Marca Maxmeio

Postado às 17h04 Geral [ 1 ] comentário

DSC_0076-1_AssinaturaGovernadoraDSC_0092-1_Bancada

Por Elias Medeiros

A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, assinou na manhã desta  segunda-feira (23), o protocolo de intenções com a empresa australiana Crusader para o desenvolvimento do Projeto Borborema, na cidade de Currais Novos, região do Seridó.

O Projeto Borborema,  potencializa o setor mineral no Rio Grande do Norte com investimento de R$ 400 milhões e estimativa de gerar 320 empregos diretos e 1.500 indiretos. Além disso, a capacidade anual de produção é de 5 toneladas de ouro, o que representa cerca de 8% da produção nacional.

O diretor Administrativo-Financeiro da Crusader, Ronisdalber da Silva Bragança, elogiou a forma como a empresa foi recebida no Rio Grande do Norte e destacou que “a parceria trará benefícios para todo o estado”.

A empresa deseja iniciar suas operações em 2014. Enquanto isso, as atividades serão dedicadas aos estudos, licenciamento e aos trabalhos de engenharia nos próximos meses.

O governo comemora o aquecimento do comércio, serviços e a criação de empregos que  serão gerados em toda região do Seridó.

Uma resposta para “Governo assina protocolo para produção de ouro no RN”

  1. Caros conterrâneos,a exploração de minérios no Seridó,precisamente em Currais Novos,vai levar muito
    desenvolvimento para aquela região norte-rio-grandense,ou seja,dependendo da demora das licenças
    ambientais,uma burocracia muitas vezes desnecessária,atrasando o desenvolvimento.A riqueza exis-
    tente no Seridó levará muitos empregos em todos os níveis,qualificação da mão-de-obra,desenvolvimen-
    to do comércio,saneamento,infraestrutura ,tecnológico e os royalties provenientes.
    O nosso Estado do Rio Grande do Norte vai exportar minérios para muitos países,trazendo riqueza pa-
    ra a região.Com certeza,as classes política e empresarial do nosso Estado deverão estimular e lutar
    para os empreendimentos não demorem a iniciar as suas operações em detrimento de todos nós.
    Não devemos perder tempo.Avante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *