Marca Maxmeio

Postado às 16h11 CulturaDestaque Nenhum comentário

Pesquisadora do autismo lança livro nesta quinta-feira (22) em Natal,

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A pesquisadora sobre o autismo Aneida Fulsang lança às 19 horas desta quinta-feira (22), no Praia Shopping em Natal, o livro Austismo: Aprendendo a Aprender com Ejner. A obra é a primeira de uma série que relata a experiência e os avanços do tratamento do seu filho Ejner de 12 anos, autista com severidade nível 3 não verbal.

Desde o seu diagnóstico, Aneida iniciou suas pesquisas sobre o transtorno se tornando referência para mães e pais aflitos que buscam informações em sua página no Facebook “Autismo: aprendendo a aprender com Ejner” com mais de 200 mil seguidores.

O livro Austismo: Aprendendo a Aprender com Ejner é uma viagem para quem excursiona pela realidade do espectro autista – seja por uma relação familiar ou profissional – através de experiências cheias de amor e competência teórica. O livro discute o autismo e os métodos de tratamento para ajudar famílias, profissionais e a sociedade em geral a entender e melhorar a qualidade de vida de seu portador, trazendo à tona, algumas desordens sensoriais típicas do autista e os meios de diminuí-las.

A publicação foi ilustrada pelo design gráfico potiguar Lyo Lima que registra situações cotidianas de Ejner, com destaque para os problemas sensoriais enfrentados com frequência. Mostra também como os seus familiares atuam no sentido de minimizar a sobrecarga de estímulos, tornando a experiência mais inclusiva.

“O conteúdo, colocado de forma clara, prazerosa e didática, contém informações muito úteis sobre as alterações sensoriais presentes na maioria das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

As ilustrações são belíssimas. A leitura dará um conhecimento que ajudará na compreensão de muitos comportamentos aparentemente espontâneos que observamos nestas pessoas. Estou aguardando o segundo volume”, disse o doutor José Salomão Schwartzman, referência no Brasil na área da neurologia da infância e adolescência.

Na tarde desta quinta-feira (22), a partir das 14h:30, a autora e mãe especial conversa com os profissionais e integrantes da Associação dos Pais e Amigos dos Autistas do Rio Grande do Norte (APAARN), na sede da instituição em Cidade Satélite.

O lançamento em Natal abre uma sequência que ocorre em mais cinco cidades do País. Além da capital potiguar, a escritora e palestrante lança o livro e realiza conferência em Maceió, no dia 26 de novembro e em Aracaju no dia 29 de novembro. Já em Brasília a pesquisadora tem compromissos agendados para 05 de dezembro. Na cidade Joinville, em Santa Catarina, ela estará em primeiro de dezembro e encerra o ciclo no Brasil em São Paulo em 8 de dezembro.

“Há dois anos, visitando minha família no Brasil, conheci algumas mães de crianças especiais que buscavam compreender o comportamento do meu filho Ejner, ao mesmo tempo em que demonstravam ter sede de entender seus filhos e ajudá-los a se desenvolver dentro de suas limitações. Neste livro compartilho o dia a dia do meu garoto, suas dificuldades e avanços, como sente, reage e vê o mundo. Ele tem me ensinado as mais variadas formas de amor, muito além das palavras”.

Sobre a autora

Aneida Fulsang nasceu em Patos, na Paraíba, e mora há mais de 15 anos nos Estados Unidos, onde é casada com Eric. É mãe de Eric Jr, Ejner e Ejvin. Profissional do Comércio Exterior atuava como fashion designer até o diagnóstico de autismo severo de Ejner, que a levou a pesquisar e fazer análise do comportamento, o que lhe confere o status de escritora e autora dessa obra.

Como uma boa nordestina, não esmoreceu ante as adversidades e, dentre tantos desafios que lhes foram impostos, criou o programa individual do filho, intitulado ejer4autism.

Autismo

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é uma patologia que vem despertando a curiosidade de muitos estudiosos da área de desenvolvimento e aprendizagem. Atingindo 1% da população mundial, esta condição trata-se de uma disfunção sensorial que afeta a forma como o sujeito percebe o mundo e seus estímulos, comprometendo a interação social, a comunicação e, por conseguinte, todas as interrelações que são impostas a qualquer ser humano em suas mais diversas nuances.

