Marca Maxmeio

Postado às 00h11 CidadeDestaqueEventos Nenhum comentário

Fenacam 2018 é aberta oficialmente e homenageia governador Robinson Faria pelo apoio do Estado.

O governador Robinson Faria prestigiou a solenidade, e recebeu uma homenagem pelo apoio ao evento.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Consolidado como o grande acontecimento anual da aquicultura e carcinicultura brasileira e latino-americana, a Feira Nacional do Camarão (FENACAM) teve a sua 15ª edição aberta oficialmente, na noite desta terça-feira, 13, no Centro de Convenções de Natal. O governador Robinson Faria prestigiou a solenidade, e recebeu uma homenagem pelo apoio ao evento.

“Estou bastante lisonjeado. Quando deputado estadual, fui autor do projeto de lei que deu segurança jurídica aos carcinicultores. Na época, infelizmente foi vetado. Mas anos depois, como governador, pude buscar de volta a lei feita por mim, para colocá-la finalmente em vigor no Rio Grande do Norte. E hoje o RN é o estado que oferece melhor segurança jurídica do Brasil para investir na atividade”, destacou Robinson Faria. A feira segue até o próximo 16, com a realização de simpósios e sessões técnicas, entre outras atrações.

A FENACAM é o evento que melhor representa os segmentos estratégicos da carcinicultura, piscicultura e malacocultura do Rio Grande do Norte, do Nordeste e do Brasil, tendo sido iniciada em terras potiguares em 2004 e retornado ao estado no últimos dois anos, após ser realizada por um período em Fortaleza. A feira já se consolidou como o acontecimento técnico-científico e empresarial mais importante da Aquicultura e da Carcinicultura Brasileira e Latino Americana.

 

Postado às 10h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

Governador participa da abertura oficial dos Jogos Escolares da Juventude.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A maior competição estudantil do país começou oficialmente nesta segunda-feira (12), em Natal. A cerimônia de abertura dos Jogos Escolares da Juventude ocorreu hoje, no Colégio Henrique Castriciano, no Tirol, e teve a presença do governador do Estado, Robinson Faria, do ministro do Esporte, Leandro Cruz e do presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Paulo Wanderley Teixeira.

O Governo do Estado entrou como apoiador da etapa nacional dos jogos, cedendo o Centro de Convenções, onde funciona o refeitório com uma média de 83 mil refeições e os espaços para disputas de xadrez, judô e tênis de mesa. A contrapartida do Estado foi de R$ 500 mil e, além disso, o governo contribuiu com instalações esportivas, ambulâncias, segurança logística e recursos humanos.

“Estamos entre as três maiores delegações, com mais de 300 atletas. Sediamos a etapa regional Nordeste em setembro e essa etapa nacional veio para coroar o trabalho que nossa gestão têm feito pela valorização do esporte. Ficamos honrados em sediar essa competição e desejo sucesso aos mais de 5 mil atletas inscritos, em especial à delegação potiguar”, falou o governador

Ministro dos Esportes, Leandro Cruz ressaltou o empenho do governo em receber o evento. “O governo do RN está de parabéns por apoiar o esporte brasileiro e por apoiar o Comitê Olímpico, neste que é sem dúvidas o maior e mais importante evento esportivo escolar do Brasil”, pontuou. O Ministro lembrou, ainda, que os Jogos são uma espécie de berçário para os jovens que vão se projetar no futuro. “Aqui se encontra a nata do esporte nacional da faixa etária escolar, temos os melhores atletas escolares do país”.

Joanna Maranhão, medalhista brasileira na natação dos Jogos Pan-americanos e embaixadora da competição, também reforçou a característica de iniciação do torneio. “Isso aqui é uma espécie de preparação. Eles têm que passar por seletivas para chegar aqui e o ambiente se parece muito com o de grandes competições como as Olimpíadas, então literalmente é uma projeção do que eles podem chegar a viver um dia, o que motiva muito esses jovens”, falou. Além de Joana, os medalhistas olímpicos Tande (vôlei) e Daniele Hypólito (ginástica) também participaram da abertura.

