Marca Maxmeio

Postado às 00h05 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Ezequiel, presidente estadual do PSDB, convoca vereadores para encontro da agremiação na segunda-feira. (Foto: João Gilberto).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Vem aí o 1º Encontro Estadual dos Vereadores do Partido da Social Democracia Brasileira que acontece segunda-feira (7), no Auditório Deputado Cortez Pereira, das 8h às 12h. O presidente do PSDB, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, também presidente da Assembleia Legislativa disse que diante das opiniões deste agente político que está mais próximo do cidadão nas cidades pretende oxigenar o partido com novas ideias e anseios das comunidades para as eleições deste ano.

“É na figura do vereador que as cobranças chegam primeiro. O PSDB trilha este caminho de ouvir e prestigiar este porta-voz da comunidade. Como deputado e como presidente do Poder Legislativo Estadual busco sempre contribuir com o trabalho do vereador e com os legislativos municipais”, disse Ezequiel Ferreira, ao citar o Ciclo de Debate Legislativo nas regiões do Estado em parceria com União dos Vereadores do Rio Grande do Norte (UVERN), e da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM/RN).

Ezequiel Ferreira durante o encontro pretende pontuar as iniciativas de parceria da atual gestão da Assembleia para proporcionar melhorias aos Legislativos municipais. “Convênios entre a Assembleia Legislativa e Câmaras Municipais possibilitam o repasse de conhecimento tecnológico para efetivar melhorias nos portais de transparência, programas para gestão da folhas de pessoal e para a produção de Boletim Eletrônico”, explicou.

Postado às 12h05 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Câmara discute proposta que altera carreiras de educador infantil e professor.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Um dos problemas dos professores do Município é o plano de carreira distinto de educador infantil e de professor do ensino fundamental. Para solucionar esse problema, um projeto de lei se encontra em produção desde 2013 por parte do Executivo, mas nunca foi apresentado por falta de consenso entre a Prefeitura e o sindicato da categoria. Para discutir essa situação Comissão de Educação realizou uma audiência pública, na tarde desta quarta-feira (2), na Câmara Municipal de Natal.

A vereadora Eleika Bezerra (PSL), que preside a Comissão, lamentou a ausência de datas para apresentação do projeto que se arrasta por quase cinco anos, mas destacou a importância das informações levantadas durante o debate em torno dos planos dos professores da educação infantil, de 0 a 5 anos, e outro para o fundamental, do 7 aos 14 e o Ensino de Jovens e Adultos, o EJA.

“Curiosamente, o município tem dois planos de cargos para os seus professores. É muito estranho a existência de dois planos no mesmo sistema educacional. Já passou do tempo de se corrigir, de se fazer essa educação. Nós aguardamos desde 2013 e esta proposta não chegou. Me recordo havia posições diversas, mas chegou a um ponto de cobrar para que algumas injustiças sejam vencidas”, explicou.

A vereadora ainda lembrou que no próximo dia 14 haverá um novo encontro para tratar do assunto, já que a pauta de discussões foi extensa e ainda não foi apresentado o projeto. A vereadora explicou que a audiência foi marcada com muita antecedência e esperava-se que pelo tempo decorrido, o projeto já pudesse estar na Casa.

Thaisa Camargo, coordenadora de Projetos da Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação (SME), alegou que o projeto foi retirado da pauta por um do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte) e apresentou três pontos principais que buscam dar uma equivalência às duas carreiras docentes, que devem estar no projeto de lei, que será apresentado em breve, mas sem prazo. Entre os pontos estão: o pagamento de gratificação para mestres e doutores; nova jornada de trabalho; e redução no tempo de licença para cursos de cinco para três anos, mas restrito à professores.

“Hoje realmente a Secretaria possui duas categorias de docentes: a de professor pela Lei 058 e a do educador infantil pela Lei 114. Era proposta do antigo prefeito Carlos Eduardo, em 2013, trabalhar a unificação, porque a Prefeitura entende que ambos são docentes e que trabalhar com duas carreiras não é fácil, mas legalmente não foi possível por serem criados em tempos diferentes, com jornadas diferentes, por ingressos diferentes. Então começamos a trabalhar para que elas ficassem semelhantes por meio de emendas. A gente apresentou a ideia para todos. São esses três pontos principais, mas temos outras mudanças. Apresentamos para o Sindicato, mas retiramos porque o Sindicato queria analisar melhor”, externou.

