Marca Maxmeio

Postado às 13h02 Turismo Nenhum comentário

A programação da 5ª edição do Fórum de Turismo do RN,  foi lançada oficialmente na manhã desta quarta-feira (12), no Hotel Arituba, em Natal.

Redação/eliasjornalista.com

A programação da 5ª edição do Fórum de Turismo do RN que será realizado nos dias 19 e 20 de fevereiro, no Centro de Convenções, foi apresentada oficialmente na manhã desta quarta-feira (12), durante um café da manhã para imprensa e organizadores, no Hotel Arituba, em Natal.

O Fórum de Turismo do RN, já considerado o maior e mais abrangente evento do Turismo potiguar. “O evento é uma oportunidade de reunir toda a cadeia produtiva do turismo, instituições de fomento do setor, assim como o poder público para tratar de assuntos relevantes para o desenvolvimento da mais importante atividade econômica do Estado”, relata Gustavo Porpino, organizador do evento, ao lado do jornalista Antônio Roberto Rocha.

Entre os diversos temas que será debatido no Fórum, está o “Turismo Criativo em um cenário competitivo” conhecido atualmente como “a nova geração do turismo”. Tem suas referências em cidades europeias e americanas, e está sendo desenvolvido na cidade de Porto Alegre (RS). Será debatido por um dos maiores especialista do Brasil, Caio Luz de Carvalho, especialista e diretor da Rede Bandeirantes, foi ministro do Turismo, presidente da Embratur e secretário de Turismo de São Paulo.

A força do destino Natal no Brasil será abordada pelo presidente da Flytour Viagens, Claiton Armelin e também na palestra do presidente da Associação das Agências de Viagem de São Paulo (Aviesp), Marcelo Matera, que discorrerá sobre o fato de Natal ser, pela sexta vez consecutiva, o melhor destino do país para fazer turismo, segundo os associados da entidade. Ele falará por que a capital do RN fascina tanto os paulistas.

Os casos bem-sucedidos no turismo do Sul, com criatividade e aposta nos eventos para o fomento da atividade, serão tratados por Marta Rossi, diretora do Festival do Turismo de Gramado-RS e do Chocofest. Ela falará sobre a importância dos eventos para o turismo da Serra Gaúcha, que servem como exemplos para o Rio Grande do Norte.

2ª Mostra de Destinos e Produtos do Turismo Potiguar e o Encontro de Agentes de Viagem do RN.

MOSTRA – A 2ª Mostra de Destinos e Produtos do Turismo Potiguar, que ocorre nos dois dias do evento, terá cerca de 40 estandes, entre municípios turísticos, instituições de fomento ao turismo, hotelaria, agências de receptivo, empresas de passeios e prestadores de serviços turísticos, entre outros segmentos. Haverá momentos determinados para visitas à Mostra na própria programação do Fórum, além do fluxo natural de chegada e saída das pessoas.

AGENTES DE VIAGEM – O Encontro de Agentes de Viagens do RN, que acontece na manhã do segundo dia, quinta-feira, 20 de fevereiro, será realizado no auditório Fernando Paiva, que tem espaço para 120 pessoas. Trata-se de um evento exclusivo para o setor, que debaterá melhorias para a categoria junto a diretores e gerentes de empresas aéreas. O Encontro é uma parceria da Argus Eventos de Turismo, realizadora do Fórum, com a Abav-RN, presidida pela empresária Diassis Rosado.

Promovido pela Argus Eventos, sob a coordenação do economista Gustavo Porpino e do jornalista Antonio Roberto Rocha, o 5º Fórum de Turismo conta com o apoio da Prefeitura de Natal, Senac-RN, Sebrae-RN, Banco do Nordeste, Natal Convention & Visitors Bureau, ABIH-RN, Coohotur, Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, Praia Shopping e Tam.

Fotografia:

O fotógrafo Canindé Soares fará uma exposição com seus melhores trabalhos no 5º Fórum de Turismo do RN, nos próximos dias 19 e 20 de fevereiro, no Centro de Convenções.

Serão apresentadas 30 fotos de Natal e do Rio Grande do Norte, que mostram porque os destinos potiguares são tão procurados por turistas do mundo todo.

Na ocasião, ele estará também vendendo seus livros. A 2ª edição da obra “Natal por Canindé Soares” teve uma venda antecipada de mais de dois mil livros antes do lançamento.

