos hospitais”, acrescentou.

O Termo de Ajustamento assinado pelo Governo do Estado prevê a conversão de hospitais que não apresentam condições estruturais de atendimento pleno em Unidades de Pronto-atendimento, Unidade Básica de Saúde (UBS), Sala de Estabilização ou outro formato, indicando os hospitais regionais de Canguaretama, Caraúbas, João Câmara, Acari, São Paulo do Potengi, Angicos e Apodi.

“Existe um cronograma de reuniões com todos os atores envolvidos nessa questão, oportunidades em que iremos discutir e traçar todas as alternativas viáveis de modo que a população não perca, mas sim, tenha um serviço mais qualificado. Precisamos modificar a realidade atual visando o melhor atendimento nas unidades de saúde”, declarou George.

Postado às 15h07 CidadeDestaque Nenhum comentário
A campanha de doação de órgãos lançada pela Assembleia Legislativa pautou a audiência pública

A campanha de doação de órgãos lançada pela Assembleia Legislativa em audiência pública realizada na manhã desta terça-feira (11).

De acordo com dados apresentados pela coordenadora da Central de Transplantes do RN, Raissa de Medeiros Marques,

De acordo com dados apresentados pela coordenadora da Central de Transplantes do RN, Raissa de Medeiros Marques, o RN realiza hoje transplantes de rim e córnea.

Representando a Associação dos Transplantados do RN, Lúcia Pontes, também transplantada do coração, reforçou o trabalho desempenhado à frente da associação.

Representando a Associação dos Transplantados do RN, Lúcia Pontes, também transplantada do coração, reforçou o trabalho desempenhado à frente da associação.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A campanha de doação de órgãos lançada pela Assembleia Legislativa pautou a audiência pública promovida nesta terça-feira (11), na sede do Legislativo. O debate, que lotou o auditório da Casa, reuniu parlamentares e representantes de entidades ligadas ao tema, que discutiram sobre a realidade da doação e transplantes de órgãos no Rio Grande do Norte. Propositor da audiência, o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira da Souza (PSDB), chamou a atenção para a importância do assunto.

“Urge a necessidade do RN abraçar esta causa, afinal o índice de recusa de familiares em doar, em nosso Estado, ainda é expressivo. A Assembleia Legislativa, reconhecendo a importância deste tema, não poderia deixar de divulgar a importância da doação de órgãos. Para isso, veicula campanha explicando como pode ser feita a doação, orientando com informações que desmistificam ideias e, claro, incentivam a doação”, declarou Ezequiel.

Em discurso, o parlamentar alertou para os desafios enfrentados pelos pacientes em fila de espera por órgãos vitais e destacou a necessidade de ações em favor da causa. “Infelizmente, é verificável uma longa lista de espera por doentes cujas únicas possibilidades de sobrevivência estão ligadas às escassas ofertas que não correspondem às necessidades objetivas. É, portanto, necessário evitar preconceitos e incompreensões, afastar desconfianças e receios. A causa exige da parte de todos o compromisso para investir qualquer esforço possível na formação e na informação, de modo a sensibilizar cada vez mais as consciências para uma problemática que diz respeito diretamente à vida de tantas pessoas”, avalia o presidente do Legislativo.

De acordo com dados apresentados pela coordenadora da Central de Transplantes do RN, Raissa de Medeiros Marques, o RN realiza hoje transplantes de rim e córnea. Até o ano passado também transplantava medula óssea. No primeiro quadrimestre de 2017 foram feitos 100 transplantes no Estado. Os números superam as parciais para o mesmo período de 2016, quando foram registram 65 transplantes.

A lista ativa de espera para transplante no Estado totaliza 296 pacientes, liderada pela espera por transplante renal, com 151 pacientes. Os transplantes de córnea e medula óssea aparecem em seguida, com 123 e 22 pacientes, respectivamente. Quase metade das famílias de potenciais doadores de órgãos no RN se recusa a liberar a doação, índice que chega, atualmente, a 42%.

“A principal causa apontada de recusa das famílias a doação é o desconhecimento em vida do desejo de doar seus órgãos por parte do falecido, bem como outros fatores culturais, religiosos. Para rever essa realidade, são necessários apenas dois passos. O primeiro passo é, seja um doador. O segundo, avise a sua família!”, explica a coordenadora.

A audiência contou com a participação de Giovanni Dmitri, pai de Nicolas, de apenas 7 anos, que passou por um transplante de coração no ano passado. Em depoimento durante o debate na Casa, Giovanni falou sobre as dificuldades enfrentadas por seu filho e parabenizou a iniciativa do Legislativo Estadual. “Esse tema que ser exaustivamente discutido. Nicolas foi diagnosticado com uma doença cardíaca incurável e, se não fizesse transplante com urgência, ele não resistiria. As dificuldades foram enormes. Foi um período muito complicado pois ele poderia falecer a qualquer momento, mas felizmente deu tudo certo. Acho que a melhor forma de expressar a minha gratidão é contando essa história e desmistificando quaisquer crenças ou preconceitos sobre a doação de órgãos”, declarou emocionado.

