Marca Maxmeio

Postado às 22h08 Fotografia [ 1 ] comentário

 

Ciclo de palestra gratuitas da MIRANDA: “Fotografia Digital da NIKON” atraiu excelente público.

A fotógrafa Rhovani Bezerra participou da palestra da NIKON. “Esclareceu e ajudou  entender um pouco do mecanismo do equipamento que utilizo.

O fotógrafo Marcos Autoridade (a direita),  saiu satisfeito com a palestra sobre “Fotografia Digital da Nikon”.

Redação/eliasjornalista.com

No aniversário da Miranda quem ganha o presente é público

Teve início nesta sexta-feira (16), o maior evento na área de tecnologia do RN acontece em Natal de 16 a 18 de agosto, no Praia Shopping e Norte Shopping, com palestras na área de tecnologia, campeonato de games e concurso cosplay. Os eventos fazem parte da comemoração do aniversário de 26 anos da rede de lojas Miranda e são gratuitos para a população.

O ciclo de palestras sobre tecnologia, que acontece nos três dias, existe há sete anos e já consolidou no RN por trazer grandes profissionais de todo o Brasil para ministrar palestras gratuitamente para o público potiguar. “Esta foi a forma que encontramos de comemorar aniversário e poder fazer algo a mais para o cliente e diferenciar a Miranda de qualquer empresa de informática não só daqui como em qualquer lugar do Brasil. Não estamos preocupados apenas com vendas de produtos para o consumidor, além do social com ajuda a instituições, procuramos trazer algo para sociedade em geral incluindo o nosso cliente”, ressaltou Afrânio Miranda, diretor de Administração.

Dentre os mais de 20 temas de destaques este ano estão Fotografia Digital, Facebook Marketing, Games, Segurança na Internet, Produção de Vídeos, Computação em Nuvem, novos sistemas operacionais como iOS 7 e Windows 8.1, Certificação Profissional Microsoft, Samsung Galaxy S4 e tendências do mercado de tecnologia.

As inscrições são gratuitas, devem ser feitas no local do evento, no dia de cada palestra, a partir das 13h, com vagas são limitadas.

A programação completa do evento pode ser consultada no www.miranda.com.br.

Serviço:

Ciclo de Palestras Gratuitas Miranda
Data: 16 a 18 de agosto
Local: Norte Shopping e Praia Shopping
Horário: 14h às 22h

Campeonato de Games
Data: 17 de agosto
Local: Praça de eventos do Norte Shopping
Horário: a partir das 15h

Concurso Cosplay
Data: 18 de agosto
Local: Praça de eventos do Norte Shopping
Horário: a partir das 17h

GALERIA DE FOTOS:

 

Postado às 17h08 Fotografia [ 10 ] Comentários

Fotógrafos, ciclistas, trilheiros e Polícia Ambiental na preparação para subida ao Pico do Cabugi, no sábado (10), Foto: Canindé Soares .

“I Off-road fotográfico no Pico do Cabugi” com a participação de um grupo com quinze fotógrafos.

Leandro Souza da ONG Trilheiros da Caatinga, responsável pela escalada da trilha ao Pico do Cabugi. Interessados contato: 9856-1166.

Haroldo Mota da ONG Baobá com ciclistas na escalada ao Pico do Cabugi, Angicos – RN.

Redação/eliasjornalista.com

Um grupo com quinze fotógrafos de Natal participaram no dia 10 de agosto do “I Off-road fotográfico no Pico do Cabugi” no município de Angicos-RN, onde subiram a serra e dormiram no cume, e votaram no dia seguinte (11). A inciativa foi do repórter fotográfico Canindé Soares que conseguiu apoio da Policia Ambiental, de guias para acompanhar a trilha e da TV Assembleia (Repórter Ítalo Amorim, cinegrafistas Aldair Dantas e Emerson Carlos) exibirá um documentário sobre o evento. Participaram também da aventura Haroldo Mota da Organização Não Governamental (ONG) Baobá que reuniu um grupo com dezoito ciclistas que fizeram a escalada mais não dormiram no cume, voltaram no mesmo dia.