Apesar de afetar a condição neurológica de seu portador, este transtorno ainda tem causas e diagnóstico bem obscuros, constituindo-se em uma sentença bastante cruel para aqueles que precisam se deparar com esta realidade. Felizmente, há aqueles que, diante de ações bem sucedidas se importam em compartilhar e assim abreviar este percurso cheio de dúvidas e sofrimentos.

Vídeo tema da palestra Percepção Sensorial – http://bit.ly/2PXGDtr

O livro está disponível para venda no site: https://ejner-autismo.lojaintegrada.com.br/

Informações:
www.ejner4autism.com
Facebook: Autismo – Aprendendo a Aprender com Ejner
YouTube: Ejner Autismo

Serviço:
O que: Lançamento do livro Autismo – Aprendendo a Aprender com Ejner
Quando: dia 22 de novembro, quinta-feira.
Onde: Praia Shopping
Horário: 19 horas.

Postado às 16h11 DestaqueEsporte Nenhum comentário

Natação da Sadef encerra temporada com mais 18 medalhas – Competição para revelar talentos da nova geração aconteceu em Fortaleza.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Uma competição para provar que o futuro do paradesporto do Rio Grande do Norte ainda vai brilhar muito. A equipe de iniciantes da Sadef – Sociedade Amigos do Deficiente Físico do RN conquistou nada menos que 18 medalhas no Meeting Cearense de Paranatação, realizado no fim de semana em Fortaleza. O Meeting é hoje uma competição consolidada no calendário da natação brasileira, e reúne jovens atletas iniciantes de todo o Brasil. Esse ano, foram 150 inscritos, de 15 Estados. A Sadef foi representada por 8 atletas.

O grande destaque foi Walter Ruan, que não deu chances aos adversários e venceu todas as sete provas que disputou. Ele foi ao topo do pódio nos 50, 100 e 200 metros livre. Nos 50 e 100 metros peito, e nos 50 metros dos nados borboletas e costas. Walter Ruan tem apenas 17 anos, e deficiência intelectual. “A gente sempre se prepara para tentar vencer tudo, mas realmente foi uma surpresa muito grande, e boa, todas essas medalhas de ouro”, comemora o atleta, que entrou na natação em 2014.

Mas ele não brilhou sozinho na piscina. José Welton voltou para casa com 6 medalhas: cinco de ouro e uma de prata. Welton tem 20 anos e as duas pernas amputadas desde os 4, quando sofreu um acidente na frente de casa. A natação veio no começo da adolescência, por orientação da psicóloga. Ele se empolgou tanto que há 7 anos vem representando o país em competições nacionais.

Ainda integrou a lista de medalhistas o paratleta Erikson Diego, que subiu ao pódio cinco vezes: uma no lugar mais alto, três vezes como segundo e uma vez como terceiro. “Esses resultados tão expressivos são frutos principalmente da dedicação dos atletas. Nós, professores, ajudamos a aperfeiçoar a técnica durante os treinamentos”, diz Emerson Noga, técnico dos atletas iniciantes e deficientes visuais da Sadef.

Agora, a equipe vai ter uma folga no calendário de competições, que só voltam em 2019. O primeiro compromisso será a fase regional do Circuito Brasil Loterias Caixa, em março, em João Pessoa. A disputa vale vaga para o Brasileiro.

Postado às 15h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

Campanha do autismo inspira ações do Legislativo em Mossoró. (Foto: João Gilberto).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Campanha do autismo inspira ações do Legislativo em Mossoró

A campanha institucional “Autismo: entenda o ritmo de cada um”, lançada no início do mês de novembro deste ano e que chama a atenção para a necessidade de intervenção precoce, é fonte de inspiração para o vereador mossoroense Petras Vinícius (DEM). O autor de duas leis municipais que abordam o tema também oficializou convite, em nome da Câmara Municipal de Mossoró, para que a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte participe da II Semana Municipal de Conscientização do Transtorno do Espectro Autista (TEA), a acontecer em abril de 2019, em Mossoró.