Representando a Associação dos Transplantados do RN, Lúcia Pontes, também transplantada do coração, reforçou o trabalho desempenhado à frente da associação. “Após a minha experiência, resolvi abrir a Associação dos Transplantados, que hoje faz um trabalho de formiguinha, pois não é fácil. Ainda assim, com todas as dificuldades, eu tenho o propósito de ajudar a causa”, afirmou ela.

Para a servidora do setor de Saúde da Casa e recém transplantada de córnea, Soraya Villar, que vive a expectativa pelo retorno da visão, é preciso que as pessoas na fila de espera por doação de órgãos se mantenham confiantes na recuperação. “O que posso dizer à essas pessoas é que nunca percam a esperança. Estou feliz e confiante que tudo irá dar certo”, disse Villar.

Outros dados e desafios foram apresentados durante a audiência pública. A secretária adjunta de Saúde de Natal, Maria da Saudade Azevedo, destacou a necessidade do RN retomar os transplantes de medula óssea, atualmente paralisados. “Precisamos voltar a fazer transplantes de medula e coração. Temos uma equipe preparada para isso”, ponderou. A preocupação da secretária é compartilhada pela representante da instituição de Humanização e Apoio ao Transplantado de Medula Óssea (HATMO), Jacyene Melo de Oliveira.

O nefrologista Maurício Galvão, do Instituto do Bem, citou o alto custo das medicações, o diagnóstico de infecções oportunistas, o suporte social e a reinserção profissional dos transplantados como desafios que também precisam ser considerados. A capacitação de novas unidades e profissionais da saúde, principalmente no interior do Estado, é outro obstáculo apontado por José Hipólito Dantas, médico do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). O Hospital do Coração também esteve representado na audiência pela coordenadora do serviço de transplante renal, Kellen Costa, que apresentou números sobre a atuação da unidade.

A audiência pública contou ainda com as presenças dos deputados Hermano Morais (PMDB), Cristiane Dantas (PCdoB), Gustavo Carvalho (PSDB) e Souza (PHS), do diretor do Foro da Justiça Federal no RN, Marco Bruno Miranda, além de secretários, coordenadores e servidores da Casa Legislativa e sociedade civil.

Campanha da Doação de Órgãos

“Doe órgãos. Salve vidas”, é esse o propósito da nova campanha institucional lançada pela Assembleia Legislativa nesta terça-feira. A campanha, veiculada em mídias tradicionais, digitais, móveis e fixas, como outdoors e back bus (ônibus), explica como pode ser feita a doação, quando é indicado e orienta a família com informações que ajudam a desmistificar o tema, como a aparência física após o procedimento e os custos para arcar com a doação, que não existem.

“Também é missão institucional do Poder Legislativo ações que busquem o bem estar comum através de ações para a população. No Rio Grande do Norte, como em todo o Brasil, ainda predomina o desconhecimento e preconceitos sobre a doação de órgãos. Com essa mensagem, procuramos desconstruir esses empecilhos e provocar uma reflexão sobre o tema”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

  • IMG_4974
  • IMG_4986
  • IMG_4994
  • IMG_5006
  • IMG_5016
  • IMG_5019
  • IMG_5036
  • IMG_5039
  • IMG_5045
  • IMG_5050
  • IMG_5053
  • IMG_5060
  • IMG_5067
  • IMG_5073
  • IMG_5078
  • IMG_5088
  • IMG_5089
  • IMG_5092
  • IMG_5098
  • IMG_5102
  • IMG_5109
  • IMG_5113
  • IMG_5114
  • IMG_5122
  • IMG_5125
  • IMG_5127
  • IMG_5131
  • IMG_5138
  • IMG_5141
  • IMG_5143
  • IMG_5146
  • IMG_5147
  • IMG_5151
  • IMG_5156
  • IMG_5159
  • IMG_5160
  • IMG_5162
  • IMG_5165
Postado às 20h07 CidadeDestaque Nenhum comentário
Esporte, lazer e radicalidade  em maior acampamento de férias de Natal. (Foto: Bruna Shellyda ).

Esporte, lazer e radicalidade em maior acampamento de férias de Natal. (Foto: Bruna Shellyda ).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O Acampamento de Jovens Shalom, conhecido como Acamp’s, acontece em mais uma edição na capital potiguar e dessa vez promete oferecer uma programação ainda mais diversificada. Com início na próxima terça-feira (11) até domingo (16), o Acamp’s Natal será realizado no Centro Marista de Eventos, em Extremoz. As inscrições ainda estão sendo feitas no Shalom Petrópolis, localizado na Avenida Hermes da Fonseca (ao lado do Colégio Instituto Maria Auxiliadora), ou online através do link: http://bit.ly/2sG6PxV.

