Marca Maxmeio

Postado às 00h01 Geral Nenhum comentário

A Quadrilha Junina Coração Nordestino, São Gonçalo do Amarante-RN, tem 15 anos de tradição junina, sempre com excelentes espetáculos.

A emoção dos componentes marca registrada  da Quadrilha Junina Coração Nordestino, de São Gonçalo do Amarante-RN.

Redação/eliasjornalista.com

A Quadrilha Junina Coração Nordestino, de São Gonçalo do Amarante-RN, faz parte dos grupos juninos que mantém a tradição nordestina, e com muita emoção pulsa o coração de seus componentes e plateias enormes que colaboram para manter a magia das quadrilhas juninas cada vez mais viva no coração de todos.

São 15 anos de tradição junina, uma comemoração brindada com a produção artística de Gilliard Allad que criou o tema: “Tem Festa no Arraial nas Bodas de Cristal de Mariana e Juvenal”. Uma apresentação que mistura momentos singelos das festividades juninas com o colorido dos figurinos de Lula e Júnior (dançarinos da quadrilha) que tiveram a oportunidade de mostrar o talento. O regional Pegada Nordestina dá o ritmo das coreografias criativas e contagiantes de Gilliard e Victor D´Melo.

A agremiação é a quadrilha junina do bairro Jardim Lola Coração Nordestino, a representante máxima do município de São Gonçalo do Amarante nos festivais do Rio Grande do Norte. Com mais de 80 integrantes, entre dançarinos e a equipe de produção, a Coração Nordestino montou uma apresentação para brigar pelos títulos dos festivais em diversas partes do Estado, estratégia que vem dando certo.

A escolha de melhor quadrilha junina de 2013 no Festival Quatrocentão, credenciou a Coração Nordestino,  para representar o Rio Grande do Norte no festival do Nordeste, que acontece no próximo dia 13 de julho na cidade de Maracanaú, no Ceará. Por enquanto eles encantam os corações dos potiguares que assistem suas apresentações pelo Estado afora.

Galeria de Fotos:

Postado às 11h10 DestaqueGeral [ 9 ] Comentários

A última edição impressa do Diário de Natal, saiu nesta terça-feira 2 de outubro de 2012.

Redação/eliasjornalista.com – com texto de Gerson de Castro – Secretário de Comunicação da Prefeitura de Natal

Iniciamos cada jornada,  nem sempre com boas notícias. Nesta terça-feira (2), recebi o anúncio do fim da versão impressa do Diário de Natal, uma triste e ingrata surpresa. Infelizmente um desfecho da história da imprensa potiguar, com 73 anos de existência, atuando com imparcialidade, priorizando sempre a melhor informação. Com sentimento de perda, mas de olho no futuro, por três meses um laboratório fantástico, desde a Editora Juliska Azevedo, os colegas guerreiros da Redação, Diagramação, DN Online, Fotografia,  e demais funcionários, que harmonizava nossos dias. Aprendi a substituir a falta de talento pela persistência em exercer tão nobre profissão: Jornalismo acima de tudo.

Morte Anunciada: “Recebo com tristeza, no inicio da manhã, a notícia da morte física do velho Diário de Natal. Sai de cena a versão impressa de um jornal que passará a ter apenas a versão eletrônica. Não sei explicar o que estou sentindo. São muitas as sensações, as lembranças deste que foi a minha primeira e maior experiência profissional. Lá entrei ainda garoto, estudante do segundo ano de Jornalismo. Fui repórter e editor de Polícia numa experiência inesquecível tanto do ponto de vista profissional quanto pessoal. Saí de lá para alçar novos voos. E voltei seis anos depois para ser repórter e depois editor de Política e Cidades. Lá convivi com grandes jornalistas e vivi momentos memoráveis. Criei laços e deixei amigos. Apesar de todas as contradições e choques que se impõem entre a liberdade de expressão e a linha editorial – muitas vezes gerando conflitos entre direção e redação e entre o editorial e o comercial – o Diário de Natal sempre foi uma voz em favor da liberdade, da Democracia, dos direitos do Cidadão. Muito antes de o Ministério Público ganhar a conformação que tem hoje, era o Diário de Natal, a despeito do seu conservadorismo, quem encampava a defesa da sociedade. Nas redações do Diário de Natal, cuja edição dos 60 anos tive a honra de editar, aprendi o valor da liberdade, da Democracia, do respeito ao cidadão e, sobretudo, a encarar o Jornalismo como ferramenta de construção da Cidadania. Se os tempos e as circunstâncias obrigam uma nova versão do velho DN que ele e todos os seus profissionais tenham êxito no meio eletrônico. Mais do que observador e guardião da memória do povo norte-riograndense, o velho Diário de Natal é parte da nossa História. Da minha história. E eu me sinto muito feliz e honrado por isso”, Secretário de Comunicação, Gerson de Castro.