“Tomei conhecimento da campanha através das redes sociais e logo que vi, me apaixonei pela forma como o tema foi abordado. Agendei essa viagem a Natal pois no próximo ano nós queremos fazer uma campanha bacana em Mossoró e essa campanha da Assembleia vai servir de inspiração”, disse Petras Vinícius , em visita à Casa nesta quinta-feira (22).

O vereador é autor da lei que que institui, no calendário oficial de eventos de Mossoró, a Semana Municipal de Conscientização Transtorno do Espectro Autista (TEA) e da lei que estabelece afixação do símbolo mundial do autismo, em placas de atendimento prioritário em supermercados, bancos, farmácias, bares, restaurantes, lojas em geral e similares. “Reforçando o direito de atendimento prioritário às pessoas com transtorno do espectro autista em Mossoró”, explicou. A lei recebeu o apoio da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Mossoró, que vai doar as placas para serem instaladas em estacionamentos na cidade.

De acordo com a diretora de Comunicação Institucional da Assembleia Legislativa, Marília Rocha, essa campanha é a que obteve maior repercussão, popular e institucional, levando em consideração o tempo de lançamento, entre as que já foram lançadas pela Assembleia Legislativa. E isso é extremamente positivo, pois o objetivo da Casa com a campanha é colaborar com o fim de preconceitos e informar a população sobre os temas em destaque. Segundo ela, alguns temas, por mais que sejam importantes, não são debatidos da maneira que deveriam pela sociedade e o Legislativo tem buscado ocupar esses espaços, promovendo a discussão e buscando contribuir para se despertar o interesse e a consciência da população sobre esses assuntos.

Postado às 08h11 CidadeDestaqueFotografia Nenhum comentário

Spotter points pontos onde os jornalistas credenciados podem fazer os registros da CRUZEX – 2018.

CRUZEX 2018.CRUZEX

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Quarta-feira (21) segue os registros no Spotter Points pontos onde os jornalistas credenciados podem fazer os registros da CRUZEX – 2018, que  segue com os treinamentos na capital potiguar. O cenário é  guerra não convencional, em que o combate é contra forças insurgentes ou paramilitares e não entre dois Estados constituídos. É o perfil encontrado em missões de paz da ONU. Nesta edição, Brasil, Canadá, Chile, Estados Unidos, França, Peru e Uruguai vão participar com militares e aviões; Alemanha, Bolívia, Índia, Portugal, Suécia e Venezuela, com militares.

O objetivo da Cruzex é propiciar treinamento e troca de conhecimentos entre os militares. Este ano, duas guerras serão simuladas: um convencional (entre dois países) e outra não-convencional, que envolve contra forças insurgentes ou paramilitares.

Cruzex 2018 terá caças F-16 e reabastecedores aéreos

Os Estados Unidos participa da Cruzex 2018 com cerca de 130 militares, um reabastecedor KC-135 e seis caças F-16. Quem também trouxe aeronaves do tipo são os chilenos, com cinco caças e um reabastecedor. Ao todo, são  cerca de 90 militares do Chile.

Do Peru vieram  quatro caças A-37 e quatro caças Mirage 2000, além de 100 militares. A França participa com um cargueiro C-235; o Canadá com dois CC-130J; e o Uruguai com quatro caças do tipo A-37. A Força Aérea Brasileira, anfitriã, terá 70 aeronaves de variados tipos e também caças AF-1 da Marinha do Brasil. É a primeira vez que esse tipo de aeronave participa da Cruzex.

  • IMG_5908
  • IMG_5932
  • IMG_5937
  • IMG_5978
  • IMG_6012
  • IMG_6014
  • IMG_6050
  • IMG_6070
  • IMG_6075
  • IMG_6109
  • IMG_6113
  • IMG_6130
  • IMG_6131
  • IMG_6148
  • IMG_6153
  • IMG_6169
  • IMG_6184
  • IMG_6195
  • IMG_6214
  • IMG_6218
  • IMG_6227
  • IMG_6232
  • IMG_6240
  • IMG_6244
  • IMG_6255
  • IMG_6260
  • IMG_6269
  • IMG_6274
  • IMG_6292
Postado às 17h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

DETRAN RN: A famosa banguela parece inofensiva mas é arriscada e é Infraçã. 