A trilha de aproximadamente 2,5 quilômetros até o chegar ao cume do pico de 590 metros de altitude, o tempo gasto no percurso foi de 3 horas e 30 minutos, foi acompanhado por quatro guias e da Polícia Ambiental.

Galeria de Fotos:

Postado às 18h06 DestaqueFotografia [ 1 ] comentário

A exposição fotográfica “Voar é seu destino” de Leila Cunha Lima, ficará exposta até dia 6 de julho, na Pinacoteca do Estado.

Redação/eliasjornalista.com

O lançamento da exposição fotográfica “Voar é seu Destino”, de Leila Cunha Lima, será nesta quinta-feira (6), a partir das 18 horas, na Pinacoteca do Estado, Palácio Potengi, em Natal.

Serviço:

Exposição Fotográfica “Voar é seu Destino”

Data: Quinta-Feira (4) de junho de 2013

Hora: 18h30

Local: Pinacoteca do Estado, Palácio Potengi, Cidade Alta, Natal.

Postado às 14h04 DestaqueFotografia [ 1 ] comentário

O Repórter Fotográfico Canindé Soares, dignifica todos os potiguares que tem a FOTOGRAFIA como profissão. O Prêmio Abril de Jornalismo era o reconhecimento que faltava no seu vitorioso Currículo. 

Redação/eliasjornalista.com

O Repórter Fotográfico Canindé Soares vence Prêmio Abril de Jornalismo. O prêmio foi anunciado nesta segunda-feira (15), em São Paulo. O contexto da reportagem com a fotografia foi publicada na revista Nova Escola, em janeiro de 2012.

Canindé Soares concorria, com outras 23 pessoas, ao prêmio na categoria “Matéria Completa” (Educação) com a reportagem “Inove e Faça Como Eles”, publicada em janeiro de 2012 e que mostra dez ideias desenvolvidas por professores para trabalhar em sala de aula da pré-escola ao 9º ano.

O Prêmio Abril de Jornalismo é um dos eventos mais importante da Editora Abril, elege todos os anos, desde 1977, o que de melhor é publicado em texto, arte, foto e online nas revistas e sites da Abril. Foi criado para reconhecer e valorizar o talento dos profissionais que atuam em todos os títulos da empresa.

“Este prêmio é a realização de um sonho, é grandioso essa oferenda, é o Oscar Brasileiro do Jornalismo. Esta não uma vitória isolada do fotógrafo Canindé Soares, e sim dos amigos potiguares que curtem e acompanham o trabalho que faço a mais de 30 anos, mostrando as belezas de Natal e do Rio Grande do Norte. A repercussão que este prêmio me traz é bem maior do que o valor dele próprio”, declarou Canindé.

Postado às 20h03 Fotografia Nenhum comentário

Aphoto comemora sucesso do workshop com o fotógrafo carioca André Arruda

Redação/eliasjornalistacom

O fotógrafo e jornalista carioca, André Arruda, ministrou na tarde deste sábado (23), workshop para uma plateia com cerca de 70 pessoas, no IFRN, em Natal. Os conhecimentos e experiências adquiridos em 20 anos de trabalho com passagens pelos jornais (Jornal do Brasil, O Globo), revistas (Época, Veja, Quem, Contigo, Vip, entre outras), além de publicações em livros de arte, exposições e projetos autorais, foram a tônica da palestra.

Um dos temas principais abordado foi a produção de seu livro: “100 coisas que 100 pessoas não vivem sem”, com conteúdo recheado de celebridades do mundo da arte, literatura (Ariano Suassuna) teatro, televisão (Sônia Braga/Bruna Marquesini), música (Gilberto Gil) e esporte (João Havelange), além de figuras do cotidiano, como o vaqueiro de gibão da região de Serrita-PE, e o pescador de jangada, personagem do Rio Grande do Norte conhecido pelo apelido de “Ariri” do município de Caiçara do Norte, que fará parte do livro.