Postado às 18h06 FotografiaGeral Nenhum comentário

Por Elias Medeiros

A Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto), realizou na noite desta terça-feira (19), no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN), na Cidade Alta, a  Assembleia Geral Ordinária com a participação de cerca de 40 associados.

Os assuntos tratados na pauta foram: A prestação de contas da Diretoria  Financeira,  retrospectiva, apresentação da logomarca e festa de 10 anos  da associação,  utilidade pública estadual, Poti em foco e expedição fotográfica com exposição, além da discursão dos novos rumos e atuação dentro do mercado fotográfico potiguar.

O encontro consolidou  a importância das parcerias, agregando políticas públicas destinadas a fotografia. Aphoto,  já conquistou  o título de Utilidade Pública Municipal, e está a caminho do reconhecimento Estadual, além de objetivar o  desmembramento da fotografia, das categorias, Artes Plásticas e Audiovisual, e ser  reconhecida como arte independente.

O fotógrafo Pablo Pinheiro, recém homenageado com o Troféu Cultura 2012, participou da Assembleia, e trouxe informações úteis a respeito de apoio a projetos culturais e aplicação da Lei Rouanet, e da Lei do Audiovisual, por parte do Ministério da Cultura. O enfoque das informações, foram a formação de colegiados setoriais, visando a captação de recursos públicos para fomentar uma política para fotografia no RN.

“A partir da criação da Aphoto, o Estado do Rio Grande do Norte, está à frente de muitos estados, temos um acervo de fotografia que nos credencia mostrar o passado e acreditar no presente, além de contribuirmos para formação de novos profissionais, com dinamismo e consciência  profissional”, declarou Alex Gurgel, presidente da Associação.

Postado às 00h06 Geral Nenhum comentário

Foto: Pablo Jacob  –  Artista de rua na praia de Copacabana, reproduzem as belezas do Rio de JaneiroRio  20 FRio

 Foto: Pablo Jacob – Favela da Rocinha será reproduzida nas areias de Copacabanarocinha

Por Elias Medeiros

A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, teve início hoje (13) e vai até dia 22 de junho de 2012, na cidade do Rio de Janeiro. A Rio+20 é assim conhecida porque marca os vinte anos de realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio-92) e deverá contribuir para definir a agenda do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas.

O objetivo da Conferência é a renovação do compromisso político com o desenvolvimento sustentável, por meio da avaliação do progresso e das lacunas na implementação das decisões adotadas pelas principais cúpulas sobre o assunto e do tratamento de temas novos e emergentes.

Enquanto conferencistas e turistas se deliciam com as belas paisagens e as obras de artes dos Artista de rua na praia de Copacabana, que celebra com esculturas de areia a realização da Rio+20, os movimentos sociais se mobilizam para mostrar as mazelas e as desigualdades sociais existentes na cidade. Barracos serão montados na areia, fazendo parte de um cenário que reproduzirá a triste realidade dos moradores de comunidades pobres do Rio de Janeiro.

O movimento Rio de Paz, filiado ao Departamento de Informação Pública da ONU, realizará durante a conferência três manifestações visando o combate à desigualdade social, à fome e à miséria no mundo: nos dias 16 e 17, sábado e domingo, uma favela será reproduzida nas areias da praia de Copacabana (Av. Princesa Isabel); no dia 18, será feita uma visita à Favela Mandela, comunidade não pacificada, em Manguinhos; e no dia 19, será montada uma mesa coberta por uma toalha branca manchada de tinta vermelha, com dezenas de pratos vazios, que terão ao lado bandeiras dos países que ainda sofrem com o problema da fome. A informação foi antecipada nesta quarta-feira (13), pela coluna de Ancelmo Gois do Jornal O Globo.

Postado às 14h06 Geral Nenhum comentário

DSC_0237DSC_0037DSC_0005DSC_0173DSC_0113DSC_0070DSC_0106DSC_0109_ShinTower_Blog_EliasmedeirosDSC_0059

Por Elias Medeiros 

Chama-se Shin Tower, a nova estrela da Construtora Cameron, lançado em Natal na noite desta quarta-feira (6), com uma festa super concorrida sob à direção do renomado  Colunista Crystian  DeSaboya.

