Marca Maxmeio

Postado às 16h03 DestaquePolítica Nenhum comentário

Ministro Alexandre de Moraes. (José Cruz/Agência Brasil).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), rebateu hoje (19) críticas direcionadas ao inquérito que apura notícias falsas (fake news) e agressões contra a Corte, afirmando que os críticos “podem espernear à vontade”. Ele é o responsável pela investigação.

Após a abertura do inquérito, anunciada na quinta-feira (14) pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli, no início da sessão plenária, o Supremo foi alvo de manifestações contrárias à investigação, entre outras razões pelo fato de ela ter sido instaurada sem a participação do Ministério Público, por exemplo, ou por ser muito ampla, sem um objeto claro.

“No direito nós chamamos isso de jus esperniandi. Pode espernear à vontade, pode criticar à vontade”, afirmou Moraes, que informou já ter mobilizado a Polícia Federal (PF) e as polícias Militar e Civil de São Paulo para auxiliarem nas investigações.

O ministro confirmou que deve determinar diligências de ofício, isto é, por conta própria e sempre que julgar necessário, sem a necessidade de manifestação de qualquer outra instituição. “O inquérito é presidido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), não é presidido pela Polícia Federal com participação do Ministério Público”, disse. “Serão determinadas [diligências]”, garantiu.

Uma das frentes de investigação indicadas por Moraes irá se debruçar sobre as fontes de financiamento a redes de bots (robôs virtuais) criadas no Twitter e no WhatsApp para disseminar mensagens de ataque ao STF e a seus ministros. Ele disse já ter se reunido com setores de inteligência policial de São Paulo para que auxiliem nessa frente. “Há fortes suspeitas de que os grupos de financiamento maiores são de São Paulo”, adiantou.

“Não se pode permitir, num país democrático como o Brasil, em que as instituições funcionam livremente há 30 anos, que porque você não gosta de uma decisão você prega o fechamento de uma instituição republicana, você prega a morte de ministros, morte de familiares, isso extrapola a liberdade de expressão. A liberdade de expressão não comporta quebra da normalidade democrática e discurso de ódio”, disse Moraes.

Críticas

No dia seguinte ao anúncio da investigação, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu esclarecimentos sobre o procedimento, que foi instaurado como um processo sigiloso e sem apontar alvo específico.

Ela argumentou que o dever de investigar cabe exclusivamente ao Ministério Público, conforme previsto pela Constituição. A PGR ressaltou também não terem sido apontadas pessoas com prerrogativa de foro que atraísse a competência do Supremo para supervisionar o inquérito.

“Os fatos ilícitos, por mais graves que sejam, devem ser processados segundo a Constituição. Os delitos que atingem vítimas importantes também devem ser investigados segundo as regras constitucionais, para a validade da prova e para isenção no julgamento”, escreveu ela no pedido formal de esclarecimentos.

Nesta terça-feira de manhã, Moraes se reuniu por cerca de duas horas com Raquel Dodge em seu gabinete no STF, mas negou ter discutido o inquérito sobre fake news. Ele afirmou que a instauração de investigação por conta própria pelo Supremo está amparada no regimento interno do tribunal.

A iniciativa de Toffoli foi também criticada pelo ministro Marco Aurélio Mello, para quem o inquérito não poderia ter sido aberto sem consulta ao plenário, sendo obrigatório o encaminhamento da apuração para condução pelo Ministério Público.

“Não deliberamos nada”, disse Marco Aurélio, que atribuiu o inquérito a uma iniciativa própria de Toffoli. “Não deliberamos nada, muito menos a designação ad hoc [para fim específico] do relator”, repetiu, fazendo referência à escolha de Moraes como relator sem que tenha havido livre sorteio entre os demais ministros.

Ao menos um outro ministro também criticou, reservadamente, a iniciativa. Ainda na semana passada, seis subprocuradores da República divulgaram uma carta expressando “extrema preocupação” com o fato de que “manifestações protegidas pela liberdade de expressão venham a ser investigadas como se constituíssem crime”.

