Marca Maxmeio

12 nov 2010

De quem é a conta?.

Postado às 15h11 Geral [ 17 ] Comentários
 

Essa turminha do Curso de Graduação de Jornalismo da PUC RIO não concorda com a mulher pagar a conta.

Essa Galera está podendo, detalhe neste dia a conta foi dividida! Salve! Salve!

De quem é a Conta? O amor é lindo, o que mata é a divisão das contas. Será que existe alguém que tenha vivenciado tal situação?  Na maioria das vezes o amor confunde-se com a necessidade de se transportar para as mãos masculinas, uma responsabilidade que deveria ser compartilhada.. Este tipo de amor deveria ser rotulado como “preciso de você”.             A conexão entre duas pessoas não pode se basear em preencher as carências um do outro.   A relação não pode vir de um vazio, porque depender demais do outro, suga  energia   e custa caro.

Ter uma namorada que raramente abra a carteira para pagar ou dividir a conta, gostar de festas e badalações, além de manter a postura de patrocinar tudo o tempo que ficarem juntos , pode ser um erro clássico. As mulheres em seu discurso, utilizam a célebre frase: “Homem gentil, sempre paga a conta”, baseado nessa pérola, os homens  continuam pagando a conta sem recentimento.

O poeta Vínicius de Moraes em seu “Soneto da Fidelidade”,  ressalta o Amor  e declara que ele seja eterno enquanto dure. Se após uma longa temporada houver o fim do namoro, a garota que depositava o dinheiro na  poupança e jamais abriu a carteira, comprará  um carro  e seu parceiro ficará literalmente na pista.

Moral da história: Certamentente nenhuma relação baseado na dependência pode ser saudável, cada pessoa precisa assumir responsabilidade por ser feliz, sem depender do outro e nem sempre ser gentil, significa pagar a conta.

Der sua opinião, deixe um comentário….

Postado às 11h11 Geral [ 3 ] Comentários

Jornal Nacional (Foto montagem). William na bancada em Brasília e Fátima no Rio. Segundo o Portal R7, tremenda calça justa!

Guerra de Audiência – A TV Record sai na frente e mostra a primeira entrevista ao vivo com Dilma Russeff. Com duração de 15 minutos,  duas jornalista Ana Paula Padrão (ex-TV Globo) e Adriana Araújo, conduziram a entrevista ao vivo.  Logo no início, a presidente elogiou o fato da Record ter escalado duas mulheres. “Isso é um sinal que há espaço para as mulheres em todos os lugares da sociedade, disse a petista”. Para a âncora do Jornal da Record, Ana Paula Padrão, Dilma está segura e conseguiu fazer tranquilamente a transição entre ministra, candidata e presidente.

Na TV Globo “Jornal Nacional”, a entrevista também foi ao vivo e durou cerca de 30 minutos. William Bonner e Fátima Bernardes, conduziram a entrevista de forma impecável.

Segundo o Portal R7 da Record, a  entrevista de Dilma Rousseff ao Jornal Nacional (Globo), William Bonner falava tanto e de maneira tão agressiva que não deixava a candidata falar. Ele irritou a própria mulher, que lhe deu um cutucão em rede nacional de televisão. Bronca da patroa todo mundo leva, mas com boa parte do Brasil assistindo fica bem mais feio. Deve ter dormido no sofá.

A presidente eleita lembrou do processo de escolha de seu nome para suceder o presidente Lula. “Eu nunca imaginei ser presidente da República. Eu sempre fui uma servidora pública.” Ela afirmou que começou a se convencer “aos poucos” de que deveria disputar as eleições, quando o presidente Lula passou a cogitar o nome dela para a suecessão dele.

Segundo ela, ser presidente do Brasil “é um sonho que cada brasileiro esconde lá no fundo da alma”.  “É a maior realização que uma pessoa pode ter no seu próprio país, porque é o momento em que você pode provar que vai de fato dar uma contribuição para os milhões de brasileiros e brasileiras que compartilham comigo essa aventura histórica.”

Com relação a liberdade de imprensa, ela disse: Mais vale o barrulho da imprensa, do que o silêncio da ditadura.

Em 2002, o presidente Lula, assim que foi eleito deu a primeira entrevista para a TV Globo, na bancada do Jornal Nacional, nos estúdios da emissora em São Paulo. Em 2006, quando foi reeleito, o presidente Lula também falou primeiro à Globo, direto do Palácio do Planalto.

Este fato é bastante relevante para o jornalismo brasileiro. Desde o fim do regime militar, nenhum presidente democraticamente eleito tinha dado uma entrevista para outra emissora que não fosse a Globo. A Record, desta vez, saiu na frente.

Deixe seu comentário sobre este assunto e outros temas no meu Blog.

Grato!!



Postado às 02h11 Geral [ 2 ] Comentários

Festa da Democracia – Em seu primeiro discurso a presidenta reafirmou seu compromisso com a igualdade de oportunidades para as mulheres, a liberdade de imprensa,  democracia em todos os níveis e a erradição da miséria.  “Serei presidenta de todos os brasileiros e brasileiras, respeitando as diferenças de crença e orientação política, disse Dilma Russeff.”

Sim a Mulher Pode! ” gostaria que pais e mães de meninas olhassem hoje nos olhas delas e dissessem: “Sim, a mulher pode ser presidente do Brasil.”

Numa abstenção de mais de 29 milhões de eleitores, sinaliza claramente o quanto será importante uma reforma política em seu governo.  A falta de interesse pela eleição, deixa claro o caminho natural que a sociedade gostaria de tomar, onde o voto em nosso país fosse livre e não obrigatório.

O dia 1° de janeiro de 2011 será especial para o Brasil. É quando vai tomar posse a primeira mulher eleita Presidenta da nossa História. Dilma Russeff (PT) receberá a faixa presidencial de seu mentor político, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, também vitorioso por ter feito sua sucessora.

Muito me orgulha em saber que a vitória de Dilma acontece quase 80 anos depois que as  mulheres conseguiram o direito de ir às urnas. A primeira autorização para o voto veio em 1932 através do Código Eleitoral Provisório, sendo que até 1946 o voto feminino não era obrigatório, e que antes dessas conquistas o Estado do Rio Grande do Norte foi o primeiro a permitir que mulheres votassem e se candidatassem, em 1927. Os eleitores do estado escolheram Alzira Soriano como a primeira prefeita do país, na cidade de Lajes, em 1928.

01 out 2010

Elias, o Jornalista..

Postado às 18h10 Geral Nenhum comentário

Sou Elias Medeiros, Jornalista e repórter fotográfico.

Este sou eu em mais um de meus trabalhos fotográficos.

Página 10 de 10« Primeira...678910