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Detran RN alerta: A famosa banguela um termo usado para transitar com o veículo desligado ou desengrenado em declive. Muita gente não sabe mais é proibido. Além de ser uma infração grave gera ainda multa. Não utilize desse recurso, preze pela sua segurança.

Prática ainda comum entre os motoristas, a chamada banguela é um hábito perigoso e que pode acabar custando caro. Diversos problemas podem acontecer caso você utilize o ponto morto nas descidas. Além de não economizar combustível, como acontecia nos carros antigos, o método ainda pode resultar de multa a acidentes. Veja por que não usar a banguela.

Prática ainda comum entre os motoristas, a chamada banguela é um hábito perigoso e que pode acabar custando caro. Diversos problemas podem acontecer caso você utilize o ponto morto nas descidas. Além de não economizar combustível, como acontecia nos carros antigos, o método ainda pode resultar de multa a acidentes. Veja por que não usar a banguela.

Perigo nas curvas – O carro desengrenado fica muito solto. Isso prejudica sua capacidade de curva, pois, geralmente, o freio não da conta de segurar o automóvel sozinho. O motor também serve como um auxiliar ao freio do carro para manter o controle. A tração também auxilia na estabilidade.

Desgaste dos freios – Andar com o carro na banguela pode resultar em superaquecimento dos freios. Se engrenado, o carro tem a ação do motor como freio. Isso contribui para menor uso do sistema de frenagem. Com o carro em ponto morto e sem esse auxílio, o sistema é sobrecarregado e pode apresentar falhas.

Multa – De acordo com o artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro, transitar com o veículo desligado ou desengrenado em declive é uma infração média, com multa de R$ 85,13 e mais quatros pontos na carteira de habilitação.

Postado às 11h11 CulturaDestaque Nenhum comentário

Cerimonialistas de todo o Brasil estarão reunidos em Natal.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Natal sediará nos dias 12 e 13 de dezembro o 1º Encontro Brasileiro de Cerimonialistas. O evento é promovido pela Associação Brasileira de Profissionais de Cerimonial – ABPC e deverá reunir cerca de 300 profissionais de todas as regiões do país na Escola de Governo Dom Eugênio de Araújo Sales, no Centro Administrativo do Estado.

Na programação, temas importantes, como a regulamentação da profissão, matéria que está sendo discutida no Congresso Nacional; e discussões sobre Diplomacia e Cerimonial; cerimônias universitárias, precedência, a atuação do mestre de cerimônias, cerimonial social, empreendedorismo e comunicação.

O evento vai reunir um elenco de palestrantes e debatedores de primeira linha, com atuação em grandes empresas e instituições. Entre os quais, Pedro Amorim, chefe do Cerimonial da Petrobras; Marcelo Gibertonni, chefe do Cerimonial da Agência Nacional do Petróleo; Marcos Zaniol, chefe do Cerimonial do Tribunal Regional do Trabalho no Paraná; Marília Sá de Paula, experiente cerimonialista e promoter potiguar; Jenner Tinoco, publicitário; Francisco Etelvino Biondo, Relações Públicas do Senado Federal, entre outros.

O deputado federal Hildo Rocha, do Maranhão, e parlamentares da bancada federal potiguar participarão de uma mesa redonda sobre o Projeto de Lei 5425/2009, que propõe a regulamentação da profissão de cerimonialista.

O 1º Encontro Brasileiro de Cerimonialistas é uma promoção e realização da ABPC, com apoio do Governo do Estado, FIERN, UFRN, Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, FEMURN, FECAM, Assembleia Legislativa, Confraria do Cerimonial e Armação Propaganda e Plano Eventos e Cerimonial.

Informações e Inscrições:

84 98702-5363 / 98867-4602 / 98747-9377

Postado às 11h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

Detran deixa de emitir carnê impresso com boletos de licenciamento, IPVA e DPVAT. (Assecom/DETRAN/RN).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) não vai mais emitir o carnê físico impresso com as taxas de licenciamento, IPVA e seguro DPVAT. A medida começa a vigorar no ano de 2019 e acompanha o modelo de gestão sustentável que preza pela redução do consumo de papel, além de diminuir custos institucionais relacionados a emissão de material impresso e postagem de correspondência.