GALERIA DE FOTOS:

Postado às 01h01 DestaqueTurismo Nenhum comentário

Natal: Praia de Areia Preta, bastante frequentada pelos surfistas e pelos peladeiros que batem uma bolinha no final da tarde.

Natal: Praia de Ponta Negra, conhecida mundialmente pelo morro do careca e o grande números de gringos que frequentam o local.

Natal: Praia da Redinha, recanto característico da ginga com tapioca no Mercado da Redinha.

Redação/eliasjornalista.com

Sol e Mar, mistura perfeita para embalar o finalzinho das férias escolares. Boletim de balneabilidade aponta melhoras das águas das praias urbanas de Natal, em relação a última semana. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (24), pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), em parceria com Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), que divulgou o resultado da balneabilidade das praias do litoral de Natal e Região Metropolitana.

A boa notícia é que os banhistas podem utilizar as praias da Redinha, Forte, Praia do Meio, Areia Preta, Miami, Via Costeira e Ponta Negra, todas estão próprias para o banho.

Segundo o boletim nº 04/2014 do Programa Água Azul, o Balneário do Rio Pium, em Parnamirim, e a Foz do Rio Pirangi em Nísia Floresta foram os pontos destacados como impróprios.

Os banhistas  não podem esquecer do protetor solar, fundamental para proteção da pele, além do cuidado com a  segurança das crianças.

Postado às 19h01 Turismo Nenhum comentário

 

O Distrito de Taboquinhas está localizado a 28 km do centro de Itacaré-BA. 

 

O Rafting é praticado com total segurança em Taboquinhas.

 

Cachoeira da Usina excelente opção de lazer em Taboquinhas.

Redação/eliasjornalista.com

O Distrito de Taboquinhas  está localizado a 28 km do centro de Itacaré-BA. Encravado numa área de Mata Atlântica que está plenamente preservada se destaca pelo turismo de aventura, além de ser responsável pela integração do município.

Diariamente turistas de todo Brasil vem conhecer e desfrutar do belo clima do Distrito e aproveitar boas doses de adrenalina, como descer nas correntezas das cachoeiras no rafting, deslizar nas tirolesas e outras formas de aventuras que estão disponíveis aos que vem conhecer o lugar.

Logo na entrada de Taboquinhas, a impressão é que se trata de um lugar esquecido mesmo conservando casas antigas, ruas estreitas, ladeiras sinuosas e a simplicidade de sua população.

Após ocupar no passado um lugar de destaque como polo exportador do cacau que entrou em decadência com o aparecimento da praga Vassoura de Bruxa.

Atualmente as grandes fazendas e casarões se adaptaram aos novos tempos, e aliam a prática da lavoura, turismo e conservação do meio ambiente, que garantem através das corredeiras do Rio de Contas, beleza e emoção a seus visitantes.

Tendo como lema “Nossa meta é a tua felicidade” na entrada de Taboquinhas existe a base do Itacaré Rafting, que garante com alegria, adrenalina, responsabilidade e total segurança a prática do esporte de aventura.

Serviço:

Itacaré Rafting

Taboquinhas – Fazenda Providência

Responsável: Professor de educação física – Francisco Baracho

Contato: (73) Base – 3696-2108 – (73) 3251-2050 – Itacaré

(71) 9273-8622

GALERIA DE FOTOS:

Postado às 00h01 Turismo [ 7 ] Comentários

Um grupo eclético formado por pessoas de São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro, sob o comando do Guia “DiMenor”, que conhece cada cantinho de Itacaré-BA.

Itacaré – BA: Praia da Engenhoca um paraíso para prática de surf.

Itacaré-BA: Praia de Itacarezinho exuberância e beleza em seus 3,5 km de extensão.

Redação/eliasjornalista.com  O período de férias nem sempre é sinônimo de descanso merecido, com pernas para o alto e muito sossego. O início de 2014 resolvi aliar trabalho e férias e desbravar a região de Itacaré-BA, após percorrer 1.050 Km de Natal à Salvador e passar o Réveillon na capital baiana, onde pude registrar o show histórico dos cantores Gil e Caetano.

A cidade de Itacaré está localizada a 240 km de Salvador, acesso pela BA 001. Fiquei durante 5 dias numa localidade conhecida como “FORJO” área de proteção ambiental de Mata Atlântica distribuída entre fazendeiros, quilombolas e forasteiros, onde convivem e respeitam a natureza.

