Marca Maxmeio

Postado às 19h10 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Governador detalha situação financeira e ações na Segurança.

Governador detalha situação financeira e ações na Segurança.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

No início da tarde desta segunda-feira (24), o governador Robinson Faria deu mais detalhes sobre a situação financeira crítica enfrentada pelo Estado, durante entrevista ao jornalista Alex Viana e ao consultor Sêmio Timeni Segundo, do programa radialístico Meio Dia Cidade. O chefe do Executivo estadual explicou, entre outros pontos, como está sendo feito o pagamento da folha salarial. Diante da crise que abala todo o país, o Rio Grande do Norte está entre os 12 estados que pagam a folha fora do mês ou por faixa salarial; e mais de 20 enfrentam sérias dificuldades financeiras.

“Muitos me questionam como posso estar fazendo, por exemplo, uma obra tão grande como o anel viário, como posso estar saneando toda Natal, e o Governo não consegue pagar a folha em dia. É importante esclarecer que os recursos para cada fim vêm de uma fonte especifica e não podem ser utilizados para outra finalidade. Se fossem usados, seria crime de responsabilidade”, esclareceu o governador.

Segundo Robinson, o Governo Federal ajudou àqueles estados que tinham grandes dívidas com a União e não está ajudando os estados com dívidas menores, como é o caso RN.

“O Rio Grande do Norte é o estado que possui a menor dívida com a União e mesmo assim foi esquecido. Uma crise é enfraquecida a partir do momento que os estados se fortalecem. Ao invés de o Governo Federal fomentar toda a federação, eles governam para cinco, seis estados, e esquecem os demais, e nós estamos entre esses esquecidos”, disse.

Questionado sobre a área de Segurança, o chefe do Executivo Estadual explicou que mesmo havendo uma crise nacional desde 2015, o Governo vem realizando melhorias, como a elaboração do Plano Estratégico de Segurança Pública, que estabelece ações até o ano de 2020, e citou outros avanços.

“Estou otimista. Mesmo com a violência aumentando em todo o Brasil, nosso governo melhorará o padrão da segurança no estado. Estamos enfrentando a crise, temos uma polícia motivada, trabalhando muito. Realizei mais de seis mil promoções de carreira que estavam represadas há anos. Teremos uma resposta ainda melhor com as instalações dos bloqueadores de celulares nos presídios, ação que começamos e estamos dando continuidade. Até o final do ano lançaremos os editais dos concursos das Polícias Militar e Civil, Itep e Bombeiros para termos condições de melhorar o policiamento nas ruas”, declarou e finalizou a entrevista pedindo a bancada federal para manter o apoio à sua governabilidade.

 

Postado às 10h10 CidadePlantão Nenhum comentário
Operação Lei Seca combate embriaguez ao volante na Av. Ayrton Senna.

Operação Lei Seca combate embriaguez ao volante na Av. Ayrton Senna.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Motoristas que transitaram embriagados na madrugada de hoje (22), pela a Avenida Ayrton Senna, foram surpreendidos pelos policiais da Operação Lei Seca do Detran/RN. A fiscalização autuou 49 condutores que fizeram uso de bebida alcóolica e foram dirigir. Deste total, dois foram presos por crime de trânsito, incluindo um motorista que tentou escapar da fiscalização empreendendo fuga pela contramão e colidindo com uma cigarreira situada nas proximidades da realização da blitz.

A operação foi iniciada nas primeiras horas deste sábado e finalizada próximo das 5h. Oito veículos foram apreendidos por motivos de infrações diversas e foram levados ao pátio de apreensão do Detran/RN. Os mesmos somente serão liberados após a devida regularização das pendências observadas e notificadas pelos policiais da Operação Lei Seca. “Realizamos dezenas de abordagens durante a madrugada e mesmo com a divulgação dos perigos de beber e dirigir ainda existem muitos motoristas que põem em perigo suas vidas e as das demais pessoas que utilizam o trânsito”, comentou o coordenador da Lei Seca no RN, capitão Isaac Paiva.

