Marca Maxmeio

Postado às 18h11 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Ezequiel propõe barragens submersas para convívio com a estiagem no Seridó.

Ezequiel propõe barragens submersas para convívio com a estiagem no Seridó.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A escassez de água no interior do Rio Grande do Norte segue como uma das principais preocupações da cadeias produtivas do Estado. A seca que atinge o Estado é considerada a mais severa já registrada. Por causa da carência de água, 153 dos 167 municípios do estado estão em calamidade. O último decreto, que já foi renovado nove vezes desde o início da estiagem, foi publicado no dia 19 de setembro e vale por 180 dias. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), solicitou nesta terça-feira (7) a implantação de barragens submersas para beneficiar diversas cidades preparando-as para a possível chegada das chuvas.

Com isto, Ezequiel Ferreira solicitou a diretora-geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (EMATER/RN), Cátia Lopes, a construção de barragens submersas nos municípios do Seridó: Jardim de Piranhas, Santana do Seridó, São Fernando, Timbaúba dos Batistas, Jucurutu, Jardim do Seridó, Serra Negra do Norte, São João do Sabugi, São José do Seridó, Caicó, Ouro Branco, Acari, Bodó, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Cruzeta, Florânia e Santana do Matos. No final de outubro, o deputado Ezequiel já havia solicitado a construção de barragens para Angicos, Pedro Avelino, Carnaubais, Paraú, Campo Grande, Itajá, Triunfo Potiguar e Assu.

Segundo Ezequiel Ferreira, que também preside o Comitê de Ações de Combate a Seca na Assembleia Legislativa, com a possibilidade de uma melhoria nas chuvas para o próximo ano, torna-se de fundamental importância a construção dessas barragens, capazes de captar e armazenar a água da chuva para produção de alimentos por meio da retenção da água que escoa em cima e dentro do solo, vazante artificial temporária na qual o terreno permanece úmido por um período de dois a cinco meses após a época chuvosa, permitindo a plantação mesmo em época de estiagem.

“O pleito tem como objetivo diminuir os efeitos da seca que já ultrapassa o sexto ano seguido no RN. Conviver com a estiagem é aspecto fundamental para o sertanejo. As barragens submersas são uma estratégia de contenção da água de chuva, de modo que possibilita ao homem do campo reter a água no seu terreno por mais tempo evitando o não aproveitamento do período chuvoso”, explica Ezequiel Ferreira.

Postado às 18h11 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Mineiro convoca Assembleia a se posicionar contra mudança de status de refinaria.

Mineiro convoca Assembleia a se posicionar contra mudança de status de refinaria.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O anúncio de mudança de status da Refinaria Clara Camarão, instalada no município de Guamaré, saindo do domínio da diretoria de Refino da Petrobras para a de Distribuição, foi a preocupação apresentada pelo deputado Fernando Mineiro (PT) na sessão desta terça-feira na Assembleia Legislativa. O parlamentar debateu sobre o assunto e convocou a Assembleia Legislativa para se pronunciar contra a decisão da Petrobras.

“A mudança de status da refinaria é, na prática, a diminuição de investimentos da Petrobras no Rio Grande do Norte e a desativação das funções de refino de combustível de aviação”, explicou o deputado Mineiro em seu pronunciamento, lembrando que no ano passado a Petrobras já havia desativado a planta de biocombustível.

O parlamentar convocou a Assembleia a se pronunciar sobre o assunto justificando que o “desinvestimento” provocará em Mossoró o fechamento de pousadas e restaurantes. “Todo mundo fala da influência da Petrobras na cidade”, ressaltou o deputado, preocupado com a medida adotada pelo Governo Temer, reduzindo o papel da empresa no Rio Grande do Norte.
Politicamente, para Mineiro, “o governo ilegítimo tem o apoio da maioria da bancada federal do Rio Grande do Norte que está fazendo cara de paisagem para esse retrocesso”. Mineiro também convocou a sociedade a cobrar da bancada federal que, para ele, está “alheia” a esses acontecimentos.