Com esta experiência pude comprovar que podemos viver por algum período: sem tv, internet, telefone, energia, água gelada, fogão e demais confortos que desfrutamos em nossa casa.

Um grupo de 12 pessoas ansiosas para conhecer as praias do litoral de Itacaré, partem para a trilha em direção as praias de Engenhoca, Havaizinho, Gamboa e Itacarezinho, sob o comando do guia conhecido pelo apelido de “Dimenor”, que domina cada cantinho do percurso.

“Em Itacaré a palavra de ordem para os turistas é aproveitar o máximo da natureza, não apenas contemplar o belo litoral coberto por extensos costões e coqueirais, mas também ajudar a preservá-lo”, disse Di Menor.

Praia da Engenhoca:

A trilha para se chegar a praia é uma das mais bonitas, tendo como destaques árvores centenárias e um vasto coqueiral, além de ser frequentada por surfistas devido as boas andas. Nem a construção de um resort de alto padrão que foi embargado mudou a característica do local.

Praia do Havaizinho e Praia da Camboa: As duas praias são constituídas por pequenas enseadas separadas por recifes, onde predominam ondas fortes e uma costa coberta por coqueirais. Na maior parte do ano elas ficam quase desertas

Praia de Itacarezinho:

A exuberante beleza da praia nos faz refletir porque seu nome foi escrito no diminutivo “Itacarezinho”, que para os visitantes significa um paraíso de tirar o folego nos seus 3,5 km de extensão com muitos coqueiros e excelentes ondas que fazem a alegria dos surfistas.

Como chegar à Itacaré-BA:

De carro: De Salvador pegar o Ferry-Boat até a Ilha de Itaparica, seguir a BA 001, através da cidades de Nazaré-Valença-Camamu – Itacaré (230 Km)

De Avião: Em Ilhéus está localizado o aeroporto mais próximo de Itacaré (70 Km), pegar táxi até Itacaré cerca de R$ 120,00 ou pegar o ônibus na rodoviária valor da passagem R$ 9,50.

Importante: Já que as trilhas não são sinalizadas é importante ter um guia para realizar o passeio.   GUIA DIMENOR – Contato: (73) 9999-0582 – 9956-1203 GALERIA DE FOTOS:

Postado às 00h12 DestaqueTurismo Nenhum comentário

O Farol de Itapuã faz parte da bela paisagem do litoral baiano.

Coqueirais na Praia de Stella Maris, Salvador-BA.

Praia do Flamengo, Salvador (BA).

Redação/eliasjornalista.com

O turista que chega ao litoral de Salvador é recebido com uma mensagem bastante sugestiva “jogue limpo com as nossas praias”, válida também para os moradores da cidade. A prefeitura reforça a campanha com colocação de banheiros químicos na orla e lixeiras espelhadas nas areias, e assim visa melhorar o aspecto de limpeza do litoral baiano.

Após algumas horas percorrendo o litoral, passando pelas praias de Itapuã, Stella Maris e Flamengo, percebe-se a riqueza natural e o tamanho de suas belezas.

Praia de Itapuã

Cantada em verso e prosa por Vinícius de Moraes, a Praia de Itapuã é certamente a mais famosa de Salvador, ótimo lugar para se “passar uma tarde” e rever os amigos. As águas mornas proporcionam formações de corais e piscinas naturais. Coqueiros próximos à praia convidam você para um gostoso banho de mar.

Praia de Stella Maris

Com boas ondas para a prática do surf, a praia de Stella Maris também tem trechos protegidos por pedras que formam piscinas naturais na maré baixa, atraindo famílias com crianças. O movimento é grande por conta dos resorts e casas de veraneio.

Praia do Flamengo

Com bastante espaço na areia e convidativo a uma caminhada, a Praia do Flamengo é um lugar bucólico que atrai muitos turistas que curtem a natureza do local. Apesar das ondas fortes, a maré baixa favorece a formação de piscinas naturais com águas verdes, e uma sensação de que o tempo não vai passar.

Todas estas praias tem seu início no bairro de Itapuã, no final da orla, a 21 quilômetros de Salvador.