Somente nas duas últimas blitzen realizadas nesta semana pela Operação Lei Seca, 69 condutores tiveram as CNHs retidas e dez deles foram presos e autuados por crime de trânsito. A Operação também conseguiu recapturar um foragido do Presídio Estadual de Alcaçuz, que trafegava embriagado pela Avenida Roberto Freire, no bairro de Ponta Negra. O diretor geral do Detran/RN, Marco Medeiros, reforçou que a intensão das blitzen não é multar motoristas e sim evitar que condutores embriagados coloquem em risco a vida ou a integridade física de inocentes que estão no trânsito. “Nosso trabalho tem o foco na preservação da vida no trânsito. É importante que o motorista se conscientize que bebida alcóolica e direção não combinam e dessa forma podermos construir um trânsito mais seguro”, disse.

Outro ponto importante relacionado à punição do condutor que dirige embriagado é que a partir de 1º de novembro a multa por desobediência a essa regra sai de R$ 1.915,30 e vai para R$ 2.934,70.

 

Postado às 14h10 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Exposição fotográfica e ações de saúde acontecem na AL na próxima semana.

Exposição fotográfica e ações de saúde acontecem na AL na próxima semana.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Entre os dias 25 e 27 de outubro a Assembleia Legislativa promove uma série de eventos em alusão ao Outubro Rosa e Dia do Servidor Público. A programação está composta por palestra e ação na área de saúde, exposição fotográfica e um momento de confraternização, valorizando os serviços oferecidos pela Casa.

A exposição “181 Anos da Assembleia Legislativa do RN” será lançada no dia 25 e permanecerá aberta ao público até o dia 27 no Memorial do Legislativo Potiguar. A exposição é formada por fotografias, documentos, objetos, quadros e outros itens que contam a história do legislativo potiguar.

Também no dia 25, a partir das 9h, na sala de videoconferência, uma estação anti-estresse vai atender os servidores da Assembleia Legislativa oferecendo reiki, reflexologia sônica e cromoterápica, aromaterapia, shiatsu e outros equipamentos de destencionamento somático.

Para a quarta-feira, 26, está programada a palestra “Saúde Feminina – Soluções Contemporâneas, ministrada pela drª Adriene M. da Costa Ferreira, no auditório Cortez Pereira. O evento vai contar com a participação da servidora Ester Emereciano, que vai dar um depoimento sobre a sua superação ao câncer de mama.

A programação da semana será encerrada na quinta-feira (25), às 9h com ato ecumênico no auditório, seguido por um café da manhã de confraternização no Salão Nobre da Assembleia Legislativa.

Postado às 14h10 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Presidente da Assembleia encaminha moção em prol da vaquejada ao STF.

Presidente da Assembleia encaminha moção em prol da vaquejada ao STF.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), apresentou moção em prol da vaquejada. O documento, que será encaminhado à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármem Lúcia, destaca a importância econômica e cultural da prática esportiva e ressalta o regulamento vigente em todos os eventos voltado para o bem estar do animal, impedindo qualquer tipo de violência.

“A vaquejada é raiz da nossa história, além de um grande gerador de emprego e renda para a região Nordeste. Essa tradicional festa não pode receber a acusação de torturar e infligir maus-tratos a animais, como acontecia em outras festividades populares. A vaquejada é uma modalidade esportiva própria da vida rural que, a exemplo do hipismo e do turfe, envolve participação conjunta do homem, ou mulher, e do animal”, justifica.

O movimento recebeu apoio oficial do presidente da Assembleia em reunião realizada na Casa no dia 11 de outubro com a presença de um grande número de deputados, criadores, representantes de associações relacionadas às vaquejadas e prefeitos. Na mesma ocasião foi indicada a elaboração de Projeto de Lei em caráter de urgência para reconhecer a vaquejada como elemento pertencente ao patrimônio cultural do Estado e a regulamentar como atividade esportiva.

A moção apresentada por Ezequiel Ferreira destaca o aprimoramento disciplinar e organizacional adotado para a realização das vaquejadas, observados desde a programação, controle oficial, organização econômica e disciplina regulamentar, até a proteção da saúde e do bem-estar dos animais envolvidos no desporto.