Em aparte a deputada Larissa Rosado (PSB) afirmou que na semana passada cobrou informações da Petrobras sobre o “desinvestimento” que faz a Clara Camarão perder o status de refinaria e passar a ser apenas um ativo da Petrobras. A deputada criticou o leilão de poços maduros, ressaltando que empresas pequenas não terão acesso, beneficiando somente grandes multinacionais, com suporte necessário para adquirir os poços. “Se hoje estamos assistindo esse desinvestimento com os leilões de poços maduros, podemos assistir depois a um leilão da refinaria?”, questionou Larissa.

A deputada Márcia Maia (PSDB) também aparteou o discurso de Mineiro, lembrando que a refinaria Clara Camarão foi inaugurada no governo Wilma de Faria, e que a história da empresa consta hoje do Memorial criado em homenagem à ex-governadora. “É um absurdo o que está acontecendo aqui; uma refinaria no Ceará tem menor porte e não perdeu status”, criticou Márcia.

Postado às 18h11 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Com emendas, CCJ aprova projeto de lei de ingresso de policiais militares. (Foto: João Gilberto).

Com emendas, CCJ aprova projeto
de lei de ingresso de policiais militares. (Foto: João Gilberto).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Com emendas modificativas, incluídas no relatório da deputada Márcia Maia (PSDB), no projeto original encaminhado pelo Governo do Estado, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) aprova em sua reunião plenária desta terça-feira (7) o Projeto de Lei Complementar que trata do ingresso na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros Militar.

A principal modificação alterou a redação do artigo 1º da proposição que pretendia modificar a Lei 4.630 de 1976 exigindo o curso de direito para o pretendente a ingressar no Corpo de Bombeiros.

“Essa Lei era esperada há muito tempo pela corporação. Pela nossa emenda, o curso de Direito será exigido somente para Policiais Militares do quadro de Oficiais Combatentes. Para os bombeiros será exigida graduação em nível superior, nos graus bacharelado ou licenciatura. A atividade de Bombeiro Militar é muito mais voltada para as áreas de conhecimento em Ciências Exatas e da Terra, Saúde e Engenharias”, justificou a relatora Márcia Maia.

Outra emenda, que também agradou aos policiais militares e bombeiros que acompanharam a discussão e votação da matéria foi o prazo de validade dos concursos. Na proposta original encaminhada pelo Executivo o prazo era de 180 dias, com prorrogação por igual período. As associações pretendiam um prazo de apenas 45 dias. A relatora colocou o prazo de validade de 90 dias, prorrogável uma única vez por igual período a critério da Administração Pública Militar.

“O projeto aprovado hoje na Comissão vai ficar marcado na sociedade do Rio Grande do Norte. O ideal é se fazer concurso todos os anos, porque sai uma turma e entra outra. A proposta de 90 dias agrada a corporação. O policial é um apaziguador e quanto melhor qualificado ele for, poderá prestar um bom serviço”, disse o ex-comandante da Policia Militar e diretor de Assuntos Estratégicos da Associação dos Oficiais Militares do Rio Grande do Norte, Coronel Azevedo.

Depois da aprovação da matéria, os deputados Kelps Lima (Solidariedade), Márcia Maia, Larissa Rosado (PSB) e Carlos Augusto (PSD) comentaram o pronunciamento do governador Robinson Faria (PSD) dizendo que ia tomar medidas drásticas contra os policiais que marcaram uma paralisação para o próximo dia 13, por causa dos salários atrasados. De acordo com os deputados, a crise no sistema de segurança tem que ser resolvida com diálogo, já que os policiais não têm mais condições de trabalharem sem o recebimento dos salários.

Participaram da reunião os deputados Márcia Maia, Nélter Queiroz (PMDB), Larissa Rosado, Kelps Lima e Carlos Augusto. Também foi aprovado o Projeto de Lei de Proteção e Defesa dos Animais e distribuídas nove matérias para os relatores.

Postado às 17h11 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Larissa Rosado requer melhorias para escola na Zona Norte de Natal.