Na prática os proprietários de veículos automotores do estado do Rio Grande do Norte deixam de receber em suas residências o carnê com os boletos de taxas e impostos veiculares já no próximo ano. A medida não impacta em nada no usuário, já que todos os boletos estarão disponíveis 24h no site do Detran, podendo o usuário emitir os documentos em qualquer hora do dia ou da noite.

Para ter acesso a página de emissão dos boletos do Detran é simples, basta que o usuário vá até o endereço eletrônico da instituição digitando www.detran.rn.gov.br. Com a página aberta, o cidadão clica no ícone “Consulta de veículos e boletos”. Logo em seguida é mostrada uma página onde é possível digitar a numeração da placa e do Renavam do veículo a ser consultado. Dessa forma é possível ter acesso ao ambiente online onde fica disponível os boletos referentes a taxa de licenciamento, IPVA, DPVAT, além de possíveis débitos de infrações de trânsito relacionadas ao veículo consultado.

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, lembrou que é possível realizar a quitação do débito até mesmo sem a necessidade de imprimir o boleto. “O proprietário do veículo pode optar por quitar em uma agência do Pagfácil fornecendo a placa do veículo, dessa forma o débito será localizado, ou mesmo pode pagar pelo aplicativo do Banco do Brasil digitando a numeração do boleto exposto na tela do computador”, explicou.

Um outro ponto positivo é a possibilidade do proprietário pagas as taxas no banco de sua escolha. A medida implantada pelo Detran funciona para os débitos referentes ao licenciamento e IPVA do veículo. É só clicar no imposto que deseja efetuar o pagamento, e imediatamente é aberta uma nova tela com as opções de emissão de boleto direcionado ao Banco do Brasil ou as demais instituições bancárias.

O cancelamento da emissão do carnê físico impresso com as taxas de licenciamento, IPVA e seguro DPVAT implantada pelo Detran do Rio Grande do Norte já vigora na maioria do Detrans dos país.

Fonte: DETRAN RN.

Postado às 10h11 CulturaDestaque Nenhum comentário

O Ônibus FINC é um serviço oferecido a baixo custo, para quem pretende conferir as produções audiovisuais do Rio Grande do Norte.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Com objetivo de facilitar o acesso do público da capital potiguar, a 9ª edição do Festival Internacional de Cinema de Baía Formosa – FINC promove mais uma edição do “Ônibus FINC”, um serviço de translado à baixo custo para quem pretende conferir a programação gratuita do Festival. Em parceria com a empresa potiguar Marazul Receptivo, a organização oferece o serviço ao valor de 10 reais, no dia 1º de dezembro (sábado), com direito a ida e a volta. A taxa é única, a aquisição do ingresso ocorre pela internet e é aberta ao público em geral.

O ônibus sairá às 17h em frente a loja Agaé, na Avenida Salgado Filho – Candelária, retornando logo após o encerramento do festival. Os interessados podem efetuar a compra dos acessos, através do link – https://loja.marazulreceptivo.com.br/passeio/transfer-para-o-ix-finc-2018-baia-formosa

Na programação do segundo dia, serão exibidos os filmes selecionados nas três categorias do festival: Curta de 1 Minuto com o tema “Mulheres”; Pérolas do RN e a Mostra Potiguar com filmes de até 15 minutos, além de programação cultural, exposição de fotografias e musicais. Toda a programação é gratuita e ocorre nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, a partir das 18h. Outras informações pelo site www.fincbf.com.br

SOBRE O FINC

O FINC – Festival Internacional de Cinema de Baía Formosa -, é uma realização da GREMI Film e The Sckaff Movie and Pictures, com patrocínio da Lei Câmara Cascudo por meio da Cosern, Governo do Estado, Fundação José Augusto e Projeto Eco Estrela.

SERVIÇO

Ônibus FINC – Festival Internacional de Cinema de Baia Formosa

Compra online: https://loja.marazulreceptivo.com.br/passeio/transfer-para-o-ix-finc-2018-baia-formosa

Valor: 10 reais

Dia: 1º de dezembro, às 17 horas;

Local: Agaé – Avenida Salgado Filho, Candelária.