GALERIA DE FOTOS:

Postado às 10h10 Turismo Nenhum comentário

Maria Claudia (Empetur), na apresentação do destino e potencial turístico de Pernambuco, em almoço no Restaurante Patuá (Olinda-PE) – Contato: (81) 3055-0833.

Local onde os jornalistas ficaram hospedados: Villa Hípica Resort (Gravatá-PE) – O Resort oferece uma área de hipismo e uma piscina ao ar livre, e está situado a apenas 5 minutos de carro do centro comercial. Contato: (81) 3533-9600

A jornalista Simone Silva, se encanta com o potencial de Gravatá no cultivo de flores tropicais.

Estudantes de Gravatá e jornalistas fazem trilha na Reserva Ecológica do Engenho Jussará, sob as orientações do Guia Mário Alves.

Museu do Carro Antigo “Sonho de Criança” Não deixe de conhecer este lugar encantador e fazer uma viagem no tempo.

Villa Hípica Resort: José Roberto La Greca (Diretor) e Henrique Timóteo (Gerente), na recepção aos jornalistas. Foto: Canindé Soares.

Villa Hípica Resort: José Roberto La Greca (Diretor) e Henrique Timóteo (Gerente), Thiago (Sec Tur Gravatá), recepção aos jornalistas. Foto: Canindé Soares.

Redação/eliasjornalista.com

“Jornalistas do Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará desbravam Gravatá”

No período de 3 a 6 de outubro, um grupo de 12 jornalistas dos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará, liderados por Cristina Lira, jornalista especializada em turismo e expecte em Press Trip (viagem de imprensa com a finalidade de  divulgar, promover um destino e seus atrativos) por todo país, participaram pela segunda vez do destino Gravatá, no estado de Pernambuco. Foram 5 dias desbravando o que há de melhor na região baseado no potencial turístico, atrativos naturais, restaurantes, destinos hoteleiros e mercado de artesanato local.

Foram visitados os principais pontos da cidade, entre eles:  Alto do Cruzeiro, Estação do Artesão, Mercado Cultural/Feira Livre, Museu do Carro Antigo, Polo Moveleiro, e a Festa da Estação no Pátio de Eventos. Além da área rural onde se abrigam o Parque Eólico, as áreas produtoras de flores tropicais e a reserva ecológica do Engenho Jussará. Os participantes fizeram uma trilha sob a orientação do ambientalista Mário Alves, e conheceram espécies de árvores raras e estranhas, e compartilharam lendas e histórias sobre a região, com destaque para preservação e conservação ambiental.

O município de Gravatá (PE), encontra-se a 84 km da capital pernambucana, Recife. A cidade conta com uma população estimada em 77.845 mil habitantes. “Uma cidade turística, polo gastronômico, turismo ecológico e de aventura, grandes eventos e mais de 20 mil casas chamadas de segunda residência. São mais de 3.200 leitos que formam a cidade hoteleira: chalés, pousadas, hotéis, spa e resort. A cidade tem mais de 80 equipamentos entre bares, hotéis, cafés, chocolaterias e restaurantes”, destaca Cristina Lira.

Os apoios do Serhs Natal Grand Hotel, Restaurante Patuá (Olinda-PE), Villa Hípica Resort, da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) e da Secretaria de Turismo de Gravatá, além do receptivo e transfer da Martur, foram fundamentais para realização do evento.

Serhs Natal Grand Hotel. O Serhs Natal Grand Hotel está localizado entre as praias de Ponta Negra e Areia Preta, na Via Costeira de Natal, a 12 km do Aeroporto Augusto Severo e a 500m do Centro de Convenções do Rio Grande do Norte. Destaca-se por sua moderna e elegante construção e sobre tudo pela qualidade dos seus serviços e instalações. Contato: (84) 4005-2000

MARTUR Viagens e Turismo – Uma agência de viagens com mais de 20 anos de experiência em turismo de lazer, receptivos, congressos e eventos. Av. Engenheiro Roberto Freire, 2951 – Capim Macio – Natal – RN. Contato: 84 3219.5667 (Natal) –   81 3312.3666 (Recife).

Restaurante Patuá (Olinda-PE) – Delícias do Mar, localizado no Sítio Histórico de Olinda, é possível fazer uma viagem gastronômica através das maravilhas da região. Cardápio variado com Entradas, Saladas, Pescados, Sopas, Frutos do Mar, Pastas, Aves, Carnes e muito mais. Contato: (81) 3055-0833.

