Marca Maxmeio

Postado às 20h01 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Terremoto que devastou o Haiti completa nove anos na próxima semana – (Foto: Marcello Casal Jr./Arquivo/Agência Brasil).

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Uma campanha de financiamento coletivo busca dar um passo decisivo para tirar do papel um projeto de extensão desenvolvido na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) voltado para a construção de moradias populares no Haiti. O objetivo é arrecadar recursos para iniciar as obras de uma pequena comunidade que abrigaria inicialmente 15 famílias da cidade de Duchity, situada em uma região afetada pelo terremoto de 2010 e pelo furacão Matthew, em 2016.

A iniciativa é do engenheiro Jac-Ssone Alerte, que nasceu em Duchity, a oeste da capital haitiana, Porto Príncipe, vive no Brasil desde 2008 e é formado na UFRJ. “É uma satisfação grande ver o projeto saindo do papel.” Jac-Ssone diz que, um jovem engenheiro como ele, tem que se preocupar e colaborar com sua comunidade. “Não sabemos os desafios de amanhã, mas o que está ao nosso alcance hoje é iniiar início a esse projeto. Transformar o local onde eu nasci e me sentir útil.”

A proposta de Jac-Ssone é aplicar, em regime de mutirão, a técnica solo-cimento, que vem sendo estudada há alguns anos por pesquisadores da UFRJ como uma alternativa a métodos convencionais empregados pela indústria da construção civil. A técnica é sustentável e de baixo custo.

Com duração de 60 dias, a campanha para arrecadar recursos tem duração de 60 dias, começou no dia 13 do mês passado e se encerra em 10 de fevereiro. A meta é levantar R$ 45 mil, total estimado para compra de uma máquina para fabricar tijolo solo-cimento e construção da primeira casa. Até , agora, porém, apenas 16% foram arrecadados – cerca de R$7 mil. A campanha é realizada na modalidade “tudo ou nada”, o que significa que, se a meta não for alcançada, o dinheiro será devolvido aos doadores.

Para Jac-Ssone, a iniciaitva pode ser exemplo para qualquer lugar do mundo. “Eu acredito no potencial de colaboração das pessoas. Se não conseguir a arrecadação, ainda não sei qual será o plano B”, afirma o engenheiro.

As doações são feitas pela internet, e os colaboradores poderão receber brindes como camisetas e chaveiros, além de ter o nome gravado em um tijolo da “parede dos doadores”, que será erguida na comunidade.

Os contribuintes ganharão ainda uma cópia digital do livro (Re)construindo um Sonho, que Jac-Ssone lançou no ano passado para apresentar suas ideias e contar sua história. Os recursos arrecadados com a venda dos livros impressos também estão destinados ao projeto.

Famílias desabrigadas

Em janeiro do ano passado, Jac-Ssone disse à Agência Brasil que o projeto de extensão prevê a construção da Village Marie no bairro de Don de L’Amitié, onde ele viveu. Segundoo Jac-Ssone, o nome da comunidade é uma homenagem à sua mãe. O terreno já foi adquirido e os beneficiários, selecionados com base em perfis socioeconômicos. São famílias desabrigadas em decorrência do furacão Matthew.

O plano urbanístico prevê ainda a construção de posto de saúde, escola e de uma área voltada para o comércio. Dessa forma, além das 15 famílias que serão assentadas, os demais moradores do bairro de Don de L’amitié serão beneficiados. Atualmente, eles sofrem com a carência de equipamentos públicos e com a inexistência de saneamento básico e de um sistema amplo de distribuição de energia, diz o engenheiro haitiano.

De acordo com Jac-Ssone, os imóveis serão seguros e resistentes a tremores e ventos fortes. A iniciativa tem ainda o objetifo de chamar a atenção para a necessidade de melhorar as políticas habitacionais no Haiti.

O engenheiro lembrou que o impacto das tragédias ambientais é otencializado pela frágil estrutura das edificações no país. O terremoto de 2010, que completa nove anos na próxima semana, atingiu 7 graus na escala Richter e causou a morte de cerca de 200 mil mortos. Já o furacão Matthew provocou mais de mil mortes em 2016.

Fonte: Agência Brasil

Postado às 19h01 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Maduro faz discurso da janela do palácio e diz que se manterá no poder. (Agência venezuelana de notícias)

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi hoje (23) para a janela do Palácio Miraflores, sede do governo, em Caracas, acompanhado da mulher e assessores, para discursar para manifestantes favoráveis a ele que cercavam o edifício. O venezuelano disse que se manterá no poder e resistente ao que chamou de tentativa de golpe e batalha contra a guerra econômica. Ele segurou uma bandeira da Venezuela em tamanho grande.