Galeria de Fotos:

Postado às 07h03 DestaqueFotografia Nenhum comentário

Redação/eliasjornalistacom

Um dos fotógrafos mais renomados do País, André Arruda, vem à Natal a convite da Aphoto para fazer a Leitura de Portfólio da galera potiguar. Qualquer pessoa pode participar e ter suas fotos “lida” pelo André Arruda, desde os fotógrafos profissionais aos amadores avançados, que tem trabalhos fotográficos para apreciação. A Leitura de Portfólio vai acontecer no dia 23 de março (sábado), no IFRN da Cidade Alta, a partir das 13 horas.

Cada participantes poderá levar até 05 fotografias para serem “lidas” e discutidas pelo André Arruda. Em seguida, haverá uma palestra/aula onde o fotógrafo vai abordar temas como nu artístico, retrato e fotojornalismo. Fotógrafo e jornalista, André Arruda é formado em Comunicação Social pela Faculdade da Cidade, do RJ. Sua experiência profissional como fotógrafo, nos últimos 20 anos, abrange trabalhos para jornais (Jornal do Brasil, O Globo), revistas (Época, Veja, Quem, Contigo, Vip, entre outras), além de publicações em livros de arte, exposições e projetos autorais.

SERVIÇO Leitura de Portfólio com André Arruda Palestra/Aula | Nu Artístico, retrato e Fotojornalismo Dia | 23 de março de 2013 Local | IFRN Cidade Alta Hora | 13h00 às 18h00 Valor | Sócio Aphoto R$ 30,00 / Não-sócio R$ 60,00 Informações | 84 3211-5436 Realização | Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto).

Para saber mais sobre o fotógrafo carioca, visite o site: http://www.andrearruda.com/

Postado às 07h03 DestaqueFotografia Nenhum comentário

O professor e fotógrafo Henrique José autografa seu livro “Os Novos Fotógrafos Brasileiros”, sendo observado por esposa e filha, na livraria Saraiva no Shopping Midway Mal, em Natal.

O livro "Aos Novos Fotógrafos Brasileiros" do professor e fotógrafo Henrique José, reúne em uma única obra diversas contribuições para o olhar fotográfico contemporâneo.

O livro “Aos Novos Fotógrafos Brasileiros” do professor e fotógrafo Henrique José, reúne em uma única obra diversas contribuições para o olhar fotográfico contemporâneo. Foto: Canindé Soares.

Redação/eliasjornalista.com

“Aos Novos Fotógrafos Brasileiros”, título do livro do fotógrafo e professor, Henrique José. O lançamento seguido da Exposição da série de Lomografias aconteceu na noite desta quarta-feira (13), na livraria Saraiva, do Shopping Midway Mal, em Natal.

O livro reúne em uma única obra diversas contribuições para fazê-lo e pensar fotográfico no Brasil contemporâneo. Em um primeiro contato com o livro e também com a exposição da série de LOMOGRAFIAS (Fotos feitas com máquina LOMO que utilizam filmes de películas), há um estranhamento, principalmente por se deparar com o formato em 10cm X 15cm, algo incomum para os livro de fotografias tradicionais.

O estranhamento no olhar fotográfico. “Na verdade esse livro é a junção de algumas coisas, primeiro um trabalho de pesquisa com a linguagem artística utilizando as câmaras LOMO, que é um tipo de máquina que tem uma proposta diferente com a fotografia, como resgate das câmeras que utilizam negativos, além da proposta da liberdade maior do ponto de vista da expressão, onde cada máquina dar um resultado diferente”, explica Fernando José.