A coordenadora-geral do Sinte, Fátima Cardoso, confirmou que foi solicitado que o projeto não fosse remetido à Câmara, mas ela ponderou que o pedido foi feito porque há divergências entre o que a Prefeitura está propondo e o que o Sindicato almeja.

“Nós temos uma discussão acumulada acerca dos pontos que devem ser inseridos nessa proposta de unificação das carreiras. O Sindicato tem tentado pactuar com a Secretaria, mas o principal obstáculo é que eles dizem que os educadores infantis não podem constar no plano de professor, mas, na nossa visão, a Secretaria está negando um direito aos educadores infantis. Nós chegamos ao entendimento de pedir para não enviar à Câmara. Não queremos perda de direitos”, disse.

Como não foi possível concluir os debates e nem chegar a um consenso, a Comissão de Educação vai realizar uma reunião para tentar intermediar um consenso no próximo dia 14 de maio. Participaram da reunião desta quarta, os vereadores Nina Souza (PDT) e Sandro Pimentel (PSOL), além de professores, educadores e representantes sindicais e da Prefeitura do Natal.

 

Postado às 09h05 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Câmara Municipal empossa vereador Dagô. (Foto: Marcelo Barroso).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Câmara Municipal de Natal empossou, nesta quinta-feira (03), o vereador Flaviano Dagoberto Ferreira de Andrade, o Dagô. Com 3.428 votos Dagô (DEM) assume a vaga deixada pelo  vereador Kleber Fernandes (PDT) que exercerá o cargo de secretário do Gabinete Civil da Prefeitura Municipal de Natal.

“Pela lei, hoje, eu assumo a vaga do vereador Kleber Fernandes. Pela lei e pelos 3.428 votos eu estou aqui para trabalhar por Natal, para aprovar o que for melhor para Natal”, afirmou Dagô.

O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Raniere Barbosa (AVANTE), comentou o retorno do vereador à Casa do Povo. “A Câmara está cumprindo a legitimidade e dando posse ao vereador Dagô que já teve uma passagem pela Câmara, adquiriu uma certa experiência, e que vem novamente  contribuir com a sua alegria e com o seu trabalho”, disse Raniere Barbosa.

Postado às 20h05 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Data para prestação de contas do Executivo é alterada com emenda à Leo Orgânica. (Foto: Marcelo Barroso).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Os vereadores de Natal aprovaram na Sessão Ordinária desta quinta-feira (3) projeto de emenda à Lei Orgânica Municipal, alterando para 30 de abril o prazo para o Executivo encaminhar a prestação de contas do exercício anterior à Câmara. Atualmente a lei determina que seja até 30 de março. Aprovaram ainda a criação do projeto “Bengala Verde” e o Dia Municipal do Veterinário.

A emenda, proposta pelo presidente da Casa vereador Raniere Barbosa (Avante), à Lei Orgânica altera o artigo 47 e alinha com a União e o Estado a data de prestação de contas do município. “Estamos fazendo a paridade de acordo com o que a Constituição prevê para o Estado e para a União, estendendo o prazo até 30 de abril e dando mais tempo hábil para o Município prestar contas”, explicou Raniere.

Na sessão, também foi aprovado o Projeto de Lei 154/17 da vereadora Carla Dickson (PROS), subscrito pelos vereadores Cícero Martins (PSL) e Franklin Capistrano (PSB). A matéria institui o projeto “Bengala Verde” para identificar pessoas com baixa visão no município, inclusive, por meio de campanhas sobre as doenças degenerativas da retina. “Além de estimular o uso da bengala verde, chama a atenção para identificar aqueles com visão subnormal que conseguem enxergar, mas têm problemas com a visão e provavelmente só conseguem enxergar de perto”, pontuou a vereadora Carla Dickson.

Além deste projeto, ficou instituído o dia 9 de setembro como Dia Municipal do Médico Veterinário, através do Projeto de Lei 199/17 de autoria de Sandro Pimentel (PSOL). “São médicos que cuidam de animais e esse dia traz a importância de valorizar e reconhecer esses profissionais que também cuidam de vidas e vidas que precisam de proteção”, ressaltou o autor.