A fase nacional conta com 14 modalidades, sendo elas: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling. O torneio reúne jovens de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, de escolas públicas e privadas de todo o Brasil. No total, são 5.038 atletas dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal, representando 2.153 escolas. Uma delegação do Japão participa da competição como convidada do Comitê Olímpico.

Em 2018 foi definido um novo formato para a competição, com três etapas regionais, destinadas a classificar as modalidades coletivas e uma etapa nacional. De acordo com o COB, o novo formato gerará uma redução orçamentária de aproximadamente 30% em relação aos anos anteriores.

“Estamos começando agora um formato novo, bem preparado pela nossa equipe técnica e com certeza vai ser um sucesso”, disse o presidente do COB, o caicoense Paulo Wanderley Teixeira, que também falou do apoio do governo na promoção do evento. “Agradeço a participação e visão do governo do Estado em apoiar esse evento. Para nós, foi de extrema importância e sem o qual não teríamos condições de promover os Jogos aqui”, acrescentou.

A edição nacional dos Jogos Escolares da Juventude em Natal segue até o dia 25 de novembro com competições em diversos espaços da cidade. Para conferir os locais de provas, basta acessar o site do COB www.cob.org.br/

Também estavam presentes no evento de abertura dos Jogos Escolares da Juventude o vice-presidente da Confederação Brasileira de Taekwondo, Rivanaldo Freitas, o representante da Confederação Brasileira de Tênis, Aristides Moreira Neto, os secretários estatuais Fernando Vilar (Esporte), Manoel Gaspar (Turismo) e Tatiana Mendes Cunha (Gabinete Civil), além da secretária municipal de esporte, Danielle Mafra, e do vereador Robson Carvalho.

Postado às 18h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

Em dias de chuva: Verifique se o seu carro não é baixo demais para o nível de alagamento.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Na chuva, tanto a sua visibilidade quanto o controle do carro será menor, então a velocidade também tem que ser. Concentre-se no seu trajeto e em chegar seguro no local desejado. Com chuva, a atenção do motorista deve ser redobrada, ele precisará tomar mais cuidados por dois motivos: A visibilidade é menor quanto ao que acontece longe, aos possíveis problemas na pista e até mesmo ao posicionamento do veículo na via. O segundo fator principal é que a técnica de dirigir muda, pois, se estivermos falando de asfalto, a aderência do veículo é muito prejudicada. O resultado é uma pista escorregadia, que exige um cuidado muito maior do condutor.

Dicas para Dirigir na Chuva Com Segurança: 1.      Se a Chuva Estiver Forte Demais, Pare o Carro, 2.      Mantenha o Limpador de Para-Brisa em Bom Estado, 3.      Desembace os Vidros, 4.      Mantenha os Pneus em Bom Estado, 5.      Use Faróis Mesmo de Dia, 6. Use os Faróis de Neblina à Noite, 7. Guie-se Pelas Linhas e Tachões, 8. Diminua a Velocidade, 9. Cuide ao Frear, 10. Mantenha Uma Boa Distância para o Veículo da Frente, 11. Preste Atenção No Carro da Frente, 12. Tenha Visão Periférica e a Distância, 13. Cuidado Com os Pedestres, 14. Tenha Muita Cautela ao Ultrapassar, 15. Dirija Com as Duas Mãos no Volante, 16. Dirija em Rotação Mais Alta, 17. Cuidado Com a Aquaplanagem, 18. Siga os Rastros, 19. Tenha um Cuidado Especial nas Curvas e 20. Cuidado ao Atravessar Uma Via Alagada

Fonte: Site DoutorMultas

 

 

 

Postado às 16h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

Projeto para implementação da Lei da Mata Atlântica é lançado na Assembleia.