Entre os itens disciplinadores estão a licença prévia e autorização da Administração Pública competente, onde são apresentadas e registradas as regras que tratam da escolha, tipificação, alojamento, alimentação e tratamento dos animais, e que todos esses sejam adequadamente preparados, e, ainda, com estipulação da raça, idade, condições de sanidade, bem como as regras, práticas recomendadas e toleradas para a realização do espetáculo, com a proibição de qualquer forma de maus-tratos.

“Ao contrário do que afirmam leigos sobre as regras das vaquejadas organizadas por associações de vaqueiros, não há maus tratos aos animais envolvidos no evento. Atualmente todos os animais são acompanhados por médicos veterinários e todos os eventos possuem um regulamento voltado para o bem estar do animal”, destaca Ezequiel Ferreira.

Sobre os itens que asseguram o bem estar do animal, a moção destaca o uso obrigatório de protetor de cauda para não machucar o rabo dos bois; os cavalos não podem ter lesões, sob pena de desclassificação; o vaqueiro não pode chicotear o animal e nem usar objetos perfurantes; o boi só pode ser tocado no protetor; água e alimentação são disponibilizados para o boi e várias outras regras.

Consequências

A Associação dos Vaqueiros Amadores do Rio Grande do Norte (Assovarn) estima que, havendo o fim das vaquejadas, mais de 20 mil pessoas fiquem desempregadas, representando uma redução de algo em torno de R$ 30 milhões injetados mensalmente na economia local só de salários.

Serão mais de 20 mil famílias sem uma fonte de renda. Levando em consideração clínicas, lojas de ração e medicamentos veterinários, leilões, indústria têxtil e todos os profissionais envolvidos na logística, transporte, infraestrutura e operacional.

Pelos cálculos da Associação dos Vaqueiros Amadores do Rio Grande do Norte, ainda em fase de levantamento, já é possível estimar que a cadeia econômica da vaquejada gere mais de 60 mil empregos indiretos somente no Rio Grande do Norte. No Nordeste, os empregos gerados de forma direta passam de 200 mil e os de forma indireta 600 mil.

Postado às 14h10 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Presidente da Assembleia recebe entidades do Fórum Estadual de Segurança Pública.

Presidente da Assembleia recebe entidades do Fórum Estadual de Segurança Pública.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

O atraso de salários e o corte no orçamento nos setores de Segurança Pública foram os temas de uma reunião entre o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), e integrantes dos sindicatos que integram o Fórum Estadual de Segurança Pública, nesta quarta-feira (19), na presidência da Casa Legislativa.

“As entidades buscam no Poder Legislativo a intermediação das negociações junto ao Governo do RN para que ocorra no mínimo o encurtamento no atraso dos salários das categorias da segurança, que atualmente chega a um mês. E, também, querem discutir o orçamento de 2017 de modo que as entidades não sejam sacrificadas com cortes que impossibilitem o andamento do sistema de segurança pública do Estado”, relatou o presidente Ezequiel Ferreira.

A reunião contou com a participação do deputado Fernando Mineiro (PT) que enfatizou a necessidade da regularização dos salários dos servidores da Polícia Civil, Polícia Militar, Itep e Corpo de Bombeiros. “Bem como promover reuniões específicas na Assembleia para as temáticas da segurança. Na Comissão de Finanças e Fiscalização temos que debater o orçamento de 2017 e na Comissão Especial de Segurança Pública que o Fórum Estadual da Segurança Pública seja ouvido para que sugestões sejam apresentadas ao relatório de análise da crise no setor”, disse o deputado.

Ao longo da reunião também participou do encontro da deputada Márcia Maia (PSDB) que externou sua preocupação com possíveis cortes orçamentários para a Segurança Pública.

Integram o Fórum a Associação dos Delegados da Polícia Civil (ADEPOL), Sindicado dos Policiais Civis (SINPOL), Associação dos Subtenentes e Sargentos da PM, Associação dos Bombeiros Militares e Associação dos Escrivães de Polícia Civil.