Ancorado em área pra lá de privilegiada, num terreno imenso na Prudente de Morais, esquina com Amintas Barros, em frente ao restaurante Mangai, em Lagoa Nova, o prédio terá 22 andares de salas comerciais que vão de 34 a 46 metros quadrados, numa arquitetura que merece, já, nosso aplauso.

A Cameron caprichou na edificação, serão  mais seis andares de garagem, com 625 vagas. O  único comercial da cidade com academia, lanchonete, cabelereiro, praças, espaço zen, jacuzzi, ofurô, sauna, piscina, hidroginástica, playground e pista de cooper.

O Diretor Geral da Cameron Construtora, Dr. Antônio Câmara e Valéria Câmara, entregam mais um grandioso empreendimento, para a cidade de Natal e estão  felizes com o sucesso do lançamento.

Postado às 17h06 Geral Nenhum comentário

DSC_0018DSC_0025DSC_0067_Lançamento do Site da ABRH_FotoEliasMedeirosDSC_0056_Lançamento_Site_ABRH_FotoEliasMedeirosDSC_0061

Por Elias Medeiros

Um noite super agradável, assim foi o clima do coquetel que marcou o lançamento do novo site institucional da Associação Brasileira de Recursos Humanos seccional RN. O evento aconteceu na terça-feira (5),  contou com a presença de amigos,  jornalistas e profissionais da área de Recursos Humanos, além  de marcar a despedida da presidente  Martha C. Sousa Alves, que retorna a sua cidade de origem, o Rio de Janeiro.

O competente jornalista Ulysses Freire e a Mosaico.com, em mais uma assessoria de sucesso.

Postado às 12h06 Geral [ 6 ] Comentários

A atriz Titina Medeiros na gravação da Novela Cheias de Charme no Piauí (Fotos: MarcosPP)dsc_0832gravacao-cheias-de-charme-20120202-01-size-598

Titina Medeiros da vida real (Foto: Lucineide Medeiros)titinamedeiros

Deputada Estadual Flora Izabel (PT) do Piauí (Foto: Renato Dantas)flora-izabel1

Por Elias Medeiros

As declarações da atriz potiguar Titina Medeiros (Rede Globo), publicadas no último sábado na Folha.com, sobre o estado de falência que vive o Rio Grande do Norte atualmente, especificamente a respeito da política cultural, motivaram nota do Governo do RN através da Secretaria Extraordinária para Assuntos da Cultura.

O governo do Rio Grande do Norte, através da Secretaria Extraordinária para Assuntos da Cultura, se pronunciou e emitiu a seguinte nota: (…) juntam-se ao sentimento de todos os potiguares na manifestação sincera do orgulho comum de ter grandes artistas destacando-se no cenário local, nacional e internacional – a exemplo da atriz Titina Medeiros – e reafirma seu compromisso de sempre apoiar, incentivar e divulgar ações culturais que valorizem a nossa cultural, ao mesmo tempo tão plural e ímpar”.

A atriz potiguar Titina Medeiros está na novela das 7h “Cheias de Charme”, interpretando o personagem Socorro, uma trambiqueira que faz tudo para se dar bem. Já na novela da vida real, abriu o verbo e falou de um assunto recorrente e que serviu de alerta aos  responsável em gerar cultura no estado.

Para a atriz, “essa coisa de estar na Globo é motivo de orgulho para o potiguar. Dizem ‘pelo menos ela’. Sou muito apaixonada pela minha terra, mas falta incentivo. O público potiguar nem sabe que existe tanta gente boa. Temos muita qualidade”, conclui.

Enquanto isso no Estado do Piauí (…) A Deputada Estadual Flora Izabel (PT), contou que na novela os piauienses são representados pela empregada doméstica “Socorro”, interpretada pela atriz Tina Medeiros, uma trambiqueira que faz tudo para se aproximar da cantora Chayene, a outra piauiense que renega o seu Estado natal e chama suas empregadas de “Curicas”, um termo pejorativo e preconceituoso contra as empregadas domésticas que já está em desuso no Piauí. 

