Marca Maxmeio

Postado às 09h02 DestaqueMarinha Nenhum comentário

Hospital Naval de Natal completa 75 anos de assistência médico-hospitalar na capital potiguar.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O Hospital Naval de Natal (HNNa) completa, nesta segunda-feira (4), 75 anos de assistência médico-hospitalar prestada à Família Naval na capital potiguar, atendendo usuários do Sistema de Saúde da Marinha, formado por militares, servidores civis, pensionistas, e seus dependentes, contribuindo para desafogar a demanda dos demais hospitais da cidade.

Atualmente, o HNNa realiza atendimentos em diversas especialidades, como cardiologia, cirurgia geral, clínica médica, dermatologia, fonoaudiologia, geriatria, ginecologia, infectologia, mastologia, neurologia, nutrição, oftalmologia, ortopedia, psicologia, entre outras.

Em 2018, o Hospital realizou 42.672 consultas, número que será ampliado quando for iniciado o atendimento do novo Ambulatório Naval, que teve suas obras finalizadas em janeiro deste ano. As instalações receberão nove consultórios, com clínicas de cardiologia, psicologia e nutrição, e uma sala de ergometria, com capacidade de absorver uma demanda de aproximadamente 1.000 atendimentos semanais.

História

O Hospital foi inaugurado em 1944, quando a cidade do Natal era considerada local estratégico na Segunda Guerra Mundial. Teve origem no pavilhão de enfermaria da antiga Escola de Aprendizes-Marinheiros do Rio Grande do Norte e iniciou as atividades com o objetivo de atender ao crescimento do efetivo militar em Natal, consequência da criação de novas Organizações Militares (OM) da Marinha na cidade, a exemplo da Base Naval de Natal, que funciona até hoje, além do Centro de Instrução “Almirante Tamandaré”, da 3ª Companhia Regional de Fuzileiros Navais e da Força Patrulha Costeira do Nordeste, OM já extintas ou renomeadas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 9 =