Postado às 20h05 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Câmara discute Lei Geral da Micro e Pequena Empresa de Natal.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Frente Parlamentar de Frente Parlamentar de Incentivo ao Comércio das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e dos Microempreendedores Individuais de Natal realizou, na tarde desta quinta-feira (3), um debate sobre o projeto de institui a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa de Natal, que tramita na Casa.

O projeto é uma iniciativa dos próprios empresários que foi discutida junto à Prefeitura do Natal para que o próprio Executivo o apresentasse. O principal ponto da nova legislação é a desburocratização do empreendedorismo na capital potiguar.

A vereadora Ana Paula (PSDC), coordenadora da Frente, destacou que o debate foi importante para dar mais embasamento técnicos aos vereadores na hora de votar o projeto, que será analisado pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ) na próxima segunda-feira (7).

“Hoje tivemos um debate rico, repleto de informações que mostram a importância dessa matéria para o desenvolvimento da nossa cidade. A Frente Parlamentar vem exatamente para estreitar o relacionamento e manter diálogo envolvendo o Poder Público, a academia e os empresários. Hoje pudemos mostrar o projeto, que trabalha a geração de renda, a ampliação das receitas, o aumento de número de postos de trabalho, quer dizer, é um projeto importante para todos”, concluiu.

O vereador Felipe Alves (MDB), presidente da CCJ, lembrou que o então vereador Kleber Fernandes era o relator da matéria e que, antes de se licenciar do cargo para ocupar a vaga de secretário no Executivo municipal, ele deixou o parecer pronto sobre o projeto para ser votado na próxima segunda. Ele acredita que a matéria pode ser encaminhada para a sanção do chefe do Executivo ainda no primeiro semestre.

“O então vereador Kleber deixou pronto o parecer, inclusive com algumas emendas, que nós vamos submeter à Comissão. É uma matéria importante para a cidade, afinal ela facilita a criação de empresas e desburocratiza todo o processo. São empregos e tributos. É fundamental que demos prioridade a essa matéria, por isso vamos apreciar na próxima semana. Esperamos que ela já esteja aprovada em plenário ainda no primeiro semestre”, adiantou.

O presidente da Confederação dos Dirigentes Lojistas (CDL), Autusto Vaz, destacou o papel importante do projeto para o desenvolvimento econômico e parabenizou a Câmara Municipal por ter uma frente disposta a dialogar com todos.

“Hoje estamos discutindo a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa de Natal. O principal ponto dessa legislação vai ser a desburocratização. Vai ser muito mais fácil licenciar empreendimentos em Natal, vai facilitar a participação de empresas de Natal e vai criar um ponto de educação empreendedora. Mas também temo que elogiar o trabalho da Frente que cria um espaço para discutir várias demandas. Não só essa do projeto”, disse.

 

 

Postado às 20h05 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Hermano registra empenho dos jovens que buscam formação no interior do RN. (Foto: Eduardo Maia).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O deputado Hermano Morais (MDB) registrou durante sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (3), sua participação na formatura de estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) de Jundiaí e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop).

“Fiquei feliz em ver o povo do Seridó dar esse exemplo. É importante registrar o empenho desses jovens ao buscarem uma formação e, principalmente por conseguirem ter a opção de se qualificarem nos seus locais de origens”, disse Hermano.

Durante a sessão, o parlamentar destacou ainda às viagens que fez aos municípios potiguares, onde foi parabenizado pela Lei Nivardo Mello, que trata da regularização da produção e comercialização do queijo. Autor da Lei aprovada pela Casa, o parlamentar destacou a relevância de reconhecer essa economia que emprega muitos potiguares.

Hermano Morais também registrou a participação na inauguração da Escola de Música de Mãe Luiza. “Esse é mais um projeto social, realizado na comunidade, sob a liderança do Padre Robério Camilo em parceria com a Fundação Ameropa. Espero que outras comunidades possam se inspirar nos projetos sociais de Mãe Luiza”, destacou o parlamentar.

As chuvas também foram destaques no pronunciamento de Hermano Morais. Para ele, as águas que caíram na capital e interior do Estado vêm fazendo a alegria dos potiguares e melhorando a situação hídrica do RN.