Villa Hípica Resort (Gravatá-PE) – O Resort oferece uma área de hipismo e uma piscina ao ar livre, e está situado a apenas 5 minutos de carro do centro comercial de Gravatá. Perfeito para quem está à procura de tranquilidade. Construído a partir dos mais altos padrões internacionais de hotelaria, o Resort conta com infraestrutura de primeira qualidade tanto para negócios como para lazer. Contato: (81) 3533-9600.

Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) – Órgão responsável pela gestão do Turismo em Pernambuco, a Empetur tem como objetivo proporcionar maior transparência e celeridade às solicitações de patrocínios para projetos de conteúdo turístico, tais como a produção de livros, filmes, peças teatrais, CDs e DVDs, bem como a realização de projetos sociais, feiras, exposições e congressos.Contato:  81 3121-2100 / 81 3121-2101.

Secretaria de Turismo de Gravatá – PE – Motivos não faltam par subir a Serra das Russas e desfrutar das delícias de Gravatá, verdadeiramente um lugar de gente feliz, festeira e muito receptiva. A cidade dispõe de uma diversidade de atrativos turísticos e excelente infraestrutura hoteleira e de restaurantes. É um recanto propício à prática de vários segmentos do turismo, desde o descanso e lazer até o turismo equestre, turismo de eventos, passando pelo turismo de aventura, ecoturismo e turismo cultural. Contato: (81) 3563-9020

Galeria de Fotos:

 

Postado às 13h09 Turismo [ 1 ] comentário

A jornalista Cristina Lira com familiares no plenário da Assembleia do RN.

O deputado Ezequiel Ferreira (PDT) com Cristina Lira.

Redação/eliasjornalista.com

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, realizou na amanhã desta sexta-feira (20), sessão solene para entrega do título de cidadã norte-rio-grandense, a jornalista Cristina Lira, especializada na área de turismo. Ela que é natural de Salvador (BA), e Potiguar de coração recebe mais um título, pois já possui o de cidadã natalense. A proposição da homenagem foi do deputado Ezequiel Ferreira (PDT).

Em seu discurso Ezequiel Ferreira destacou a atuação da jornalista em favor do turismo no estado com destaque nacional e internacional. “A jornalista Cristina Lira é uma das responsáveis por divulgar o Rio Grande do Norte e suas belezas turísticas e culturais. Receba a sua certidão de batismo do Rio Grande do Norte pelo seu trabalho, sua luta e vitórias, porque você encontrou a sintonia que nos falta, o tom do turismo”.

Emocionada, Cristina Lira em seu discurso exaltou a compreensão da família com relação as ausência por ter que realizar tantas viagens, principalmente com os “Press Trip”, onde leva jornalistas para desbravar novas área turísticas. Agradeceu também aos amigos que ajudaram em sua trajetória, sem esquecer dos parceiros que incentivaram a sua carreira e lhe abriram as portas para que pudesse desempenhar o seu trabalho.

Finalizando, Cristina Lira disse que os dados oficiais do turismo do estado precisam ser atualizados: “Essa história de que emprega 150 mil trabalhadores, com certeza já saiu desse patamar, precisa ser revisto. O segmento do turismo é a mola mestra da economia norte-rio-grandense e espero que as entidades voltem a lutar pelo nosso verdadeiro turismo, por mais segurança e muito mais, pois nosso Estado merece”.

Galeria de Fotos:

Postado às 20h09 CidadeTurismo Nenhum comentário

Marcelo Alvim (Seturde), José Raimundo Zacarias (Palestrante) e Almirante Gamboa, favorável a construção da  Marina em Natal.

Questões sobre ecologia e o meio ambiente foram levantados pela plateia da Conferência.

Redação/eliasjornalista.com

A conferência com o tema “Economia Náutica, Potencialidade e Perspectivas”, foi realizada na tarde desta segunda-feira (16), no auditório do Centro de Educação da Universidade Feral do Rio Grande do Norte (UFRN).

O palestrante e debatedor foi o diretor da empresa Oceanus Náutica Consultoria, José Raimundo Zacarias, que foi o responsável pelo projeto das marinas instaladas no litoral da Bahia e principalmente a Marina de Salvador.