A inspiração para edição do livro nasceu em 2010, na cidade de Brasília-DF. “A segunda junção, nasceu no encontro da fundação da Rede de Produtores da Fotografia Brasileira (RPCFB), que é a entidade que reúne vários fotógrafos brasileiros. Levei as máquinas LOMO, além de entrevistar vários fotógrafos, onde foram feitas três perguntas comum a todos (Qual o panorama da fotografia brasileira hoje? Qual a importância da criação da Rede? e Qual a mensagem para o novo fotógrafo?). A partir da terceira pergunta nasceu a ideia de editar o livro para novos fotógrafos com depoimentos de 19 profissionais do seguimento, onde juntei as fotografias tiradas com as máquinas LOMO e os depoimentos dos profissionais, que vão ajudar aos iniciantes na arte fotográfica”, disse.

“A ideia do livro é essa mesma, causar um estranhamento aos que vem conhecer o trabalho. Utilizei o 10cm x 15cm e o espiral para fazer uma brincadeira com o formato da câmera, ou seja juntar a brincadeira com a coisa séria e produzir este resultado: o nascimento de um livro que gerou também uma exposição” encerrou.

A exposição ficará aberta a visitação até o dia 13 de abril, no horário de 10h às 21h e o livro encontra-se a venda na livraria Saraiva do Shopping Midway Mall.

Galeria de fotos:

Postado às 12h03 DestaqueFotografia Nenhum comentário

Primeira parada da Expedição: Pedra da Boca, localizada na divisa da  Paraíba e o Rio Grande do Norte (Cidade de Passa e Fica). Foto: Alex Gurgel.

Parada na cidade de Bananeiras-PB o foco da Expedição.

A Expedição segue pelas ruas de Bananeiras-PB, com o presidente da Aphoto, Alex Gurgel e Joílson Custódio, guia local.

Redação/eliasjorbalista.com

Dia memorável para os participantes da Expedição ao Brejo Paraibano, organizada pela Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto), neste domingo (10). A expedição percorreu à Serra da Borborema e as cidades que ficam em torno da região conhecida como “Brejo Paraibano” que são Bananeiras, Areia e Guarabira, passando pela cidade de Passa e Fica para fotografar a Pedra da Boca.

Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP), a cidade de Bananeiras mantém e preserva a identidade cultural do Brejo Paraibano, além de receber anualmente grupos de turistas de vários estados brasileiros, sobre tudo os nordestino, com destaque para o Rio Grande do Norte, que vem se alimentar da cultura regional. “O retorno que a cidade recebe, é a satisfação de quem nos visita e que ele saia feliz dizendo que deseja voltar novamente. Para quem não conhece e tem bom gosto de cultura arruma a mala e vem sim bora”, convida Joílson Custódio, guia local que brinda os visitantes com suas histórias hilárias e inteligentes sobre a cultura do lugar.

As expedições fotográficas tem o objetivo de reunir fotógrafos profissionais e amadores para exercitar seus olhares em roteiros chamados “Ecoturismo ou Culturais”. “São passeios diversificados em suas propostas, possibilitando ter mais experiência de campo, captando imagens de roteiros tradicionais e inusitados”, destaca Alex Gurgel, presidente da Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto).

Segundo o diretor da Aphoto, Luciano Nobre as expedições costumam se dividir em duas etapas: o primeiro encontro objetiva a prática, e o segundo é destinado à análise dos trabalhos fotográficos que são apresentados através de um “Sarau Fotográfico” onde são projetadas imagens realizadas pelos participantes, que além de possibilitar uma maior interação, troca de experiência e até mesmo fechando parcerias de trabalho.