Apoios

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), por outro lado, manifestou apoio à iniciativa de Toffoli, afirmando que os advogados também têm sido alvo de ataques virtuais.

“A apuração dos fatos é fundamental para o esclarecimento dos ataques e para a possível punição dos responsáveis por essas verdadeiras milícias digitais, que minam os pilares de nossa sociedade”, disse a OAB por meio de nota.

Em nota conjunta, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e a Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra) também apoiaram a abertura da investigação.

“A iniciativa do ministro Dias Toffoli, respaldada pelo regimento interno do STF, demonstra que ninguém está acima da lei. O Supremo Tribunal Federal não pode ficar refém de ataques, ameaças ou denúncias infundadas, que visam a atingir a honra e reputação de seus integrantes”, disse o comunicado.

Fonte: Agência Brasil

Postado às 16h03 CidadeDestaque Nenhum comentário

Dia de São José é celebrado em Angicos com expectativa de um bom inverno. (Foto: Demis Roussos).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A governadora Fátima Bezerra assistiu na manhã de hoje (19) à tradicional missa de São José, no município de Angicos, na região central do RN. Considerado o padroeiro da família e também chamado pelos sertanejos de “o santo da chuva”, que traz esperança de um bom inverno, a festa teve início no dia 10 de março e foi finalizada na tarde desta terça-feira com a procissão. “É com muita satisfação que eu participo da festa dedicada a São José, o santo que simboliza a chegada do inverno para o homem e a mulher do campo”, afirmou Fátima.

Com seus guarda-chuvas a postos, na expectativa da tão aguardada chuva, a população participou atentamente da missa celebrada pelo arcebispo metropolitano Dom Jaime Vieira Rocha e pelo padre Jailton Soares da Silva, pároco de São José dos Angicos. Na ocasião, ele solicitou a D. Jaime que conceda o título de Santuário Josefino Diocesano à matriz de São José dos Angicos, no ano de 2020, quando completará 150 anos, o qual teve seu pleito de pronto atendido. “O povo trabalhador da nossa região, que da terra cultiva o sustento da sua família, tem uma personalidade forte e que se identifica bastante com o padroeiro”, disse o pároco.

Referindo-se à campanha da fraternidade, D. Jaime fez uma analogia com José do Egito, que segundo a Bíblia foi ministro do faraó e alertou que haveria sete anos de seca. “Ele armazenou alimento para os anos de seca. Isso que ele fez foi uma política pública, que nada mais é do que uma intervenção do poder público para a população, ou seja, são ações do governo para atender aos anseios e necessidades do povo”, declarou.

A missa foi realizada na praça José da Penha, em frente à igreja, teve início por volta das 9h30 e contou com a presença de Samanda Alves (secretária adjunta do Gabinete Civil), Deusdete Gomes (prefeito), Ivaneide Gomes (secretária de ação social do município), Edileuza Palhares (vereadora), Neto de Dezin (vereador), Rosalba Ciarlini (prefeita de Mossoró), Garibaldi Filho (ex-senador), dentre outras lideranças da região.

Região Central receberá Policlínica

Depois de participar da missa, Fátima Bezerra prestou contas à população durante entrevista à Rádio Cabugi Central 104 FM. Ela comentou sobre as ações em execução para restabelecer o equilíbrio financeiro fiscal do Estado. “Paralelo ao esforço que temos feito, catando moeda, revisando contratos, economizando nas contas, estamos buscando recursos extras para quitar as folhas atrasadas”, destacou ao anunciar que nesta quinta-feira (21) haverá uma nova negociação para a venda dos royalties e que está em curso a renegociação da folha de pagamento com os bancos. “Quando os recursos extras entrarem terão destino certo: pagamento dos servidores”, acrescentou.

Ela comentou que além de a gestão estar focada em colocar em prática o plano de recuperação econômica, busca também criar um ambiente favorável para a geração de emprego e renda, atraindo investidores para o estado, e citou o diálogo com empresas como Potiporã, Grupo Vicunha Têxtil, Enerfín (energia eólica) e Coteminas.