Postado às 03h06 Geral [ 22 ] Comentários

DSC_0107_ShowCamilaMasiso_FotoEliasMedeirosDSC_0102_ShowCamilaMasiso_FotoEliasMedeirosDSC_0128_CamilaMasiso_FotoEliasMedeirosDSC_0096_Show_CamilaMasiso_FotoEliasMedeiros

Por Elias Medeiros

O projeto Eu Curto a Cultura, apresentou a cantora Camila Masiso, com o show inédito “Ela canta Elas”, nesta quinta-feira (31),  na Casa da Ribeira.  Com um  repertório estritamente feminino,  interpretou desde Dolores Duran a Marisa Monte, passando Lecy Brandão, Tânia Maria, Rita Lee, Vanessa da Mata e Zélia Duncan.

Camila  dedicou o show as cantoras nacionais, as quais se identifica e interpreta ao longo de sua carreira, valorizando ainda mais a música popular brasileira. No palco, canta e encanta a plateia com voz e afinação perfeita a cada música.

Os músicos, Diogo Guanabara (violão, guitarra e bandolim), Henrique Pacheco (baixo e baixo acústico) e Rogério Pitomba (bateria), afinadíssimos valorizaram ainda mais a apresentação de Camila.

O projeto Eu Curto Cultura é fruto da parceria entre a Casa da Ribeira e artistas locais, que expande o  movimento cultural existente em Natal, e merece ser prestigiado por todos que gostam da boa música.

Postado às 21h05 Geral [ 2 ] Comentários

IMG_0336IMG_0236

Por Elias Medeiros

O lançamento da nova coleção 2013 da Fina Flor, foi realizada na noite desta quarta-feira (30),  no La Mouette Recepções em Candelária. O evento foi beneficente em favor do Hospital Infantil Varela Santiago, e contou com a presença do ator global Carlos Machado, o Ferdinand da novela Fina Estampa.

Na ocasião, a Fina Flor lançou a segunda edição do seu catálogo que tem edição da jornalista Simone Silva e projeto Gráfico da Terceirize Editora, sob a coordenação dos irmãos Braz Júnior, Danielle Canuto e Raissa Carvalho. Com 140 páginas (20 a mais que a edição passada) o ponto alto do catálogo – que foi distribuído gratuitamente – é o editorial dedicado a modelos para o tão esperado dia do “sim”, seja para os nubentes, padrinhos e/ou convidados.

A publicação destaca as melhores empresas com detalhado guia de serviços no qual é possível encontrar tudo o que é necessário para a bem sucedida realização de um evento de qualquer porte. As pessoas terão um direcionamento correto de como se planejar antes de qualquer comemoração. Além disso, há dicas para escolha do buquê de noiva, uma matéria com a Castelo Casado Iluminações e um perfil especial com o fotógrafo Wanderley Adams, responsável pelos principais imagens do Catálogo.

Para ter acesso ao evento foi preciso doar uma lata de leite em pó, que será posteriormente encaminhado ao Hospital Infantil Varela Santiago. No ano passado foram arrecadadas mais de 500 latas de leite, o objetivo é superar esta marca dado o grande número de participantes deste ano.

Postado às 02h05 Geral Nenhum comentário

DSC_0061_ArlindoFreire_FotoEliasMedeirosDSC_0102CidadãoNatalense_ArlindoFreire_FotoEliasMedeirosDSC_0085CidadãoNatalenseFotoEliasMedeiros

Por Elias Medeiros

O importante é ser lembrando, baseado nesse princípio, a  Câmara Municipal de Natal realizou na noite desta terça-feira (29), sessão solene para a entrega do titulo de cidadão natalense ao jornalista Arlindo Freire, fundador do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Norte.

Edivan Martins, mencionou os serviços prestados por Arlindo Freire ao jornalismo natalense, como militante das lutas sindicais e sociais. “Justa homenagem, a quem tem compromisso com a verdade e com a ética”, destacou o presidente da Câmara Municipal de Natal (CMN).

O vereador George Câmara também prestou a sua homenagem ao jornalista. “É uma honra poder compartilhar a proposição desse título de cidadão natalense a Arlindo Freire. Jornalista que teve um papel importante na batalha pela democracia”, ressaltou o vereador.

“Como formador de opinião me sinto orgulhoso por esse reconhecimento. Fundamos o Sindicato dos Jornalistas durante a Ditadura Militar, no ano de 1979, período difícil para a História da democracia do país, mas isso não foi obstáculo, e conseguimos formar um órgão representativo da nossa classe”, disse Arlindo Freire. 

Página 3 de 1012345...10...Última »