Início da expedição – Parque Estadual da Pedra da Boca

Localizado ás margens do rio Calabouço, afluente que faz a divisa entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte (Cidade de Passa e Fica), no município de Araruna, na Paraíba, o Complexo Ambiental Pedra da Boca é um parque estadual paraibano instituído desde 2000, quando se tornou uma área de conservação permanente. Hoje é um dos picos preferidos pelos praticantes de aventura e amantes da fotografia que desejam fazer belos registros sobre a natureza. O patrimônio natural do parque é riquíssimo e se divide em cavernas e formações rochosas. O nome Pedra da boca surgiu de uma fenda que ela tem em seu corpo, fenda que lembra uma boca aberta, boca que lembra um sapo, segundo moradores nativos locais.

Chegada ao Brejo Paraibano – Cidade de Bananeiras e Areia

A cidade de Bananeiras-PB, localizada na Serra da Borborema é caracterizada pela sua exuberância e cenários naturais. Alardeada em 1974, pelo então ministro da saúde, Paulo de Almeida Machado, como uma cidade de clima e relevo europeu em pleno coração nordestino, continua impressionando historiadores e turistas que buscam conhecer a História e a cultura da mais importante região do ciclo do açúcar. Tudo isso aliado aos roteiros de ecoturismo composto por serras, vales, cachoeiras, matas e rios, onde a natureza privilegia o Brejo Paraibano.

Areia-PB se localiza na microrregião do Brejo Paraibano, e também conhecida por suas riquezas naturais e culturais, uma região de clima europeu, onde no inverno fica coberta de neblinas, além de possuir diversos balneários aquáticos e relevo propício a prática do ecoturismo.

Entre os participantes estavam fotógrafos experientes e outros nem tanto.

“Minha primeira expedição pela Aphoto, adorei não apenas pela oportunidade de fotografar ambientes diferentes ligados a natureza, mas sim pela integração que estas expedições nos proporcionam de conhecer novos lugares e novas pessoas fazendo algo que se gosta reunidas por uma só motivo: a paixão pela fotografia”, disse Sofia Silva, fotógrafa amadora.

Para o fotógrafo Dijah Abreu Junior, que trabalha com computação gráfica, as expedições são um forma de aliviar o estresse semanal. Além de uma ótima oportunidade de conhecer profissionais da mesma área, trocar ideias e compartilhar amizades que fazem parte do cotidiano e que não temos tempo de encontrá-los.

“A expedição para o Brejo Paraibano foi algo incomum, poder visitar centros históricos, cidades antigas, muito bem conservadas, que recebem com espontaneidade os turistas foi muito preciso e totalmente enriquecedora essa expedição” Disse Carla Belke, médica veterinária e fotógrafa.

Galeria com fotos dos participantes da Expedição:

Postado às 03h03 DestaqueFotografia [ 1 ] comentário

O fotógrafo Fernando Pereira expõe na Galeria Conviv’Art da UFRN até 28 de março.

As estudantes de fotografia Danielle Suiany e Ralina Micharla, prestigiaram a mostra de Fernando Pereira na UFRN.

Redação/eliasjornalista.com

Cerca de trezentos convidados prestigiaram o coquetel de abertura da exposição “Vivam Natura” do fotógrafo e jornalista Fernando Pereira na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), na noite desta quinta-feira (7).

A mostra fotográfica que inicialmente seria composta por 40 imagens da natureza, trouxe para o público uma grata surpresa, Fernando Pereira acrescentou um mix de fotografias que retratam uma retrospectiva de trabalhos anteriores e que  estão em andamento valorizando ainda mais as paisagens da natureza.

Fernando Pereira nascido em santo Antônio de Pádua Rio de Janeiro é jornalista e fotógrafo e apaixonado por imagens da natureza. Ao longo da carreira foi agraciado com várias premiações locais, nacionais e internacionais. A mais importante delas foi “Earth Men”, para compor o catálogo do concurso internacional do “Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente – PNUMA, no biênio 1994 – 1995, o maior concurso do mundo do gênero.

Desde cedo o despertar por imagens de paisagens. “Nasci na roça no meio do mato e aos 20 anos sai para cidade mas, levei comigo o gostar da natureza, dos bichos e tudo que se refere ao meio ambiente, jamais poderia repudiar minhas origens, a minha fotografia exalta sempre as belezas naturais”, destaca.