A iniciativa do Projeto foi do deputado Fernando Lula (PT), o lançamento ocorreu de forma simultânea em outros 5 estados brasileiros (Paraíba, Bahia, Alagoas, Sergipe e Pernambuco).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O projeto “Fortalecendo os Conselhos Municipais de Meio Ambiente por meio dos Planos Municipais de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica – PMMA” foi lançado em audiência pública promovida na manhã desta segunda-feira (12), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. De iniciativa do deputado Fernando Lula (PT), o lançamento ocorreu de forma simultânea em outros 5 estados brasileiros (Paraíba, Bahia, Alagoas, Sergipe e Pernambuco).

“O objetivo da iniciativa é levar conhecimento e mobilização para a implementação da Lei da Mata Atlântica”, destacou Fernando Mineiro. Realizado pela Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma), em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (ONU Meio Ambiente), o projeto conta com participação da Fundação SOS Mata Atlântica e será realizado até abril de 2019.

Para a gestora ambiental Mariana de Oliveira Gianiaki, existe uma necessidade fundamental da participação da sociedade civil na implementação desses planos. Por isso a importância de “alinhar agenda com órgãos como Idema, Semarh, e outros, em função da capacitação dos municípios no planejamento da biodiversidade. Essa biodiversidade é promotora da qualidade de vida da nossa população”, destacou.

O papel das instituições foi afirmado durante a audiência pública que contou com a presença de representantes da secretaria de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Estado do Rio Grande do Norte, secretaria municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, IBAMA, Ministério Público Paulo Kennedy Coelho, Ministério Público e instituições de defesa e promoção do meio ambiente.

Projeto
O projeto ”Fortalecendo os Conselhos Municipais de Meio Ambiente por meio dos Planos Municipais de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica – PMMA” oferece apoio às prefeituras para a elaboração do PMMA, principal instrumento para implementação da Lei da Mata Atlântica. O Plano deverá prever os subsídios ambientais a programas de ação, no âmbito dos Planos Municipais correlatos, tais como o Plano Diretor Municipal, o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Bacia Hidrográfica.

Dois componentes configuram o projeto: o primeiro é de capacitação e oferece a 10ª edição do curso online e gratuito realizado pela Ambiental Consulting, desde 2012 em parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), no âmbito dos projetos de proteção da Mata Atlântica e, desde 2015, em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica no projeto de fomento à elaboração dos Planos Municipais de Mata Atlântica (PMMA).

O segundo componente traz a consulta pública de percepção ambiental, uma ferramenta incorporada ao processo do PMMA por meio de uma parceria da SOS Mata Atlântica e do Instituto Paulo Montenegro. O objetivo é fortalecer o estímulo ao processo participativo como um instrumento de sensibilização e mobilização que leva ao cidadão a oportunidade de refletir sobre os temas ambientais abordados e se manifestar com sua percepção. Ao mesmo tempo, apresenta ao gestor público e ao Conselho de Meio Ambiente, que promove a ação no município, o resultado da avaliação de sua cidade, no olhar do cidadão, o que também aponta necessidade de prioridade na elaboração de políticas públicas voltadas a estas demandas.

Postado às 11h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

Banco de Talentos da Escola da Assembleia conquista Prêmio ABEL 2018.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O Banco de Talentos da Escola da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte conquistou o Prêmio ABEL 2018, consagrando mais um excelente trabalho realizado com as oficinas técnicas, instituindo o Banco de Talentos, que consiste em um cadastro de profissionais para que possam ser contratados futuramente pela Escola da Assembleia.

“Nos orgulhamos de mais uma premiação recebida pela Escola da Assembleia o que reforça, ainda mais, a visão inovadora incentivada por nossa gestão. A premiação reflete um grande desafio enfrentado pelo Poder Legislativo brasileiro: ser capaz de transformar a Assembleia em um órgão mais eficiente como exemplo na área pública. Já foram realizados dezenas de convênios para parceria no desenvolvimento do ensino Legislativo no Estado do Rio Grande do Norte, contando com o apoio da FECAM para esse desenvolvimento de ações de qualificação e aprendizagem. Nós somos a primeira gestão a implantar um mestrado em uma Escola Legislativa do país. Fato também a destacar”, salientou Ezequiel Ferreira.