Site: www.fincbf.com

Postado às 09h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

Novembro Azul: câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Em todo o Brasil, o mês de novembro é dedicado ao combate e prevenção do câncer de próstata, doença que normalmente acomete homens idosos. O exame deve ser realizado a partir dos 45 anos em pacientes considerados de alto risco, ou seja, que já tenham histórico na família.

O Urologista do Hapvida Saúde, Tiago Bissonho, alerta para os sintomas que normalmente são silenciosos e ressalta a importância do tratamento individualizado. “Após uma avaliação criteriosa o paciente pode ser submetido a um procedimento cirúrgico via aberta, via laparoscópica ou via robótica. Ainda há possibilidade de realizar radioterapia, bloqueio hormonal ou quimioterapia”.

O diagnóstico precoce ainda é a melhor possibilidade de alcançar a cura. No país, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Alguns fatores podem ser considerados “protetores”, como atividade física, baixo peso, baixo consumo de gordura. Mas, não são determinantes no aparecimento da doença.

Bisonho reforça que existem algumas barreiras que vêm sendo ultrapassadas nos últimos anos, como por exemplo, a resistência masculina em procurar ajuda médica.  “O apoio e incentivo familiar pela  busca da prevenção tem um papel importante na superação do preconceito. Também é recomendado manter um estilo de vida saudável”, finaliza.

 

 

Postado às 09h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

Com chamado à resistência, Câmara homenageia Dia da Consciência Negra.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

“Uma data para ressaltar grandes mulheres e homens, famosos e anônimos, que escreveram e escrevem a história de luta por igualdade racial e contra o preconceito, além de promover uma reflexão sobre a situação do negro no Brasil”. Foram essas as palavras do vereador Fernando Lula Lucena (PT) ao dar início na Câmara Municipal de Natal, nesta terça-feira (20/11), à sessão solene em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra. Na ocasião, foi concedida a Comenda Zumbi dos Palmares a personalidades negras que se destacam em diversos segmentos da sociedade natalense.

De acordo com o vereador Fernando Lucena, a celebração acontece no dia 20 de novembro por marcar, em 1695, a morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares e um dos principais nomes da resistência negra na luta contra a escravidão. O parlamentar, inclusive, é autor do projeto de lei que instituiu em 2014 o feriado municipal do Dia da Consciência Negra aprovado pela Câmara e sancionado pela Prefeitura. Porém, entidades empresariais recorreram à Justiça e conseguiram suspender o feriado.

“Nunca vamos desistir! A palavra de ordem aqui é resistência! Vamos é criar a Semana da Consciência Negra na capital potiguar para mostrar a luta e a reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira através de uma agenda de debates, caminhadas, apresentações artísticas e culturais. Nossas políticas públicas precisam estar ativas e presentes para apoiar todas as ações que valorizem a nossa história”, reforçou Lucena.

Em seu discurso, a presidente da Comissão de Direitos Humanos da Casa, vereadora Natália Lula Bonavides (PT), lembrou que o racismo é um elemento da estrutura social brasileira. “Trata-se de uma questão que afeta milhões de mulheres e homens que todos os dias sofrem na pele a limitação de direitos que acontece por causa desse problema estrutural”.

A desigualdade no Brasil, além de enorme, tem um forte componente racial. É o que mostram os números do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em 2015, os negros e pardos representavam 54% da população brasileira, mas sua participação no grupo dos 10% mais pobres era muito maior: 75%. No grupo do 1% mais rico da população, a porcentagem de negros e pardos é de apenas 17,8%.

“Reconhecimento, empoderamento, negros e negras qualificados, igualdade de oportunidades, este é o cenário que buscamos para o futuro”, pontuou Miguel Salustino de Lima, um dos homenageados da noite, que é mestre em física pela UFRN e professor da rede pública.

Outra biografia homenageada foi a de Marília Negra Flor, candomblecista, afroempreendedora, idealizadora da Mãe Preta Moda e Cultura Afro, cantora, compositora e integrante da Nação Zamberacatu. “Essa iniciativa da Câmara é importante porque reconhece histórias de personalidades e movimentos sociais que lutam diuturnamente por uma sociedade mais justa e demarca um espaço de luta, especialmente em um momento político no qual o povo negro tem suas pautas e até mesmo existência ameaçadas”, concluiu.

Página 20 de 317« Primeira...10...1819202122...304050...Última »