Outra área abordada na entrevista foi a saúde. “Vamos honrar um compromisso de campanha e criar a rede de policlínicas do RN e garanto que haverá uma policlínica na região central”, enfatizou para os ouvintes. A governadora afirmou ainda que está no planejamento das ações de saúde, recuperar o Hospital Regional de Angicos.

Postado às 11h03 CidadeDestaque Nenhum comentário

Missa campal de São José em Angicos RN. (Foto: Demis Roussos).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A governadora Fátima Bezerra participou na manhã desta terça-feira (19) da tradicional missa de São José celebrada pelo Arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha,  na cidade de  Angicos-RN. A praça da Igreja Matriz, no centro da cidade , ficou tomada por milhares de fiéis de São José, padroeiro do município. A missa encerra os dez dias de festividades. Este ano, o tema da festa foi “São José, modelo admirável de santidade para os nossos tempos”, como sinônimo de esperança e fé para para o sertanejo.

A data é sempre especial para o sertanejo nordestino porque reza a tradição que, se chover no dia de São José, o resto do ano será chuvoso garantindo a colheita e a mesa farta para o homem do campo.

Como boa nordestina Fátima Bezerra fez o seu pedido: “São José, mande chuva pra abençoar este sertão”.  “São José, inspira-nos a ser sal da terra e luz do mundo.” Celebramos hoje uma das festas de padroeiro mais tradicionais do Nordeste, acrescentou.

 

 

 

  • 19_1_Governadora Untitled-2
  • 19_4 Untitled-4
  • 19_Governadora Untitled-1
  • 19-2 Untitled-3
Postado às 10h03 CidadeDestaque Nenhum comentário

Dia Mundial da Água: Governo fará programação na obra da Barragem de Oiticica. (Foto: Ivanízio Ramos).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Com o tema “Água para Todos”, proposto pela Organização das Nações Unidas, será comemorado na próxima sexta-feira (22/03) o Dia Mundial da Água. Para marcar a data, o Governo do Estado realizará um evento na comunidade Barra de Santana, na zona rural do município de Jucurutu, colocando o Seridó no centro das discussões hídricas estaduais, lembrando que este bem é um direito humano.

Ao levar a agenda do Dia da Água para a comunidade, junto das obras da Barragem de Oiticica, um símbolo das ações de combate à estiagem no estado, o Governo reafirma o compromisso sugerido pela ONU de levar água para todos. Durante toda o dia, as discussões estarão centradas no tema recursos hídricos. O evento tem como tema “Água: um direito humano e um bem comum da natureza” e será promovido em parceria com Movimento dos Atingidos e Atingidas pelo Construção da Barragem de Oiticica, a Diocese de Caicó / SEAPAC, as prefeituras municipais de Jucurutu, São Fernando, Jardim de Piranhas e com o Comitê de Bacia Hidrográfica (CBH) Piancó-Piranhas-Açu.

Dia da Água terá apresentações culturais e palestras

A programação do Dia Mundial da Água terá início às 8h, com a apresentação cultural do Bloco do Magão, conhecida agremiação do carnaval de Caicó, que tocará machinhas com o tema água.  Na sequência, o grupo Trapiá Cia Teatral encenará a peça “Chico Jararaca”, contando as histórias do cangaceiro seridoense que se preocupa com a escassez hídrica no Bioma Caatinga.

Durante todo o evento, uma estrutura com tendas levará informações sobre o andamento da obra da barragem, uso racional da água, gestão de licenças e outorgas de água, tecnologias de convivência com o semiárido, além de atividades culturais e degustação de produtos regionais.

Com o tema “Fontes de água para consumo humano e produção de alimentos no semiárido Potiguar” será realizada uma mesa de diálogo reunindo as seguintes instituições e representantes: Instituto de Gestão das Águas do RN – IGARN (Caramuru Paiva); Movimento de Articulação Semiárido Potiguar – ASA Potiguar (Marcílio Lemos); Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos Comunitários – Seapac (Damião Santos); Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó – ADESE (Emílio Gonçalves); e Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN (Profa. Rebecca Luna Lucena).