A presidente da ADEPOL, delegada Ana Cláudia, conclamou os deputados para que façam a mediação junto ao Poder Executivo para que os salários sejam colocados em dia. “Na sexta-feira (21) teremos um dia de mobilização e vamos entregar ao Governo, Poder Judiciário e ao Poder Legislativo um documentos com sugestões do fórum para que se encontre caminhos de superação desta crise”, salientou.

Paulo César de Macedo, presidente do Sinpol-RN, destacou seu descontentamento com o Governo do RN que na sexta-feira (14), em mesa de negociação, assegurou o pagamento das categorias para a segunda-feira (17) e no sábado (15) o secretário de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira, disse justamente o contrário. “O que o governo prometeu não aconteceu. E na terça-feira (18) se anunciou o pagamento de quem ganha até R$ 5 mil até dia 21 e só no dia 29 o restante”, disse.

Postado às 07h10 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Escola da Assembleia recebe crianças especiais na 4ª edição do projeto Convite à Cultura. (Foto: Eduardo Maia).

Escola da Assembleia recebe crianças especiais na 4ª edição do projeto Convite à Cultura. (Foto: Eduardo Maia).

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

A Escola da Assembleia promove nesta quarta-feira (19), a partir das 9h30, a 4ª edição do projeto ‘Convite à Cultura’, que contará com a participação de 30 crianças especiais beneficiadas pela metodologia inclusiva da Escola Madre Fitzbach, gerida pela Associação de Orientação aos Deficientes – ADOTE/RN.

O projeto, lançado em julho passado, tem o propósito de levar à comunidade as diversas possibilidades da cultura potiguar e proporcionar aos portadores de deficiências a inclusão social através das artes. Como atração da 4ª edição, o projeto terá a apresentação do músico potiguar Carlos Zens e dos alunos concluintes da primeira turma do curso de Música oferecido pela Escola da Assembleia.

Em sua edição de estreia o projeto homenageou o folclorista, historiador e poeta potiguar Deífilo Gurgel, no mês do escritor. Em agosto a edição contemplou a participação do Coral da Assembleia, que interpretou clássicos do cancioneiro popular brasileiro. No mês de setembro, dedicado ao teatro, o projeto prestou homenagem, in memoriam, ao ator, diretor e produtor potiguar Jesiel Figueiredo, além da apresentação da primeira turma de teatro da Escola da Assembleia, fruto dos convênios firmados com as câmaras municipais do Estado.

Serviço:
Evento: 4ª edição do Projeto Convite à Cultura
Local: Escola da Assembleia
Dia: 19/10
Horário: 9h30

Postado às 07h10 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Assembleia Legislativa discute com sociedade mudanças na Lei Câmara Cascudo.

Assembleia Legislativa discute com sociedade mudanças na Lei Câmara Cascudo.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

A Lei estadual nº 7.799/99, a chamada Lei Câmara Cascudo, foi tema de discussão na tarde desta terça-feira (18), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Proposta pelo deputado Hermano Morais (PMDB), a audiência pública reuniu representantes do Poder Público e membros da área cultural potiguar para discutir o aperfeiçoamento da principal lei de incentivo à produção cultural no estado. Entre as propostas, os participantes solicitaram mais incentivos para que as empresas participem em projetos em Natal e também no interior potiguar.

“Sem dúvida, essa lei é importantíssima para a cultura no Rio Grande do Norte e é por isso que esse debate é tão importante”, disse o deputado Hermano Morais.

Criada entre 1999 e 2000 para fomentar a cultura no Rio Grande do Norte, a Lei Câmara Cascudo concede abatimento do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços (ICMS) à empresa situada no estado que apoiar financeiramente projetos culturais. Os projetos precisam ser aprovados previamente por uma comissão e o valor pago pelo Poder Público ao projeto é de, no máximo, 2% do valor do imposto a recolher na empresa, não podendo exceder a 80% do valor total do projeto a ser incentivado.

Além dessa norma, a lei também determina que a empresa que tiver a isenção contribua com recursos próprios no valor mínimo de 20% do custo total da sua participação no projeto. A verba total do projeto deve estar prevista dentro dos valores destinados anualmente pelo Governo do Estado para o fundo específico para a lei, que busca incentivar desde projetos de artes cênicas, plásticas, cinema música e fotografia, além ações literárias, de artesanato, folclore, tradições populares.