Larissa Rosado requer melhorias para escola na Zona Norte de Natal.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Em requerimento apresentado na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) solicitou ao Governo do Estado providências visando à reforma estrutural e à aquisição de equipamentos na Escola Estadual Rômulo Wanderley, localizada no Soledade I, Zona Norte de Natal. O pleito da parlamentar é direcionado à Secretaria da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte.

“Sabemos que um ambiente de ensino adequado influencia positivamente na aprendizagem dos alunos, obtendo um salto qualitativo em termos de ensino, elevando a autoestima da comunidade escolar. Diante da importância dessa instituição de ensino para a comunidade e por compreender que a educação de qualidade é caminho sólido para construção do desenvolvimento econômico e social, solicitamos urgência no atendimento ao pleito”, argumenta Larissa.

A parlamentar alega problemas relacionados à estrutura física da unidade, sobretudo com infiltrações, que colocam em risco a segurança da comunidade escolar, além do sucateamento de diversos equipamentos como cadeiras, ventiladores e bebedouros, que comprometem o rendimento estudantil.

A Escola Estadual Rômulo Wanderley é referência na educação da Zona Norte de Natal, ofertando o ensino fundamental I e II aos moradores do conjunto Soledade e adjacências.

Postado às 17h11 GeralPlantãoPolítica Nenhum comentário
Souza solicita escola de ensino fundamental e médio para comunidade indígena.

Souza solicita escola de ensino fundamental e médio para comunidade indígena.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O deputado Souza (PHS) solicitou a construção de uma escola, ofertando o nível fundamental e médio na comunidade indígena Mendonça do Amarelão, situada no município de João Câmara e que tem aproximadamente 2 mil moradores, considerada a maior comunidade indígena do Estado.

“Atualmente, a maioria das comunidades indígenas tem um contato muito próximo com a “civilização”, por esse motivo está se tornando mais necessário que eles aprendam como funciona o mundo que está além da sua cultura, e claro, preservando suas raízes e seus costumes”, disse Souza.

De acordo com o parlamentar, o papel da educação nas comunidades indígenas é reafirmar as identidades étnicas, valorizando suas línguas e ciências e garantido aos índios e às suas comunidades, o acesso às informações. “Dessa forma, os índios deixam de ser considerados como uma categoria social em processo de extinção e passam a ser respeitados”.

Souza solicitou ainda a construção de uma sede própria para a Central do Cidadão, no mesmo município. “O prédio onde a Central do Cidadão funciona atualmente é alugado, o que demanda grande despesa para o Estado.

O parlamentar lembrou que no início de 2017, a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS), através do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial, iniciou um projeto para reestruturação do “Programa Central do Cidadão”, o qual deveria ser estendido às demais unidades instaladas no interior, com a construções em locais próprios e reformas nos imóveis de propriedade do Estado.

“A construção de uma sede nova para a Central do Cidadão de João Câmara irá dinamizar e garantir mais conforto aos cidadãos, obedecendo um modelo de gestão que possa garantir à eficácia dos serviços prestados”, falou Souza.

Postado às 15h11 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Presidente da Assembleia recebe ex-prefeitos e vai reforçar pleitos para Canguaretama. (Foto: João Gilberto).

Presidente da Assembleia recebe ex-prefeitos e vai reforçar pleitos para Canguaretama. (Foto: João Gilberto).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), recebeu na manhã desta segunda-feira (6), os ex-prefeitos de Canguaretama Wellinson Ribeiro e João Careca que apresentaram uma pauta de reivindicações visando melhorias dos serviços públicos na cidade.

“Todos são pleitos justos. Alguns são reivindicados há anos e por várias gestões governamentais como a abertura da Central do Cidadão e ponte Sibaúma/Barra de Cunhaú”, disse Ezequiel Ferreira destacando que os ex-prefeitos ainda retomaram melhorias nas área de segurança, saúde e educação. “Ações de constante preocupação do mandato. Temos feito requerimentos ao governo das áreas de segurança e saúde e na educação as reformas das escolas então em andamento”, detalhou Ezequiel Ferreira.