Celebrando a resistência do sertanejo, ao meio dia será celebrado um ato ecumênico conduzido pelo Bispo Diocesano de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz Santos e pelo pastor Anchieta Júnior de Souza da igreja evangélica Assembleia de Deus.

Governadora participa da programação

Os debates terão sequência à tarde com a mesa de diálogo intitulada “Água como um direito humano e um bem comum da natureza: Agenda Hídrica do Governo do Estado”. Esta mesa contará com a presença da governadora Fátima Bezerra, do presidente do CBH do Piancó-Piranhas-Açu, Paulo Varela e do representante do Seapac, Dom Jaime Câmara.

O evento será encerrado com o grupo quilombola de forró pé de serra “Os Palitozinhos” da comunidade Furna da Onça, em Caicó. O evento tem o apoio da Fundação Luterana de Diaconia, Consórcio EIT/Encalso, KL Engenharia, Massas Jucurutu, Massas Santana e Sertão Jucurutu Laticínios.

Programação terá quatro dias

Além das atividades que serão realizadas na sexta-feira (22), a programação inclui eventos no decorrer da semana. Na quarta-feira (20), será realizado o IGARN Itinerante, programa que leva as atividades de cadastramento de usuários de água, para atender os usuários de Jucurutu e região. A atividade terá início às 8h, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jucurutu.

Já na quinta-feira (21), o Igarn realiza ações de educação ambiental através do programa Água Nossa, nos seguintes horários e locais: 7h15 e 15h20, na Escola Estadual Antônio Barbosa; 9h15, na Escola Janúncio Afonso; e 10h30 e 13h15 na Escola Municipal Wagner Lopes.

No domingo (24), às 7h, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), através da Associação de Servidores da Caern e do Sindágua, realizará a 1ª Corrida da Água para servidores. O evento terá percurso de 5 km no entorno da UFRN.

Sobre a Barragem de Oiticica

É uma das maiores obras de infraestrutura hídrica já realizadas no RN. Será o terceiro maior reservatório do Estado e é esperada há mais de 50 anos, beneficiando diretamente 350 mil habitantes em 17 municípios do estado. Com capacidade para 556 milhões de metros cúbicos, a obra atenderá, indiretamente, toda a população dos municípios do Seridó, Vale do Açu e região Central do Rio Grande do Norte, beneficiando mais de 500 mil pessoas. O reservatório vai represar águas do rio Piranhas/Açu e vai receber as águas da Transposição do Rio São Francisco, outra obra priorizada pela governadora. As obras da parede da barragem se encontram com um percentual de execução de 70% concluídas.

Postado às 19h03 CidadeDestaque [ 1 ] comentário

Vereador, radialista e apresentador da Band Natal, Luiz Almir.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O vereador, radialista e apresentador da Band Natal, Luiz Almir continua internado no Hospital da UNIMED Natal desde o dia 14 de março, para o tratamento de uma diverticulite aguda que o incomodava há vários dias dificultando o desempenho de suas funções.

Segundo Dr. Hércules da equipe médica traçou um quadro positivo de Luz Almir e se os sintomas da diverticulite melhorar no mês de maio será operado.  “Esse quadro de melhoras depende muito do paciente inclusive o hábito de ingerir bebidas alcoólicas só faz agravar o estado de saúde de quem passa por este problema”.

“Fiz uma promessa à Deus para não beber nunca mais em sua vida”, disse Luiz. A partir de agora em suas serestas e continuará cantando com a sua voz romântica sem o uso de bebidas alcoólicas.

O vereador afirma que assim que tiver alta do hospital, voltará ao programa da 96 FM, BAND NATAL e os trabalhos na Câmara Municipal de Natal, e a participação nos seus eventos sociais e comunitários nas suas comunidades.

Na tarde desta segunda-feira (18), Luiz Almir recebeu a visita de Rivaldo Felipe do Jornal O Público amigo e companheiro de longas jornadas na Zona Norte.