Empresários do turismo náutico e alunos do curso de Turismo da UFRN fizeram parte da plateia e ouviram atentamente as explicações de José Raimundo Zacarias sobre a viabilidade de se construir a marina em Natal. Além dos ganhos que esta ação traria para cidade. Toda conferência tomou como base a experiência de Salvador onde o turismo náutico gera hoje 60 mil empregos diretos e indiretos.

“É preciso que toda a comunidade universitária conheça também a importância do turismo náutico, como ferramenta econômica que gera emprego e renda”, disse Fernando Bezerril, secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde).

“Existe um plano estratégico do turismo náutico sendo feito em alguns estados brasileiros, onde o RN poderá ser incluído. “Temos capacidade e experiência local, o que falta é uma reflexão aprofundada sobre o assunto, onde a universidade é o local apropriado para as discussões, e ver os caminhos a seguir. Foi feito em Salvador e pode ser feito em Natal” ressaltou Zacarias.

O impacto que a marina poderia trazer ao meio ambiente (Manguezal):

As questões ambientais tem que ser observadas. Temos que fazer uma reflexão, primeiro saber se os dados sobre os manguezais são consistentes. A construção da Marina no sentido globalizante interessa ao município de Natal? Se interessa vamos ver os projetos e estudá-los para que possam ser realizados a custo zero para ecologia e o meio ambiente. Nós somos seres poluentes, então temos que tomar os cuidados para corrigir esta questão.

Sobre a popularização dos exportes náuticos:

Não existe nenhum plano de marketing para popularizar os esportes náuticos. Tudo isso funciona como uma onda, a partir do momento que os iates clubes abraçarem a causa e oferecer aulas de velejar em suas bases este aspecto vai mudar. A extensão de projetos sociais e que alcance grande parte da população pode também ser uma solução.

Galeria de Fotos:

Postado às 21h08 Turismo [ 3 ] Comentários

Projeto Semear – Os participantes do passeio de buggy solidário viveram momentos de emoção nas dunas móveis de Genipabu.

Grupo Despertar de Apoio Emocional à Portadora de Câncer de Mama (Liga Norte Rio Grandense contra o Câncer), com 35 participantes.

Abinoam Gonzaga, criador do “Projeto Semear”, com a família no passeio.

O Instituto de Cegos de Natal participou do passeio.

Fátima Cristina, presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Autistas do RN (APAA-RN), com seu grupo na Lagoa de Pitangui.

Nem mesmo as chuvas que caíram na manhã desta quinta-feira (29) em Natal, tirou o brilho e a felicidade das 450 pessoas que participaram do 6° Passeio Beneficente dos Bugueiros de Cristo-Projeto Semear, com o trajeto Natal – Dunas e Lagoa de Genipabu, Balsa e Lagoa de Pitangui.

A solidariedade de 150 bugueiros fizeram a alegria das instituições participantes:  APAE-RN, APAARN, Instituto de Cegos(Alecrim), Orfanato (Conjunto Santa Catarina), Orfanato (Mãe Luíza), Pacientes com Câncer (Liga NRG contra o câncer) Grupo de 3° Idade (Conjunto Pirangi) e dependentes químicos do Projeto Semear.

Segundo Abinoam Gonzaga, criador do “Projeto Semear”, o passeio é um presente dos bugueiros que doa um dia de trabalho anualmente para realizar o evento sem cobrar nada. “Com este gesto todos os bugueiros demonstram solidariedade pelas pessoas menos favorecidas que não podem pagar R$ 360,00 por um passeio de buggy. Não existe preço ver o sorriso de uma criança e a felicidade de todas as pessoas que se engajam nesta causa”, ressaltou.

“O passeio é muito importante para as crianças dado as dificuldades que as mães tem de proporcionar lazer para elas. Sou mãe de um garoto autista e essa é uma oportunidade de integração com outras pessoas que passam pelas mesmas dificuldades que nós”, disse Fátima Cristina, presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Autistas do RN (APAA-RN – Tel. 84 – 3211-8354).

Para Jovanete Guedes, coordenadora do Grupo Despertar de Apoio Emocional à Portadora de Câncer de Mama (Liga Norte Rio Grandense contra o Câncer – Tel. 4009-5510), o passeio é uma forma de reunir os componentes do grupo para ter um dia de lazer e troca de experiências. Com trinta e cinco participantes aproveita para distribuir um folder e divulgar as atividades da instituição.