Postado às 20h05 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Comissões de Educação e de Administração aprovam projetos nesta quinta-feira.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social aprovou em sua reunião realizada na manhã desta quinta-feira (3) o Projeto de Lei 36/2018, de autoria da deputada Cristiane Dantas (PPL), que inclui no calendário oficial do Estado a “Semana de Combate ao Bullying e ao Cyberbullying”, a ser instituída na primeira semana de abril.

Outras duas matérias foram aprovadas e duas foram distribuídas para serem relatadas na quinta-feira (10), quando a Comissão voltará ao assunto da municipalização de ensino fundamental nas cidades de São Miguel e Doutor Severiano, no Alto Oeste.

“Solicitamos das secretarias municipais de Educação dos dois municípios e da secretaria Estadual de Educação as informações sobre esse processo de municipalização do ensino. Esperamos ter essas informações na próxima semana para o aprofundamento das discussões”, afirmou o presidente da Comissão, deputado Hermano Morais (MDB), que presidiu a reunião da qual também participou o deputado Mineiro Lula (PT).

Logo em seguida foi realizada reunião da Comissão de Administração, Serviços Públicos e Trabalho (CASPT), que aprovou matéria de autoria da deputada Márcia Maia (PSDB) relatada pelo deputado e presidente da Comissão, Jacó Jácome (PSD).

“A matéria dispõe sobre a obrigatoriedade do fornecimento ao consumidor de informação e documentos por parte de operadoras de plano de seguro privado de assistência à saúde no caso de negativa de cobertura”, explicou o deputado Jacó.

Na pauta para a próxima semana ficou a matéria de origem no Tribunal de Justiça do Estado (TJ) que extingue os ofícios únicos de Caiçara do Norte e Galinhos, no Litoral Norte do RN, a ser relatada pelo deputado Ricardo Motta (PSB). Também participou da reunião o deputado Hermano Morais.

Postado às 19h05 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Câmara discute proposta que altera carreiras de educador infantil e professor.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Um dos problemas dos professores do Município é o plano de carreira distinto de educador infantil e de professor do ensino fundamental. Para solucionar esse problema, um projeto de lei se encontra em produção desde 2013 por parte do Executivo, mas nunca foi apresentado por falta de consenso entre a Prefeitura e o sindicato da categoria. Para discutir essa situação Comissão de Educação realizou uma audiência pública, na tarde desta quarta-feira (2), na Câmara Municipal de Natal.

A vereadora Eleika Bezerra (PSL), que preside a Comissão, lamentou a ausência de datas para apresentação do projeto que se arrasta por quase cinco anos, mas destacou a importância das informações levantadas durante o debate em torno dos planos dos professores da educação infantil, de 0 a 5 anos, e outro para o fundamental, do 7 aos 14 e o Ensino de Jovens e Adultos, o EJA.

“Curiosamente, o município tem dois planos de cargos para os seus professores. É muito estranho a existência de dois planos no mesmo sistema educacional. Já passou do tempo de se corrigir, de se fazer essa educação. Nós aguardamos desde 2013 e esta proposta não chegou. Me recordo havia posições diversas, mas chegou a um ponto de cobrar para que algumas injustiças sejam vencidas”, explicou.

A vereadora ainda lembrou que no próximo dia 14 haverá um novo encontro para tratar do assunto, já que a pauta de discussões foi extensa e ainda não foi apresentado o projeto. A vereadora explicou que a audiência foi marcada com muita antecedência e esperava-se que pelo tempo decorrido, o projeto já pudesse estar na Casa.

Thaisa Camargo, coordenadora de Projetos da Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação (SME), alegou que o projeto foi retirado da pauta por um do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte) e apresentou três pontos principais que buscam dar uma equivalência às duas carreiras docentes, que devem estar no projeto de lei, que será apresentado em breve, mas sem prazo. Entre os pontos estão: o pagamento de gratificação para mestres e doutores; nova jornada de trabalho; e redução no tempo de licença para cursos de cinco para três anos, mas restrito à professores.

“Hoje realmente a Secretaria possui duas categorias de docentes: a de professor pela Lei 058 e a do educador infantil pela Lei 114. Era proposta do antigo prefeito Carlos Eduardo, em 2013, trabalhar a unificação, porque a Prefeitura entende que ambos são docentes e que trabalhar com duas carreiras não é fácil, mas legalmente não foi possível por serem criados em tempos diferentes, com jornadas diferentes, por ingressos diferentes. Então começamos a trabalhar para que elas ficassem semelhantes por meio de emendas. A gente apresentou a ideia para todos. São esses três pontos principais, mas temos outras mudanças. Apresentamos para o Sindicato, mas retiramos porque o Sindicato queria analisar melhor”, externou.