O evento reúne jovens de 14 a 25 anos em 6 dias de muita aventura, esportes radicais, shows, palestras, piscina, gincana e celebrações eucarísticas, oferecendo uma experiência de alegria e diversão duradouras.

Na programação, as atrações musicais Forró Obra Nova, Banda JP2 e o lançamento de uma banda de sertanejo universitário. O lazer do Acamp’s Natal vai oferecer ainda Futbolha, Futebol de Sabão e outros esportes.

O Acampamento de Jovens Shalom é uma opção de lazer e entretenimento durante as férias. É realizado desde 1990 pelo Projeto Juventude para Jesus em várias cidades onde há missões do Shalom, no Brasil e fora dele.

Venha aproveitar as férias de um jeito novo! 

Para mais informações: no email juventudenatal@comshalom.org ou através do telefone (whatsapp): (84) 9 8712-3525 (Raíssa).

 

Postado às 20h07 CidadePlantão Nenhum comentário
População de Ceará-Mirim e Maxaranguape aprova programa "Assembleia e Você". (Foto: Ney Douglas).

População de Ceará-Mirim e Maxaranguape aprova programa “Assembleia e Você”. (Foto: Ney Douglas).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O programa “Assembleia e Você” foi aprovado pela população de Ceará-Mirim, onde diversos serviços foram levados à população na comunidade de Coqueiros, na zona rural do município, entre sexta-feira (7) e o sábado (8). O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), participou do encerramento do evento e ficou satisfeito com o resultado da ação da Assembleia, que foi aprovada pela população.

Recebendo centenas de pessoas de Ceará-Mirim e Maxaranguape, o “Assembleia e Você” disponibilizou os serviços de emissão de carteira de identidade, corte de cabelo, oficinas culturais, Procon Legislativo, palestras educativas e atendimentos de saúde com médicos nas especialidades de clínica geral, pediatria, cardiologia, ortopedia, dermatologia, nutricionista e enfermagem. Além disso, também ocorreu a primeira edição do Conexão Enem no interior do estado, com aulas de matemática de potuguês.

Na manhã do sábado (8), o presidente Ezequiel Ferreira foi até o Centro de Educação Rural Professor José Tito Júnior, onde ocorreram as atividades do “Assembleia e Você”, e conversou com a população. Passando por todos os setores e recebendo as opiniões sobre a ação do Legislativo no local, Ezequiel Ferreira comemorou o sucesso da iniciativa.

“É a oportunidade da Assembleia sair do seu prédio, da sua sede, e ir ao encontro da população. Agir para a cidadania é um dever de todos, de todos os poderes e de toda a população. É somando esforços que podemos melhorar a realidade que vivemos e a vida das pessoas do Rio Grande do Norte”, disse Ezequiel Ferreira.

Também participando do “Assembleia e Você”, a deputada Márcia Maia (PSDB) enalteceu a iniciativa da Assembleia Legislativa. Para ela, a importância de ações de cidadania são ainda mais importantes para comunidades pequenas, que têm pouco acesso a serviços básicos.

“São inúmeras atividades que a Assembleia e são muito importantes para essas pessoas. Eu conversei com alguns moradores que vieram e eles demonstraram grande satisfação. É uma comunidade rural que precisa muito dessas ações e a Assembleia está de parabéns por essa sensibilidade”, disse Márcia Maia.

Segundo Ezequiel Ferreira, foram realizados centenas de atendimentos nas áreas de saúde, com pessoas saindo com receitas médicas em mãos e, em alguns casos, já com os medicamentos para o tratamento necessário. Além dos cortes de cabelo, oficinas e das apresentações culturais do Grupo Quilombola de Dança e da Quadrilha Quebra Coco, Ezequiel destacou a importância da emissão de documentos para a população de Ceará-Mirim e Barra de Maxaranguape.

“Com o trabalho em equipe, de servidores comprometidos com o melhor para a população, atingimos nosso objetivo. Foram mais de 500 carteiras de identidade confeccionadas e ainda houve pessoas que não conseguiram fazer. O prefeito Marconi Barretto (de Ceará-Mirim) me explicou que outra carência e dificuldade na cidade é para a emissão de carteiras de trabalho. Por isso, voltaremos para fazer esse atendimento novamente a esse povo bom e ordeiro de Ceará-Mirim”, explicou Ezequiel.

Além dos deputados Ezequiel Ferreira e Márcia Maia, também participaram do “Assembleia e Você” o deputado federal Rogério Marinho (PSDB), o prefeito Marconi Barretto, o prefeito de Cruzeta, Sally Araújo, o prefeito de Maxaranguape, Luiz Eduardo, e vários vereadores de Ceará-Mirim e Maxaranguape.

Página 81 de 138« Primeira...102030...7980818283...90100110...Última »