 

 

 

Postado às 18h03 CidadeDestaque Nenhum comentário

Governo apoia projeto piloto da UFRN e UERJ para ressocializar apenados.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O Governo do Estado vai apoiar programa piloto do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) que tem como finalidade promover melhoria nas condições de saúde no sistema prisional do Estado e preparar o apenado para a ressocialização.

Inicialmente, o projeto vai trabalhar com apenados do sexo feminino promovendo a saúde, educação e o empreendedorismo. A proposta foi apresentada nesta segunda-feira, 18, à governadora Fátima Bezerra pelo coordenador do LAIS, professor Ricardo Valentim, pela secretária executiva de Educação à Distância da UFRN, Maria Carmem Rego e pelos professores da UFRN, Eloíza Gomes, Carlos Alberto e Ronaldo Silva.

“Este projeto é pioneiro no Brasil e poderá vir a ser implantado em todo o país em função dos resultados obtidos nos pilotos do Rio Grande do Norte e do Rio de Janeiro”, afirmou Ricardo Valentim. Ele explica que um grupo de mulheres apenadas será selecionado para receber, em módulos, informações sobre saúde, empreendedorismo e comercialização nos meios virtuais. “Nosso objetivo é melhorar as condições de vida do apenado e o próprio sistema prisional, e ensinar como produzir e empreender. Com isso estaremos combatendo a violência e promovendo a ressocialização”, destacou.

A governadora Fátima Bezerra disse que o projeto “dialoga com os programas do Governo do Estado para a gestão prisional e inclusão e terá o apoio das secretarias de Administração Penitenciária e das Mulheres, Juventude e Direitos Humanos que irão suceder a atual Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania. “O projeto é uma ideia muito boa. O governo vai dar apoio a mais essa iniciativa, até por que ela vem se somar a outras medidas em curso que estamos tomando nos campos da educação, da saúde e da ressocialização. Será mais uma oportunidade para dar dignidade e atenção a quem cometeu um erro, mas tem todo o direito de buscar sua reinserção social”, finalizou.

Postado às 18h03 DestaqueMarinha Nenhum comentário

Podem se inscrever no concurso homens e mulheres; brasileiros natos; com menos de 36 anos até o dia 1° de janeiro de 2020; que tenham concluído o ensino superior em uma das áreas oferecidas.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Marinha do Brasil está ofertando 54 vagas no concurso para ingresso no Corpo de Engenheiros da Marinha, com remuneração que pode chegar a R11 mil. As inscrições estão abertas até o dia 1º de abril, podendo ser realizadas pelo site www.ingressonamarinha.mar.mil.br ou presencialmente, nos endereços listados no edital.

Na área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval, as inscrições podem ser realizadas: em Natal-RN, no Comando do 3º Distrito Naval; em Recife-PE, na Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco; e em Fortaleza-CE, na Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará.

Podem se inscrever no concurso homens e mulheres; brasileiros natos; com menos de 36 anos até o dia 1° de janeiro de 2020; que tenham concluído o ensino superior em uma das áreas oferecidas; e que estejam em dia com as obrigações civis e militares.

As 54 vagas estão distribuídas nas áreas de Engenharia Mecânica (11), Engenharia Elétrica (7), Engenharia Naval (6), Engenharia Civil (5), Engenharia Eletrônica (5), Engenharia de Produção (3), Engenharia de Sistemas de Computação (3), Engenharia de Telecomunicações (3), Engenharia Química (3), Arquitetura e Urbanismo (2), Engenharia Cartográfica (2), Engenharia de Materiais (2) e Engenharia Mecatrônica (2).

O concurso será composto de duas fases. Na primeira etapa, será aplicada prova objetiva de conhecimentos profissionais com 20 questões e redação. Na segunda fase, será realizada prova discursiva de conhecimentos profissionais e uma tradução de texto de Inglês técnico.

Os aprovados realizarão os eventos complementares, que consistem em: Verificação de Dados Biográficos, Inspeção de Saúde, Teste de Aptidão Física, Prova de Títulos, Avaliação Psicológica, Verificação de Documentos e Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração.