A coordenadora-geral do Sinte, Fátima Cardoso, confirmou que foi solicitado que o projeto não fosse remetido à Câmara, mas ela ponderou que o pedido foi feito porque há divergências entre o que a Prefeitura está propondo e o que o Sindicato almeja.

“Nós temos uma discussão acumulada acerca dos pontos que devem ser inseridos nessa proposta de unificação das carreiras. O Sindicato tem tentado pactuar com a Secretaria, mas o principal obstáculo é que eles dizem que os educadores infantis não podem constar no plano de professor, mas, na nossa visão, a Secretaria está negando um direito aos educadores infantis. Nós chegamos ao entendimento de pedir para não enviar à Câmara. Não queremos perda de direitos”, disse.

Como não foi possível concluir os debates e nem chegar a um consenso, a Comissão de Educação vai realizar uma reunião para tentar intermediar um consenso no próximo dia 14 de maio. Participaram da reunião desta quarta, os vereadores Nina Souza (PDT) e Sandro Pimentel (PSOL), além de professores, educadores e representantes sindicais e da Prefeitura do Natal.

 

Postado às 18h05 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Prestações de contas do governo serão analisadas pela CFF no dia 15.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

As prestações de Contas do governo do Estado relativas aos exercícios de 2013, 2015 e 2016, com base nos relatórios encaminhados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) serão analisadas e votadas na Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) em reunião extraordinária na terça-feira (15).
O anúncio foi feito pelo presidente da CFF, deputado Tomba Farias (PSDB), logo após a reunião ordinária da Comissão realizada na manhã desta quarta-feira (2).
“Nós tínhamos anunciado a apreciação das três matérias para a reunião desta quarta-feira. No entanto, o nosso regimento interno quando as contas restituídas pelo TCE são publicadas, corre um prazo de 10 dias úteis para que o deputado que queira, faça pedidos de informações. O prazo termina no dia 10, um dia após a nossa próxima reunião ordinária que será na quarta-feira (9). Vamos convocar então uma reunião para a discussão e votação das três matérias, na terça-feira (15)”, explica o deputado Tomba Farias.
O Tribunal de Contas do Estado aprovou com ressalvas as contas dos exercícios de 2013 e 2015 e desaprovou por unanimidade as do exercício de 2016. O relator da matéria de 2013, da administração da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) será o deputado Getúlio Rêgo (DEM). O deputado Galeno Torquato (PSDB) relatará as contas de 2015 e o deputado José Dias (PSDB) é o relator das contas de 2016, ambas da administração Robinson Faria (PSD).
Na reunião de hoje a CFF aprovou dois Projetos de Lei. Um que revoga a Lei Complementar Estadual 530, de dezembro de 2014 que dispõe sobre a Criação de Estágio para Estudantes de Pós-graduação, denominado PGE Residencial, no âmbito da Procuradoria-Geral do Estado e o Projeto que altera a Lei Complementar Estadual de 2010 que instituiu o Plano de Cargos e Remuneração da Tributação (SET).
Participaram da reunião os deputados Tomba Farias, Galeno Torquato e José Dias.

Postado às 00h04 PlantãoPolítica Nenhum comentário

Ezequiel e Geraldo Melo visitam agreste e recebem adesão de Dr. Targininho em Canguaretama.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa ao lado do senador Geraldo Melo (PSDB) cumpriram agenda na região Agreste, neste sábado (28). Em São José do Campestre, participaram da convenção que homologou as candidaturas de Luciano de Honório a prefeito e Afrísio Neto vice, numa coligação do PSDB, com o PSB, PMB, PR e PRB.

Ezequiel e Geraldo Melo ainda visitaram Canguaretama, onde se reuniram com lideranças do Agreste Potiguar, na Fazenda Outeiro do Dr. Targininho, que retirou sua pré-candidatura a deputado estadual e passou a apoiar à reeleição de Ezequiel. O presidente estadual do PV, Bertone Marinho também participou do encontro. Após a reunião, Ezequiel, Geraldo Melo e Bertone Marinho foram comemorar o aniversário de Dr. Targininho no Distrito de Piquiri, um dos maiores de Canguaretama.

