Marca Maxmeio

Postado às 10h11 CulturaDestaque Nenhum comentário

Parnamirim é destaque em Encontro Nacional de Educação Infantil.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Escolas da Educação Infantil em Parnamirim foram  representadas no XVIII Encontro Nacional da Educação Infantil – ENEI que acontece de 29 a 31 de outubro, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, com o tema “Políticas de Educação Infantil: currículo, práticas e formação docente”.

“O trabalho na Educação Infantil desenvolvido em Parnamirim é repleto de bons resultados. Por exemplo, a implantação do projeto Quintal do Brincar, as premiações do Selo Unesco, o Festival Cultural que realizou sua segunda edição neste ano no Cine Teatro e o projeto literário do Cmei Liquinha Alves, que recebeu o prêmio Professores do Brasil pelo Ministério da Educação”, disse a Secretária de Educação, Ana Lúcia Maciel.

Promovido pelo Núcleo de Educação da Infância – NEI/CAp – e pelo Programa de Pós-Graduação em Educação, ambos vinculados ao Centro de Educação da UFRN, p XVIII ENEI é um evento científico de periodicidade bianual que busca discutir acerca das políticas voltadas à Educação Infantil no cenário atual.

“Temos apresentado neste ENEI, oito narrativas incríveis de práticas desenvolvidas nos Centros Infantis, nas categorias poster e comunicação oral. Todos estes projetos foram selecionados para apresentação neste evento de porte nacional, divulgando um resultado expressivo do trabalho de excelência desenvolvido para os alunos da Educação Infantil em Parnamirim”, disse Graça Santos, Coordenadora de Desenvolvimento da Educação Infantil no município.

Dentre essas narrativas, estão “Sou criança, sou pequeno e sou autor: atuação do coordeandor pedagógico na produção do livro infantil”, de Milena Teixeira, Juzeine da Silva; e “O coordenador pedagógico e a reflexão do fazer docente”, de Josélia Praxedes.

O ENEI promove momentos de partilha e reflexão acerca das pesquisas e experiências de pesquisadores, professores e estudantes e a socialização de estudos e práticas pedagógicas que considera a criança como sujeito histórico, social e cultural de direitos, interesses, desejos, opiniões, ideias e capacidade criadora no seu desenvolvimento global.

O Encontro, que é encerrado hoje, 31, contempla atividades como mesas redondas, comunicações orais, diálogos pedagógicos, sessão de pôsteres, lançamento de livros e apresentações culturais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 4 =