Com um discurso emocional, Maduro ressaltou que foi eleito legitimamente e anunciou o rompimento das relações políticas e econômicas com os Estados Unidos. “Governar cada vez mais das ruas e perto do povo para resolver todos os assuntos”, disse. “Peço a todos, vamos fortalecer a legitimidade e o poder do Estado em defesa da paz e da democracia venezuelana.”

O discurso de Maduro ocorreu pouco depois de o deputado federal Juan Guaidó se declarar presidente interino da Venezuela. Guaidó fez o juramento de promover eleições e trabalhar pela queda de Maduro durante as manifestações de hoje em Caracas. Pelo terceiro dia consecutivo, a Venezuela vive sob a tensão de protestos contra Maduro.

Diante da pressão, Maduro convocou seus simpatizantes a sair às ruas. A palavra de ordem dita pelo presidente venezuelano foi: “Leais sempre, traidores nunca”. Ele relembrou sua história política. “Eu me formei nos bairros de Caracas e nas assembleias de trabalhadores”, disse Maduro numa referência indireta a Guaidó que tem dois cursos superiores e pós-graduação.

EUA

Maduro avisou que o governo da Venezuela estava rompendo as relações diplomáticas e políticas com o governo dos Estados Unidos. “Por estar em curso um plano golpista [contra o nosso] país.” O presidente norte-americano, Donald Trump, foi um dos primeiros líderes estrangeiros a reconhecer Guaidó como presidente interino.

O presidente venezuelano aproveitou para atacar o governo do Equador, comando por Lenín Moreno. Segundo ele, o país promove ações de discriminação contra os imigrantes venezuelanos que buscam refúgio na região. Ele o atacou com vários adjetivos.

No discurso, Maduro chamou o povo venezuelano a manter a mobilização para defender a ameaça de golpe. Ele criticou o que chama de “invisibilização do povo bolivariano” pelos meios de comunicação do país e internacionais.

“O povo é o único que elege presidente na Venezuela. Só o povo pode, só o povo tira. Não queremos voltar ao século 20 de golpes de Estado. O povo venezuelano diz não ao golpismo”.

Fonte: Agência Brasil

Postado às 19h01 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Guaidó faz juramento e diz ser presidente em exercício da Venezuela. (Foto: Carlos Garcia Rawlins/Agência Brasil).

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Manifestantes saíram às ruas hoje (23) de Caracas e das principais cidades da Venezuela no terceiro dia de protestos contra o presidente venezuelano, Nicolás Maduro. A convocação foi feita pelo presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, o Parlamento do país, o deputado Juan Guaidó. Ele se declarou presidente da República em exercício e jurou em nome de Deus.

Apontado como principal líder da oposição, Guaidó fez o juramento comprometendo-se a assumir o poder interinamente e promover eleições gerais. O juramento foi feito durante um protesto contra o governo Maduro em Caracas.

“Hoje, 23 de janeiro de 2019, em minha condição de presidente da Assembleia Nacional, ante Deus todo-poderoso e a Venezuela, juro assumir formalmente as competências do Executivo nacional como presidente em exercício da Venezuela.”

Antes do juramento, Guaidó reiterou a promessa de anistia aos militares que abandonarem Maduro e apelou para que fiquem “do lado do povo”. Segundo ele, é preciso reagir à “usurpação” do poder por parte do presidente da República, instaurar o governo de transição e eleições livres.

Protestos

Nas ruas, organizações não governamentais, como Observatório Venezuelano de Conitividade Social (OVCS), denunciam violência e confrontos entre manifestantes e forças policiais. Segundo a OVCS, um adolescentes de 16 anos foi baleado em um dos protestos.

“Condenamos o assassinato do jovem Alixon Pizani [16] por ferimentos a bala durante uma manifestação em Catia, Caracas”, informou o OVCS em sua conta no Twitter.

Ontem houve vários protestos contra Maduro nas ruas de Caracas e região. Imagens divulgadas pelas entidades civis organizadas mostram embates entre manifestantes e agentes do Estado, barricadas nas ruas e uso de coquetel Molotov.

ONU

O porta-voz da Organização das Nações Unidas (ONU), Farhan Haq, disse hoje que a entidade acompanha de perto os desdobramentos da crise na Venezuela e as manifestações. Ele disse que a entidade rechaça qualquer tipo de violência e aguarda pelo avanço de negociações.