Os aprovados realizarão o Curso de Formação de Oficiais (CFO) no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), na cidade do Rio de Janeiro, durante 25 semanas. O CFO é constituído também de Período de Adaptação, de três semanas, e de Estágio de Aplicação, de 6 semanas, a ser realizado em Organizações Militares sob a supervisão do CIAW. Ao final, ocuparão o posto de Guarda-Marinha e logo depois serão promovidos a Primeiro-Tenente.

Locais de inscrição no Comando do 3º Distrito Naval:

Natal (RN) – Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 3º Distrito Naval – Rua Coronel Flamínio – S/N – Santos Reis – Natal-RN. CEP: 59010-500. Telefone: (84) 3216-3117.

Postado às 17h03 DestaqueEsporte Nenhum comentário

Aninha/Victoria (MS) e André/Matheus (SE) vencem a etapa de Natal (RN).

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Os estados de Sergipe, no masculino, e Mato Grosso do Sul, no feminino, conquistaram neste domingo (17.03) o título da primeira etapa do Circuito Brasileiro Sub-21 de vôlei de praia 2019. As finais foram realizadas em Natal (RN), na arena montada no Forte dos Reis Magos. E o vôlei não para na cidade, que a partir da próxima quarta-feira (20.03) recebe a categoria adulta, com o Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia 18/19.

No feminino, a Campeã Mundial Sub-19 Victoria Lopes e sua parceira Aninha, representando o Mato Grosso do Sul, superaram na decisão as paranaenses Ingridh e Ana (PR) por 2 sets a 1 (21/10, 18/21, 15/7), em 51 minutos de jogo. A campanha das sul-mato-grossenses contou com cinco vitórias em cinco jogos e somente dois sets perdidos. Victoria comentou o ouro.

“Estou muito feliz em ter conseguido esse título com a Aninha, fico muito feliz em conseguir disputar as etapas do Sub-21, poder dar minha contribuição. Aproveitar que é meu último ano. E eu consigo passar um pouco da minha confiança por já estar disputando etapas do Open. Recebi isso também da minha ex-parceira Fiama quando estava começando na base”.

“Aninha e eu treinamos em locais diferentes, mas quando nos encontramos, sempre existe aquela química, conseguimos jogar bem. Fizemos dois jogos difíceis, a final foi decidida no tie-break, mas felizmente conseguimos o ouro. E também é positivo pelo fato de ir se adaptando às quadras e ao vento para a etapa do Open, a partir de quarta”.

A medalha de bronze da etapa ficou com Anna e Fernanda (BA), que superaram Thamela/Blenda (ES) por W.O. O ouro da etapa também dá a liderança do ranking de estados para Mato Grosso do Sul, que sai na frente com 200 pontos. Os pontos são computados para a federação, que ao longo da temporada pode alterar os times convocados.

No naipe masculino, título para André Danilo e Matheus (SE), que venceram na decisão Eduardo e Gabriel (PR) por 2 sets a 0 (21/19, 21/19), em 36 minutos. A dupla sergipana ganhou os cinco jogos que disputou e perdeu apenas um set durante toda a etapa.

A medalha de bronze ficou com os cariocas Lucas e João Pedro (RJ), que venceram em duelo ‘caseiro’ a dupla Gabriel Pisco/Gabriel (RJ) por 2 sets a 0 (22/20, 22/20), em 38 minutos. Após essa primeira etapa, Sergipe lidera o ranking com 200 pontos, seguido por Paraná, com 180 e Rio de Janeiro, com 160 pontos.

Assim como ocorre no Circuito Brasileiro de vôlei de praia Sub-17 e Sub-19, o Sub-21 é um campeonato de seleções estaduais, com duplas representando a mesma federação. Cada estado indica suas delegações nos dois gêneros em busca do título, podendo alterar os times durante a temporada, mas sempre formando duplas do mesmo estado.