Apesar de ser considerada uma das principais incentivadoras da cultura potiguar, os participantes da audiência trataram sobre possíveis formas de aperfeiçoar a lei. A diretora da Fundação José Augusto, Isaura Rosado, disse que é preciso um incentivo maior para que as empresas busquem participar do fomento à cultura e também formas de desburocratizar o acesso ao benefício.

“Não foram poucas as vezes em que estávamos com bons projetos, mas que recebemos não de todas as empresas nas quais batemos a porta”, disse Isaura Rosado.

Sobre os valores, os participantes da audiência disseram que é preciso se discutir se o Governo não tem condições de se tornar incentivador de 100% da lei, e não dos 80% atuais, assim como também aumentar o percentual máximo para a isenção das empresas, fazendo um escalonamento no percentual (atualmente de 2% do impostos a recolher) de acordo com o tamanho e faturamento do incentivador. Para o interior, foi sugerido também uma discussão sobre valor diferenciado, como forma de levar cultura às demais cidades potiguares.

Representando o setor de Tributação do Governo, o secretário André Horta respondeu a questionamentos dos presentes. Apesar de afirmar que o Estado considera a lei importante e tem o interesse em discutir o aperfeiçoamento, ele explicou que o fundo destinado ao incentivo está sem os valores previstos para o ano (R$ 6 milhões) devido à crise financeira. Na opinião do secretário, é preciso se melhorar as formas de controle e buscar mais celeridade na liberação da verba controlar.

“Acho que essa análise da lei é um caminho bastante interessante, congregando pessoas de todas as áreas. A formação de uma comissão que defina o direcionamento das cotas às áreas beneficiadas, é algo que concordo. O dinheiro é do povo, precisa ser usado de maneira adequada e tem que ser democratizado”, disse Horta.

No entendimento do propositor da audiência, deputado Hermano Morais, é preciso que os interessados formulem as sugestões para que na atualização da lei, ocorra o real aperfeiçoamento da norma em vigor.

“O objetivo da audiência foi alcançado e vamos continuar nessa luta porque a cultura potiguar merece sempre mais investimentos. Parabéns aos que insistem e persistem em fazer a cultura do povo do Rio Grande do Norte”, parabenizou o deputado.

Postado às 07h10 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Governo apresenta sugestões para emendas parlamentares no total de R$ 426,5 milhões. (Foto: Estela Dantas).

Governo apresenta sugestões para emendas parlamentares no total de R$ 426,5 milhões. (Foto: Estela Dantas).

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

O governo do Estado levou à Brasília uma carteira sugestiva com 13 propostas de emendas parlamentares para serem incluídas ao Orçamento Geral da União (OGU) 2017.  As sugestões apresentadas na tarde desta terça-feira, 18, na Câmara dos Deputados, contemplam os setores de Saúde, Segurança, Recursos Hídricos e Assistência Social, totalizando R$ 426,5 milhões.

Uma nova reunião será realizada amanhã, 19, para definir quais emendas serão acatadas pela bancada federal. “Aproveitamos esta reunião para trazer os problemas essenciais que mais afligem a população do Rio Grande do Norte”, assinalou Robinson.

Nas listas de projetos, estão a construção e reforma de unidades prisionais, a implantação do Programa Transporte Cidadão na Região Metropolitana de Natal, o aparelhamento e reforma de Unidades Públicas de Saúde e a implantação de sistemas de Abastecimento de Água na área de abrangência do Projeto de Integração do Rio São Francisco, entre outras.

UNIÃO DE FORÇAS

Aproveitando o encontro com a bancada, o governador Robinson Faria propôs aos parlamentares uma pactuação política pelo Rio Grande do Norte. “Fiz aqui um convite para uma reunião. Pedi um desarmamento político, um pacto de estado em torno da difícil situação financeira do RN”, afirmou Robinson.

O governador ainda lembrou que a frustração de repasses federais já soma R$ 1 bilhão, o que tem comprometido custeio, folha de pessoal e investimentos. “O Nordeste inteiro está perdendo sua batalha política com a União. Nossa região hoje está sendo descriminada. O Governo Federal atendeu os estados que mais deviam à união e não atendeu aos estados que não deviam, como é o nosso caso”, disse.