A inspiração para compor a exposição “Vivam Natura”. “Meu interesse por exposição nasceu na década de 90, já morando em Natal fui a uma mostra coletiva no espaço cultural da Caixa Econômica Federal, formada pelos fotógrafos Canindé Soares, Wanderley Adams e Marcolino.  Fiquei impressionado com o trabalhos dos fotógrafos, e sai de lá com o pensamento de realizar a minha exposição também”, confessa.

Por trás do glamour as dificuldades para realizar a exposição. “Fotografar é fácil,  o problema maior é ter que fazer a seleção de imagens quando se tem várias opções. Para essa exposição confesso que fui ousado, principalmente pelos cortes realizados nas fotos 40X90cm, tornando a maioria em panorâmicas. O espaço da Galeria Convi’Vart” valorizou meu trabalho. Considero uma vitória realizar esta mostra, apesar de ter que bancar desde a iluminação ao coquetel, mas há um ditado que acredito “Quem não é visto jamais será lembrado” por isso aguardo o retorno”, declarou Fernando Pereira.

O fotógrafo Canindé Soares que prestigiou a mostra, disse que ficou surpreso e feliz com o avanço profissional de Fernando Pereira. “Fico feliz em saber que ele se inspirou em trabalho de outros colegas fotógrafos, esse reconhecimento demonstra a humildade de um grande profissional”, completou.

Fernando Pereira fez questão de registrar os agradecimentos a Associação Potiguar de Fotografia (APHOTO), a todos os amigos, além do apoio do jornalista Elias Medeiros e o fotógrafo Canindé Soares, pela divulgação em seus Blogs “Elias no seu retorno à Natal, veio com força total, sua fotografia está cada dia melhor e tem elevado o nível da fotografia potiguar”, disse.

Serviço:

Exposição “Vivam Natura”  do Fotógrafo Fernando Pereira

Data: De 8 a 28 de março  – de 9 às 17h Local: Galeria Convivart – Centro de Convivência Djalma Marinho – UFRN.

Acesso: Gratuito

Informações:  (84) 9984-0899

Galeria de fotos:

Postado às 09h03 DestaqueFotografia Nenhum comentário

A exposição “Vivam Natura”, do  jornalista e fotógrafo Fernando Pereira estará aberta à visitação de 08 a 27 de março, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h, na Galeria Conviv’art da UFRN.

 

Fernando Pereira inclui no currículo várias premiações locais, nacionais e internacionais, além de ter suas fotos publicadas em diversos livros e revistas.

Redação/eliasjornalista.com

“Vivam Natura” este é o título da exposição do fotógrafo potiguar Fernando Pereira, composta por 40 imagens da natureza.  O coquetel de abertura nesta quinta-feira (7), às 19h, na  galeria “Convivart da UFRN”. O evento é promovido pelo Núcleo de Arte e Cultura (NAC) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Fernando Pereira é jornalista, funcionário da UFRN e atualmente trabalha na Hemeroteca do Departamento de Comunicação da universidade. Na exposição “Vivam Natura”, o fotógrafo irá apresentar 40 fotografias que têm por temática a natureza, predominando a do território potiguar.

O autor inclui no currículo várias premiações locais, nacionais e internacionais, além de ter suas fotos publicadas em diversos livros e revistas. Em 2004, foi o 2º colocado no concurso “Paisagens do Ecossistema Potiguar” promovido pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA).

Serviço:

Exposição “Vivam Natura”  do Fotógrafo Fernando Pereira
Data: De 8 a 28 de março  – de 9 às 17h, será aberta ao público.
Local: Galeria Convivart – Centro de Convivência Djalma Marinho – UFRN.
Acesso: Gratuito

Informações:  (84) 9984-0899

 

Página 20 de 23« Primeira...10...1819202122...Última »