“Agradecer a recepção dos amigos no Agreste Potiguar e oportunidade para prestar contas também do nosso mandato. Estamos encaminhando e defendendo ações importantes no interior que contribuem com o desenvolvimento dessas cidades. Quero parabenizar o trabalho e agradecer o gesto do jovem Dr. Targininho, muito querido em Piquiri e que é hoje o plano de saúde da população, que quando necessita sabe que conta com ele”, afirmou Ezequiel Ferreira.

Do Agreste Potiguar, prestigiaram os prefeitos Patrícia Targino (Pedro Velho), Wanessa Morais (Serra de São Bento) e Fernando Teixeira (Espírito Santo), além dos ex-prefeitos Flávio Azevedo (Nova Cruz) e Chico de Erasmo (Serra de São Bento). Também os vice-prefeitos Dr. Estácio (Santo Antônio) e Solange (Serra de São Bento), além de lideranças como Danilo Mandu (Passa e Fica), Cleonaldo Júnior (Vera Cruz), Juvenal (Monte Alegre)  e vereadores de várias cidades da região.

São José do Campestre

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, participou neste sábado (28), em São José do Campestre, a 100 quilômetros de Natal, da convenção que homologou as candidaturas de Luciano de Honório (PRB) e Afrísio Neto (PSB), como candidatos a prefeito e vice-prefeito, respectivamente, na eleição suplementar do dia 3 de junho.

“Trago o PSDB para integrar esta coligação que pode colocar São José do Campestre no rumo dos anseios da sociedade da região que quer mais trabalho, oportunidades para desenvolvimento social e econômico, serviços públicos em funcionamento e retidão com a gestão municipal”, enfatizou Ezequiel Ferreira de Souza em seu discurso na Escola Municipal Jardelina Freire. O PSB, PMB, PRB e o PSDB também compõe a coligação oposicionista.

O vice-governador Fábio Dantas, o senador Geraldo Melo, os deputados federais Rogério Marinho e Rafael Motta, além dos deputados estaduais Cristiane Dantas e Ricardo Motta e o presidente do PRB, Abrão Lincoln prestigiaram a convenção

Luciano de Honório tem experiência política e de gestão, já foi vice-prefeito por duas vezes e está no quarto mandato de vereador. O candidato a vice-prefeito Afrísio Neto (PSB) é de família política do município já tendo sido candidato a vice-prefeito uma vez.  “Devolver aos moradores o orgulho de ter uma boa gestão à frente da Prefeitura de São José do Campestre”, convocou Luciano de Honório, em seu discurso.

A nova eleição ocorre em virtude do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) ter cassado o diploma da prefeita e a vice-prefeita da cidade de São José do Campestre. Maria Alda Romão Soares e Eliza Assis de Oliveira Borges por captação ilícita de votos e abuso de poder econômico. O município conta com 9.446 eleitores aptos a votar.

Após a convenção partidária, Ezequiel Ferreira em encontro com lideranças e comunidades de São José do Campestre teve a oportunidade de prestar contas do mandato dele como deputado estadual e apresentar as conquistas obtidas para a cidade. “Viatura policial para que as ações de segurança no município fossem melhor desempenhadas já uma realidade, bem como a o veículo tipo refrigerado que ajuda no transporte dos produtos agrícolas do pequeno produtor rural”, citou o presidente da Assembleia Legislativa, salientando a vocação produtiva do município que é a agricultura, pecuária e a avicultura, contando ainda com a forte produção leiteira e o artesanato que se encontra em forte expansão.

Ezequiel também continua lutando para firmar convênios para pavimentação de ruas, operação tapa buraco, conclusão da reforma da Ponte do Rio Jacú, Construção do novo abatedouro público, reformas de escolas, ambulância, reforma da delegacia e reabertura da agência do Banco do Brasil. “No setor da convivência com a seca tenho buscado perfuração e instalação de poço, barragens submersas, distribuição de sementes e de palma para o alimento dos animais”, explicou Ezequiel Ferreira que também preside na Assembleia Legislativa o Comitê de Ações de Convivência com a Seca.

 

Página 5 de 159« Primeira...34567...102030...Última »