 

Postado às 16h10 CarnatalPlantão Nenhum comentário
Carnatal 2016 – tem promoção -  Bloco Largadinho.

Carnatal 2016 – tem promoção – Bloco Largadinho.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Olha só, se liga no babado. O SEGUNDO LOTE DO LARGADINHO VAI VIRAR! E é dia 23 de outubro. CORRA E GARANTA JÁ O SEU!! #Carnatal26

Postado às 16h10 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Assembleia homenageia potiguares que participaram das Paralimpíadas.

Assembleia homenageia potiguares que participaram das Paralimpíadas.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

A Assembleia Legislativa homenageou nesta segunda-feira (17) os potiguares que participaram dos jogos paralímpicos de 2016, em setembro, no Rio de Janeiro. A solenidade foi proposta pela deputada Cristiane Dantas (PCdoB) e reuniu parlamentares, representantes de entidades esportivas ligadas à pessoa com deficiência e familiares dos paratletas homenageados.

“Temos aqui representantes com as mais variadas deficiências. Mas nada disso tem sido capaz de detê-los. Hoje o sentimento, não somente meu, como certamente de todos os Norte-riograndenses, é de gratidão e orgulho”, disse Cristiane.

Nas Paralimpíadas 2016, o Rio Grande do Norte foi o terceiro Estado que mais conquistou medalhas para a delegação brasileira. Ao todo, o RN conquistou nove medalhas, sendo seis delas por meio de atletas que iniciaram no esporte em terras potiguares.

Durante a solenidade, Cristiane Dantas destacou a necessidade de maior apoio do Poder Público aos paratletas. “Homenagear a todos é pouco diante de todo esforço que fazem para chegar a uma Paralimpíada, enfrentando a falta de incentivos e patrocínio. É preciso mais reconhecimento e investimento para que não seja mais necessário que nossos melhores atletas deixem o Rio Grande do Norte em busca de apoio na carreira”, observou.

Em nome dos treze homenageados, o paratleta Adriano Gomes agradeceu a honraria e também cobrou maior atenção do poder público com os atletas. “O RN sempre foi um celeiro de atletas palímpicos. As pessoas com deficiência são capazes, desde que lhes sejam dadas oportunidades. E é isso que o esporte faz. O esporte palímpico precisa ser valorizado. O meu objetivo foi cumprido, mas espero que os atletas que estão iniciando não sejam esquecidos”, declarou o nadador.

Na oportunidade, a deputada Márcia Maia (PSDB), autora do projeto Bolsa Atleta, fez um novo apelo ao Governo do Estado solicitando a regulamentação da proposta. O deputado Hermano Morais (PMDB) e o vice-governador do Estado, Fábio Dantas (PCdoB) também acompanharam a sessão e parabenizaram os homenageados pela participação nos jogos.

Além dos paratletas, a solenidade homenageou os integrantes da delegação médica que acompanhou os potiguares nas Paralimpíadas, comandada pelo médico Roberto Vital. “Os bons resultados alcançados nos jogos paralímpicos de 2016 são fruto de um longo planejamento. Agradecemos a homenagem oferecida pela Casa e lembro que é importante fomentar o esporte para que nossa delegação de paratletas não encolha”, falou Vital.

Paratletas homenageados

Abner Nascimento de Oliveira – Judô
Adriano Gomes de Lima – Natação
Ana Raquel M. Batista Lins – Triatlo
Arthur Cavalcante da Silva – Judô
Clodoaldo F. da Silva Correa – Natação
Cecilia kethlen Jerônimo de Araújo – Natação
Edenia Nogueira Garcia – Natação
Halyson Oliveira Boto – Judô
Joana Maria J. da Silva N. Euzébio – Natação
Rildene Fonseca Firmino – Natação
Romário Diego Marques – GoallBall
Thalita Vitória S. da Silva – Atletismo
Terezinha Mulato dos Santos – Halterofilismo

Página 161 de 249« Primeira...102030...159160161162163...170180190...Última »