Wellinson Ribeiro e João Careca reforçaram a necessidade da constante atividade parlamentar do deputado Ezequiel Ferreira em nome de Canguaretama para que os benefícios possam chegar ao importante polo do Litoral Sul e Agreste Potiguar. “Sem a união de lideranças como o deputado Ezequiel, as lutas em nome de Canguaretama seriam mais difíceis”, relatou Wellinson Ribeiro, acrescentando que a abertura da Central do Cidadão instalada no primeiro andar de um prédio comercial, ainda na gestão Wilma de Faria precisa sair do papel e ser efetivada.

“A ativação nada mais é do que um auxílio à população que terá uma maior facilidade na resolução de seus problemas, que até então necessitam se deslocar ao município de Natal. Também beneficiará os comerciantes, haja vista o grande fluxo de pessoas de cidades vizinhas circulando diariamente no município de Canguaretama”, disse Ezequiel.

Postado às 15h11 CidadePlantão Nenhum comentário
Deputado Ezequiel recebe reivindicações de líderes de quatro regiões do RN.

Deputado Ezequiel recebe reivindicações de líderes de quatro regiões do RN. (Foto: João Gilberto).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Soluções para os problemas nas áreas de segurança, saúde, recursos hídricos e estradas foram as principais reivindicações apresentadas na tarde desta segunda-feira (6) ao deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), que recebeu em seu gabinete prefeitos, ex-prefeitos e lideranças de municípios  das regiões Agreste, Trairi, Potengi e Central.

“Todas essas reivindicações que chegam ao nosso gabinete são muito importantes para o desenvolvimento dos municípios e a melhoria da qualidade de vida do seu povo. Muitos desses pleitos já foram encaminhados ao governo do Estado e vamos reforçar a solicitação de providências concretas para a resolução dos problemas”, afirmou o deputado Ezequiel Ferreira.

Na sua audiência, o prefeito de Barcelona, Neto Mafra disse que as principais necessidades do município são uma ambulância, um dessalinizador e uma barragem submersa na comunidade Riacho Fundo II.

“Ficamos satisfeitos com o encontro porque o deputado Ezequiel disse que vai encaminhar as nossas solicitações porque são muito importantes para o município. Nós também solicitamos o empenho do deputado para que sejam perfurados poços tubulares nas comunidades Ramada, Formigueiro, Santa Rosa, Cotovelo, Riacho Fundo I e II, Serra Vermelha e Arisco para beneficiar 1.200 pessoas”, disse Neto Mafra.

Em nome da prefeita de Pedro Velho, no Agreste, Patrícia Targino, o seu chefe do gabinete Edmilson Castro de Oliveira solicitou carros para a Polícia e ambulância para o setor de saúde do município.

Já o ex-vice-prefeito de Campo Redondo, no Trairi, Manoel Egídio relatou que o principal problema do município é a falta de segurança e por isso solicitou ação do deputado Ezequiel no sentido de que seja aumentado o efetivo policial. Disse ainda que estão faltando médico e remédio para melhorarem o atendimento de saúde.

Outra liderança que esteve no gabinete do deputado Ezequiel foi a ex-prefeita de Brejinho, Ivanilde Matias reivindicado pavimentação de ruas, aumento do efetivo policial e a possibilidade de construção de barragens submersas.

O Ex-presidente da Câmara de Pedra Preta, na região Central solicitou melhoria no sistema hídrico, com liberação de mais água pela CAERN e perfuração de poços tubulares na zona rural do município e a conclusão da recuperação asfáltica da rodovia que liga Lajes a Pedra Preta, iniciada e não concluída pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

 

Postado às 08h11 FotografiaPlantão Nenhum comentário
Exposição terá início dia 11 de novembro no IASNIN.

Exposição terá início dia 11 de novembro no IASNIN.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O Rio Grande do Norte terá pela primeira vez uma exposição com o olhar de Alberto Ferreira, considerado um dos maiores fotógrafos do Brasil. As fotos serão expostas no Instituto de Ação Social e Cidadania Nilo e Isabel Neri (IASNIN), em São Miguel do Gostoso, a partir do próximo dia 11 de novembro, com entrada gratuita. Entre os registros fotográficos de Alberto está a famosa foto de Pelé suspenso no ar, posição conhecida no mundo futebolístico como “bicicleta”, em um jogo Brasil X Bélgica, em 1965, no qual os brasileiros venceram por 5 a 1. A “bicicleta” de Pelé – junto com outras nove fotos do mesmo autor – estará na exposição do LASNIN.