Fonte: Agência Brasil

Postado às 11h01 CidadePlantão Nenhum comentário

Coomapp fecha parceria com órgãos de segurança do RN.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Na manhã de hoje (22.01) a Coomapp (Cooperativa de Mobilidades por Aplicativo) esteve reunida através de seus representantes, Wendell Xavier – Presidente e Heyder Macedo – Assessor de Comunicação, com as autoridades da área de segurança do RN.
Na primeira parte da reunião estiveram com o Coronel Alarico, Comandante Geral da PM e o Coronel Marinho – Chefe de Operações do Comando de Policiamento Metropolitano e logo em seguida com o Coronel Macedo, Diretor do CIOSP (Centro Integrado de Operações de Segurança).
A reunião teve por motivo a implantação do SIAPI –Sistema de inteligência de alarme e pânico para aplicativos, numa parceria entre a cooperativa e os órgãos de segurança do RN, visando assim dar melhor qualidade de atendimento ao usuário dos aplicativos e mais segurança tanto ao motorista quanto ao cliente.

Postado às 08h01 CidadePlantão Nenhum comentário

Governo discute com FGV medidas para elevar índice de qualidade na Educação. (Foto: Elisa Else).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A governadora Fátima Bezerra reuniu, nesta terça-feira, 22, a equipe da Secretaria de Educação e diretores da Fundação Getúlio Vargas – FGV para tratar de medidas para otimizar a gestão dos recursos financeiros específicos. “Precisamos melhorar os índices da Educação promovendo ações de atenção a professores e alunos e à comunidade escolar. São ações que resultarão não só em melhorias no ensino, mas também na cidadania e na segurança pública”, afirmou a chefe do Executivo.

Diretor do Centro de Gestão Educacional da FGV, Henrique Paim disse que a instituição atua para aperfeiçoar ações na aplicação de recursos para as demandas do ensino médio. E acrescentou: “visamos o acompanhamento de escolas, professores e alunos, de forma que todos passem a ter a atenção necessária, tanto no campo pedagógico como no campo estrutural, para elevar os índices de qualidade. Temos trabalho realizado nos estados do Piauí e Ceará que efetivamente passaram a ter educação com melhores índices de avaliação”, explicou Paim.

O secretário de Estado da Educação Getúlio Marques afirmou que a FGV pode contribuir para a formulação de políticas públicas para atender alunos e escolas que enfrentam dificuldades reforçando iniciativas que venham a consolidar um sistema de gestão voltado para a aprendizagem. Neste sentido o RN deverá adotar medidas de acompanhamento de alunos com problemas de aprendizagem, atenção maior aos professores e diretores, e dotar as escolas de melhor estrutura para o ensino. “Tudo isso irá se traduzir em melhores índices na educação, vez que os alunos terão acompanhamento específico e professores e escolas poderão contar com investimentos para suas necessidades”, informou Getúlio.

Postado às 09h01 CulturaPlantão Nenhum comentário

Matrículas abertas para cursos gratuitos de Informática e preparatório para o Enem 2019.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Estão abertas as inscrições para os cursos gratuitos de Informática Básica e Avançada e o Cursinho Preparatório para o Enem 2019 – projeto social que funciona há 18 anos e conta com o apoio do mandato da vereadora Ana Paula. As matrículas iniciam nesta terça-feira (22) e serão realizadas pelo telefone (84) 3232-8828, das 8h30 às 12h00, ou presencialmente no gabinete da vereadora Ana Paula, localizado na Câmara Municipal de Natal.

Chegando ao 18º ano as aulas do cursinho preparatório para o Enem começam no dia 16 de fevereiro, acontecem aos sábados das 14h às 17h, com todas as disciplinas e os melhores professores da cidade especializados na preparação para o ingresso em instituições de nível superior. O material é totalmente gratuito e as aulas serão realizadas até a véspera das provas do Enem.

Os cursos de Informática Básica e Avançada serão oferecidos em duas turmas: turma Básica – windows, word, power point e internet – com aulas ministradas nas terças e quintas-feiras; e a turma Avançada – Excel – aos sábados. Todo o material é gratuito e as aulas acontecem nos laboratórios de informática com salas climatizadas e computadores novos.

Na edição de 2018, mais de 1.200 pessoas receberam o certificado de qualificação profissional, e mais de 800 alunos se preparam para o Enem. O trabalho voltado para a educação recebe o apoio da vereadora Ana Paula pelo segundo ano consecutivo e vem sendo oferecido há 18 anos à população de Natal e região metropolitana “Tenho compromisso com a educação e inclusão digital, e os cursos são voltados para as pessoas mais carentes, meu objetivo é continuar um trabalho que oferece uma formação gratuita e eficaz”, disse Ana Paula.