As próximas três etapas ainda terão suas sedes divulgadas, e ocorrem em junho, julho e setembro. Paraíba, no naipe masculino, e Mato Grosso do Sul, no feminino, foram os campeões da temporada 2018. A competição revelou diversos atletas que foram campeões e posteriormente se tornariam olímpicos como Pedro Solberg (RJ) e Bárbara Seixas (RJ).

Fonte: Confederação Brasileira de Voleibol

Postado às 12h03 CidadeDestaque Nenhum comentário

Câmara abriga projeto ‘Direitos, conhecer para construir’.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Câmara Municipal de Parnamirim vai receber nos dias 21 e 22 de março – nesta quinta e sexta-feira -, a terceira edição do projeto “Direitos, conhecer para construir” que tem como objetivo colaborar com o desenvolvimento comercial da cidade, além de ofertar atendimentos em defesa aos direitos do consumidor.

O evento é uma iniciativa da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ) em parceria com o Procon Móvel da Assembleia Legislativa, Procon Câmara, Prefeitura e Câmara dos Dirigentes Lojistas de Parnamirim.

“Fomos procurados pela instituição jurídica para abrigarmos esse importante projeto que além de colaborar com o fomento comercial do município, estará prestando atendimentos aos comerciantes”, frisou o presidente da Câmara, vereador Irani Guedes.

A ação do projeto possibilitará, além de atendimentos jurídicos aos comerciantes e consumidores, palestras sobre o código de defesa do consumidor e consultas ao SPC e Serasa. “O projeto visa colaborar com o desenvolvimento comercial da cidade fortalecendo a salutar relação de consumo através do conhecimento de direitos e deveres, e resolução de conflitos” explica a presidente da ABMCJ, Andreia Nogueira.

Confira a programação:

21 de Março(Quinta-feira)

Procon Itinerante – Atendimento ao público das 8h às 16h(Consulta SPC/Serasa.

Rodas de conversas sobre o código de defesa do consumidor (Palestrantes: advogadas Sâmoa Martins, Risomar Lima e Anna Nunes).

22 de Março(Sexta-feira)

Procon Itinerante – Atendimento ao público das 8h às 13h.

Consulta SPC/Serasa.

Postado às 10h03 CidadeDestaque Nenhum comentário

 A governadora Fátima Bezerra (PT) participou neste domingo de um encontro da Juventude do PT realizado em Natal.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A governadora Fátima Bezerra (PT) participou neste domingo de um encontro da Juventude do PT realizado em Natal. Na oportunidade, a petista disse que a democracia brasileira passa por um momento de “fragilidade” e que a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é uma “injustiça brutal”.

“Essas rodas de conversa são cada vez mais necessárias nos tempos de turbulência que nós estamos vivendo. Exibimos a fragilidade da nossa democracia, a começar pela injustiça brutal da prisão de uma pessoa que carrega o legado do ex-presidente Lula, tanto do ponto de vista político quanto jurídico, seguida da morte também brutal da companheira Marielle Franco, que nós não vamos descansar enquanto não descobrirmos os culpados e corrigirmos essa injustiça com o presidente Lula”, disse a governadora.

Fátima aproveitou o encontro para pedir a participação da Juventude no Governo, sobretudo quanto à educação. “Precisamos defender uma pluralidade de debates e de pensamentos, relembrar a importância da política de cotas e de um olhar para os mais humildes. O Estado atravessa um momento delicado de contingenciamento de despesas, porem não seguirá a cartilha dos que querem tirar os pobres do orçamento. Queremos educação de qualidade com mais escolas públicas, mais educação em tempo integral, além de escolas estaduais com ensino médio tão bom quanto o dos institutos federais”, afirmou.

Ainda em relação ao sistema de ensino potiguar, a governadora disse que o “RN bate recordes na taxa de analfabetismo. Enquanto a média nacional está abaixo de 10%, aqui ainda temos 15% de analfabetos. Isso tem que mudar. Estamos estabelecendo o prazo de até 2027, para avançar rumo a erradicação do analfabetismo no Rio Grande do Norte. Esse sonho é de todos nós”.