A exposição de Alberto Ferreira em São Miguel do Gostoso é a segunda deste fotógrafo no Nordeste. Antes suas fotos haviam sido expostas apenas em João Pessoa – PB, seu Estado natal, em 2014. A exposição serviu para lançar a revista Fotografia Paraibana, com fotos de fotógrafos paraibanos.  Alberto chegou a ser goleiro do Botafogo da Paraíba e mudou-se para o Rio de Janeiro, com o objetivo de ser goleiro do Flamengo. Não conseguiu atuar no Flamengo, mas foi contratado pelo Jornal do Brasil, considerado um dos maiores jornais do país, onde recebeu 12 prêmios Esso de Fotografia como editor e trabalhou por 32 anos.

A exposição de Alberto Ferreira fará uma espécie de “contraponto” com Ariclenes Silva, fotógrafo de São Miguel do Gostoso. Muitas das fotos de Ariclenes têm referências no trabalho de Alberto Ferreira. A foto da “bicicleta” de Pelé, por exemplo, vai fazer “contraponto” com um jogo de futebol de crianças em São Miguel do Gostoso. A exposição dos dois profissionais irá se chamar “Memórias Afetivas – Passado e Presente” e contará com 20 fotos (dez de cada um deles).

Outra foto de Alberto Ferreira, em que Pelé aparece curvado sobre as pernas depois de uma contusão em um jogo da Copa do Mundo do Chile, em 1962, deu o Prêmio Esso de Fotografia para Alberto Ferreira. O fotógrafo, que nasceu em 1932, em Alagoa Grande (PB), e morreu em 2007, no Rio de Janeiro, detém um acervo de 20 mil fotos, das quais duas mil são registros da construção de Brasília. Trata-se de um dos maiores acervos fotográficos do Brasil. Suas fotos – que alcançam hoje grande valor de mercado – são comercializadas pela Galeria Lume, de São Paulo.

As fotos de Alberto Ferreira são famosas não só no Brasil. Ele já participou de  exposições em vários outros países. A foto da “bicicleta” de Pelé já foi símbolo de três Copas do Mundo – a do México (1970), do Japão e Coréia do Sul (2002) e da Alemanha (2006).  Apaixonado por esporte, Alberto Ferreira acompanhou como fotógrafo sete Copas do Mundo e quatro Olimpíadas. Mas também fez incursões pelo mundo político e das artes. Uma de suas fotos retrata o Palácio do Planalto, sede do governo, ainda em construção, com os pés de operários refletidos em um espelho d’água.

 A foto do Palácio do Planalto, chamada de “Pés de Brasília”, fez parte da exposição do Museu Louvre, de Paris, em 2005, que integrou a mostra do Ano do Brasil na França. Alberto Ferreira faz parte da lista dos maiores fotógrafos do mundo, ao lado do também brasileiro Sebastião Salgado e de outros fotógrafos igualmente famosos como os franceses Cartier Bresson e Pierre Verger.

A exposição “Memórias Afetivas – Passado e Presente”, tem curadoria de Carlos Ferreira, filho de Alberto Ferreira. Carlos é proprietário do restaurante “Jangadeiro de Sabores”, em São Miguel do Gostoso.

 Serviço:

Exposição “Memórias Afetivas – Passado e Presente”

Data: 11 de novembro de 2017

Local: Instituto de Ação Social e Cidadania Nilo e Isabel Neri (LASNIN), em São Miguel do Gostoso.

Entrada gratuita.

 

Postado às 08h11 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Superação de divergências políticas marca solenidade de centenário de São José do Seridó.

Superação de divergências políticas marca solenidade de centenário de São José do Seridó. (Foto: Ney Douglas).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Cem anos após sua fundação, ocorrida em 4 de novembro de 1917, o município de São José do Seridó celebrou na noite dessa sexta-feira (3), em sessão solene da Assembleia Legislativa, seu centenário, homenageando quem contribuiu para a construção da cidade e olhando para os desafios do futuro.