Postado às 09h01 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Governo reúne gestores para implementar medidas de redução de gastos. (Foto: Elisa Else).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Após encontro com a bancada federal, na manhã desta segunda-feira (21), para garantir apoio na busca por recursos extras, a governadora Fátima Bezerra se reuniu à tarde com o Comitê de Gestão e Eficiência para tratar da redução de despesas na gestão pública.

“É fundamental o envolvimento e o desempenho de todos e todas aqui presentes, pois é responsabilidade de vocês aplicarem essas medidas para que o Plano de Recuperação Fiscal tenha resultado no corte de despesas e possamos restabelecer o equilíbrio financeiro do Estado”, destacou a chefe do Executivo estadual.

Direcionada aos representantes da administração direta e indireta do Estado, o encontro foi apresentado por integrantes da equipe do Comitê e teve como objetivo expor as diretrizes necessárias para implantação das medidas de contenção de gastos com base no Plano de Recuperação Fiscal, estipulando prazos para cumprimento de metas.

Na ocasião, foi feita uma explanação sobre o cenário fiscal do Estado e as orientações instituídas nos decretos que constituem o Plano. “Este é um momento para tirarmos muitas das dúvidas referente às ações que irão gerar os resultados esperados. Temos consciência de que essas medidas exigem um período mais longo para que as coisas entrem nos eixos, mas temos que estabelecer as obrigações de cada gestão em cada órgão”, complementou o controlador geral do Estado Pedro Lopes ao enfatizar que a primeira meta é reduzir os custos sem perder a qualidade do serviço público.

Postado às 08h01 CidadePlantão Nenhum comentário

Governo trata junto ao TJ da implementação das medidas do Plano de Recuperação Fiscal. (Foto: Demis Roussos).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A governadora Fátima Bezerra se reuniu nesta sexta-feira, 18, com o presidente e diretores do TJRN visando a implementação de medidas contidas no Plano de Recuperação Fiscal elaborado pela atual gestão.

Acompanhada pelo vice-governador, Antenor Roberto e pelos secretários e auxiliares das áreas econômica e jurídica, a governadora tratou sobre a judicialização na área da Saúde, da dívida ativa e do pagamento de precatórios. Na reunião ficou decidido que a administração estadual passará a ter representante no Comitê de Monitoramento da Saúde do TJ e a criação de uma câmara técnica para questões tributárias.

Fátima Bezerra explicou que o Governo está adotando medidas para restabelecer o equilíbrio financeiro e a equidade na economia. “Enfrentamos uma gravíssima crise financeira. É preciso decisão e empenho para vencê-la. É isso que estamos fazendo e estamos aqui para formalizar parcerias”, afirmou Fátima Bezerra, para acrescentar que “o Estado deve prestar serviços com eficiência e economicidade”.

O vice-governador Antenor Roberto disse que a administração estadual “está iniciando um novo regime de relações com o Judiciário buscando melhorar a eficiência da gestão”.

O presidente do TJ, desembargador João Rebouças, foi enfático ao dizer que “o Judiciário está pronto para colaborar com o Executivo para a recuperação fiscal e financeira e para superar os momentos difíceis que a administração vem enfrentando”. Também participaram da reunião os desembargadores Dilermando Mota, Virgílio Macedo, Amilcar Maia.

Postado às 07h01 CidadePlantão Nenhum comentário

Câmeras da Prefeitura de São Gonçalo ajudam a inibir ação criminosa.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Central de Monitoramento da Prefeitura Municipal de São Gonçalo/RN, na Grande Natal, ajudou a inibir uma ação criminosa no município nesta quinta-feira (17). Câmeras de alta tecnologia instaladas em pontos estratégicos da cidade estão auxiliando no combate ao crime.

De acordo com o guarda municipal que monitorava as câmeras no momento do ocorrido, três suspeitos portando arma de fogo, paravam motoqueiros que trafegavam no bairro Regomoleiro, uma vítima inclusive foi atingida.

Ao identificar a ocorrência, a Central de São Gonçalo imediatamente acionou o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). “Os policiais conseguiram recuperar três motos roubadas e libertar os proprietários que tinham sido colocados dentro do matagal. Os bandidos evadiram do local, assim que viram a PM”, disse Carvalho.

Postado às 10h01 CulturaPlantão Nenhum comentário

Consolidada como importante evento para promoção e comercialização do artesanato, Fiart 2019 investe em mais entretenimento. (Foto: Elisa Elsi).