“Nunca vou esquecer deste passeio, só Deus para retribuir os organizadores e o Instituto de Cegos que nos trouxe até aqui. A Instituição se esforça para inserir todos nós na sociedade, além de mostrar que somos pessoas comuns, e que o problema da visão pode ser compartilhado socialmente. Não preciso enxergar para sentir a beleza de um passeio como este, a audição, o cheiro e o barulho do mar me faz sentir está num lindo lugar”, disse Eduardo Joaquim (19), cego de nascença.

A solidariedade é uma qualidade que dignifica o ser humano. É um laço recíproco entre as pessoas, entre as comunidades e grupos humanos. Atitudes como esta do “Projeto Semear” não apenas movimenta mais responsabiliza e chama atenção da sociedade, para que cada um faça a sua parte e ajude o próximo com ações sólidas e permanentes.

Projeto Semear – Informações: Abinoam – 84 8844-9505 – 84 9906-7809

Galeria de Fotos:

Postado às 00h07 DestaqueTurismo [ 2 ] Comentários

A governadora do RN, Rosalba Ciarlini, visitou o Salão Rota Nordeste 101, nesta sexta-feira (5).

Alunos da Universidade Potiguar (UNP) do Curso de Turismo participam do Salão Rota Nordeste 101.

Redação/eliasjornalista.com

O Centro de Convenções Natal, continua sendo palco até sábado (6), do Salão Rota 101 Nordeste. O evento reúne quatro estados: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas, com destaque para união entre os quatro estados participantes, em prol do fortalecimento do turismo regional via modal rodoviário.

Entre os palestrantes desta sexta-feira: A Secretária de Turismo de Maceió, Claudia Pessoa, que é presidente da Associação Nacional dos Secretários de Turismos das Capitais (ANSEDITUR), o Secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa, com a palestra “Pernambuco: Turismo como polo de desenvolvimento”, o vereador da cidade de Gramado Jaime Schaunioffel, com apresentação do Case de Sucesso : Natal Luz de Gramado (RS) e finalizando a rodada de palestras, o Coordenador Geral de Análises de projetos do Ministério do Turismo, Bernardo Castro, que falou sobre a Viabilidade e Análise de Projetos.

A governadora do Estado Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, visitou o Salão, no início da noite, acompanhada do secretário de Estadual de Turismo, Renato Fernandes. “O salão é apenas uma parte do projeto, que trabalha com o turismo rodoviário. E vai servir de modelo para outros estados, algo já inserido e incentivado na cartilha do Ministério do Turismo”, disse o secretário.

A união entre o estado potiguar com a Paraíba, Pernambuco e Alagoas deu certo e já está consolidada. “Estou muito feliz em ver que ideia deu certo e que o evento é um sucesso, não só pela presença de público, mas, principalmente, pelas operadoras de turismo e por aqueles que formam a rede hoteleira que estão vendo neste evento um mercado que se abre. O turismo é fundamental para gerar emprego e renda e desenvolver o nosso Estado”, afirmou Rosalba Ciarlini.

São 128 estandes montados com atrações culturais e gastronômicas, além de  apresentações culturais de grupos folclóricos, e culinária típica de cada estado representado.

No palco as apresentações, entre outros grupos, o xaxado da Paraíba, o frevo de Pernambuco e os folguedos de Alagoas. O Rio Grande do Norte, como anfitrião do evento, mostrou  o Boi de Reis, de Extremoz; os Congos de Calçola, da Vila de Ponta Negra; os Caboclinhos, de Ceará-Mirim; e o Makulelê.

No espaço gastronômico contar com dois pratos típicos de cada estado da Rota 101 Nordeste. A Paraíba, representada pelo restaurante Tábua de Carne, vai servir carne de sol e cordeiro.

Já Alagoas participará do Salão com espaguete ao molho de camarão e arroz de polvo. Pernambuco trará o bobó de camarão com arroz de açafrão e o cuscuz de mandioca com queijo coalho.

O Rio Grande do Norte, serve a tradicional paçoca de D. Adalva Rodrigues e o camarão potiguar, na manteiga, que tanto sucesso fazem nas feiras de Turismo pelo Brasil.

A entrada para o Salão é gratuita.

Galeria de Fotos:

Página 18 de 19« Primeira...10...1516171819