“É um orgulho tremendo ver aqui nesta plateia quem ajudou a construir São José do Seridó em diversas áreas, como desenvolvimento social, agricultura, gastronomia, saúde, política. Mas, orgulha-nos a todos, acima de qualquer coisa, vermos superados entreveros do passado, pois aqui se encontram aqueles que deixaram no passado a disputa política”, registrou o propositor da solenidade, deputado Nelter Queiroz.

Com pouco mais de 4.500 habitantes, São José do Seridó remonta a 4 de novembro de 1917, quando foi criado o povoado que, tendo sido elevado a distrito em 1938, se emancipou politicamente em 1962. Com a expansão de sua atividade industrial, graças às facções têxteis, o município consegue gerar emprego, renda e tributos que voltam à comunidade, condição que faz a cidade frequentar o topo dos rankings de desenvolvimento humano.

“Somos referência em todo o Estado. Todo prefeito do Rio Grande do Norte sente certa inveja. Aqui temos emprego e renda. Temos um dos melhores indicadores sociais do Estado. É muito bom ainda vermos que divergências políticas foram superadas e estamos todos de mãos dadas pela cidade”, celebrou o ex-prefeito Jakson Dantas, que foi um dos 30 homenageados da noite.

Atual prefeita da cidade, Maria Dalva, registrou que os índices alcançados por São José do Seridó só foram possíveis em razão da união. “As ideias que se opunham se agregaram com o propósito da melhoria de todos”.

As homenagens devem prosseguir neste sábado (4) com programação religiosa e social.

Postado às 08h11 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Souza propõe Frente Parlamentar para tratar de regularização fundiária no RN.

Souza propõe Frente Parlamentar para tratar de regularização fundiária no RN.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O deputado Souza (PHS) anunciou nesta quarta-feira (1), durante pronunciamento na sessão plenária da Assembleia Legislativa, proposição para criação da Frente Parlamentar para regularização fundiário no Rio Grande do Norte. De acordo com o deputado, o fórum terá a missão de alavancar a regularização de imóveis urbanos e rurais no Estado.

“Nossa proposta é criarmos um esforço de dialogar com os Poderes para que pensemos a regularização fundiária como meio de promover o desenvolvimento regional, além de garantir ao dono da terra a condição de proprietário, possibilitando a segurança jurídica e resgatando uma dívida de ordem estrutural com a população”, explica Souza.

Segundo ele, a Frente Parlamentar prevê elevar a qualidade de vida dos agricultores familiares e da população urbana em geral, como promotor do desenvolvimento, inclusive, com mudanças na lei de regularização fundiária. “Esse fórum também poderá avançar no desenvolvimento de novas ferramentas para auxílio aos municípios, além da formação de parcerias e acordos de cooperação técnica”, argumenta.

Na ocasião, o parlamentar enalteceu o trabalho que vem sendo desenvolvido pela superintendência regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) em favor da questão. “Tenho percebido a disposição do órgão em avançar na regularização fundiária no Estado e entrega de títulos aos assentamentos rurais, apesar dos entraves burocráticos enfrentados”, destacou Souza esclarecendo que a meta do INCRA para esse ano é a entrega de 1.500 títulos e de outros 2.500 em 2018.

O encontro do parlamentar com o secretário Raimundo Costa, titular da Secretaria Estadual para Assuntos da Reforma Agrária (SEARA), também foi abordado pelo parlamentar durante o pronunciamento. “Nos reunimos para tratarmos da proposição de um projeto de lei ao presidente do Tribunal de Justiça (TJRN) que muito irá contribuir no avanço da regularização fundiária no tocante ao crédito agrícola”, contou Souza relatando ainda outro encontro, com o presidente da Datanorte para tratar a temática. “Esperamos contribuir para que as pessoas possam receber a titularidade de sua moradia, oferecendo desta forma mais dignidade às famílias”, acrescentou.

Página 5 de 158« Primeira...34567...102030...Última »