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

A maior e mais tradicional feira para promoção do artesanato no Rio Grande do Norte, a 24ª Feira Internacional de Artesanato – Fiart –, será realizada no novo pavilhão do Centro de Convenções de Natal, na Via Costeira, no período de 25 de janeiro a 3 de fevereiro.  O lançamento do evento aconteceu nesta quinta-feira (17) e contou com a participação da governadora Fátima Bezerra, secretários estaduais e municipais, representantes de entidades ligadas ao artesanato e ao turismo, representantes do Sebrae e artesãos.

O idealizador e organizador da Fiart, Neiwaldo Guedes, fez a apresentação da feira, destacando as novidades desse ano, que contará com o Dia das Cidades – para promover os municípios potiguares participantes, especialmente da Grande Natal, por meio da arte e da cultura; minicursos de artesanato, workshops e concurso de fotografias, além de mais entretenimento como espaço kids e gastronômico, com a participação de cervejarias artesanais do Rio Grande do Norte e Fiart Cultural.

A 24ª edição vai reunir um mix de expositores brasileiros e estrangeiros expondo em mais de 300 estandes.

O diretor técnico do Sebrae-RN, João Hélio Cavalcanti, destacou a importância do evento no sentido de dar maior visibilidade ao artesanato nesse período de alta estação quando cidade recebe uma quantidade expressiva de visitantes do país e do mundo. Ressaltou ainda a necessidade de investimento em tecnologia e inovação, que podem garantir ganhos de competitividade e, mais importante, ganhos sociais com o incremento da renda para os artesãos que vivem da atividade. “É um segmento muito importante e que merece toda a atenção, tanto do poder público como da sociedade em geral”, concluiu.

Nesta edição da Fiart 250 artesãos do Rio Grande do Norte vão expor e comercializar o que produzem no estande do Governo do Estado, que apoia a feira por meio da Secretaria Estadual do Trabalho, Habitação e Ação Social – Sethas.  Já o estande da Prefeitura do Natal reunirá 70 artesãos de Natal e grupos da Economia Solidária.

A Governadora Fátima Bezerra reiterou o empenho e dedicação para fazer a atividade avançar e se comprometeu com a implementação da Lei do Artesanato, de 2017, como também em promover parcerias com o Programa de Apoio ao Artesanato Brasileiro.

Ela destacou ainda a importância da atividade para o turismo potiguar.  “O artesanato do RN tem potencial para ser um diferencial de competitividade no turismo, até porque ele traduz a nossa cultura rica e diversificada. Com o apoio de todos, vamos fazer muito pelo nosso artesanato, atividade que também integra a cadeia produtiva do turismo e pelo nosso RN”, afirmou.

Com o tema “Água, terra, fogo e Ar. Dos quatro elementos, o talento cria o futuro”, a próxima Fiart reunirá um mix de expositores brasileiros e estrangeiros expondo em mais de 300 estandes que estarão dispostos por categorias, em salões especiais: Fibra, Madeira, Fios e Tecidos, Cerâmica e Esculturas.

Já consolidada no calendário turístico da cidade no período da alta estação, a Feira reúne expositores de todas as regiões do Brasil e de outros países, gera renda, movimenta a economia local e promove o trabalho dos artesãos, especialmente do artesão potiguar.

O estado do Amazonas estará pela primeira vez na Fiart. Outros estados que já estão confirmados no evento são: Minas Gerais, São Paulo; Paraíba, Pernambuco, Ceará, Goiás, Sergipe, Rio de Janeiro, Pará, Amapá, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, além do Distrito Federal.

A Fiart, além de promover o artesanato local, nacional e internacional e fomentar negócios para a cadeia produtiva do setor, é também um espaço para lazer e entretenimento, pois conta com praça de alimentação e variada programação artístico-cultural diária, com apresentações de orquestras; danças orientais; rituais indígenas; shows artísticos; mostra de artes circenses e literatura de cordel no Fiart Cultural, além do tradicional Festival de Danças Folclóricas e Parafolclóricas, que está em sua 17ª edição e vai reunir grupos do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Ceará e Paraíba em apresentações de expressões culturais tradicionais da região Nordeste como o Coco de Roda (RN); Caboclinho ( PE)/(RN); Papangus (PE); Maracatu (PE); Xaxado (RN/PB); Araruna (RN); Pastoril de Dona Joaquina (RN); e a Capoeira (RN).

A Fiart, organizada pela Espacial Eventos, é realizada com o apoio do Governo do Estado, Governo Federal, por meio do Programa do Artesanato Brasileiro e do Ministério da Cultura, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do RN – Sebrae – e Prefeitura do Natal. Outras informações e fotos estão disponíveis no site www.feirafiart.com.br

Página 4 de 253« Primeira...23456...102030...Última »