“Como esse projeto, a Escola da Assembleia demonstra sua preocupação em assegurar um processo transparente em prol da melhor qualidade docente, para garantir o foco à educação da Gestão do presidente Ezequiel Ferreira”, disse o diretor da Escola da Assembleia, Carlos Russo.

O Prêmio ABEL 2018 foi entregue no XXXII Encontro da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas – ABEL, realizado em Curitiba no período de 7 a 9 de novembro. Carlos Russo recebeu o prêmio juntamente com o servidor efetivo concursado, Andrie Bezerra, que atuou em todas as fases do desenvolvimento deste projeto. “É relevante ressaltar a importância do Professor Abdon Cunha, que atuou nas oficinas técnicas neste ano, consolidando o projeto na prática”, destacou o diretor da Escola da Assembleia, ressaltando ainda o crescimento da Escola no cenário nacional. “Esse prêmio é mais uma mostra de que a Escola da Assembleia continua como uma referência na educação legislativa brasileira”.

Banco de Talentos

Formado em 2017, o Banco de Talentos da Escola auxilia no processo de seleção de capacitação profissional nos colaboradores e membros atuantes para melhoria na qualidade do serviço público prestado por estes à população.

A Escola está realizando cadastro, através do Chamamento Público para a manutenção do Banco de Talentos. Poderão cadastrar junto à EALRN todos os profissionais acadêmicos e técnicos especializados, para que componha, em caráter eventual, por período certo e sem prejuízo do exercício das competências inerentes ao seu cargo, equipe constituída para ministrar curso de formação, desenvolvimento ou capacitação de servidores.

As inscrições acontecem até 15 de novembro de 2018, das 8h às 18h, na sede da Escola, e poderão ser feitas pessoalmente ou por procurador legalmente constituído.

Postado às 13h11 CidadePlantão Nenhum comentário

Assembleia promove ação de educação e cultura sobre Centro Histórico de Natal

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Nos 201 mil metros quadrados que delimitam o Centro Histórico de Natal se desenrolaram fatos que marcaram a história da cidade – e do Estado – e que até hoje repercutem na vida das pessoas, apesar da maioria não ter conhecimento do valor desse sítio, o que gera a falta de identidade e não desperta a necessidade de preservação.

Ao sair de casa e se dirigir à Cidade Alta, por exemplo, quantos natalenses já se perguntaram por que o primeiro bairro de Natal tem esse nome? O título é uma alusão à altitude do terreno sobre o rio Potengi. Cidade Alta foi o primeiro bairro de Natal, seu crescimento foi, inicialmente, em direção às margens do rio, na parte baixa, na parte ribeirinha, o que originou o segundo bairro, de nome Ribeira.

Quarta cidade mais antiga do Brasil, Natal tem um patrimônio histórico que precisa ser valorizado, razão pela qual o Memorial da Cultura e do Legislativo volta suas atividades para o sítio histórico da capital do Rio Grande do Norte, com seu projeto Memória Itinerante.

O projeto, que consiste em transmitir os valores fincados na história nativa, permite que alunos de rede pública de ensino tomem contato com o passado que foi edificado para que eles possam usufruir do atual presente. O projeto convida ainda à reflexão sobre o futuro, motivando o senso de preservação e de identidade cultural com o patrimônio explorado.

Na próxima ação, os alunos da Escola Estadual Winston Churchill serão os beneficiados pelo “Memória Itinerante”, que vai percorrer 29 pontos do Corredor Cultural do Centro Histórico de Natal.

“A diretora da escola ficou maravilhada. É um tipo de projeto que os alunos não têm acesso todos os dias. Devemos também levar essa ação a alunos de outras escolas situadas no próprio Centro Histórico, como o IFRN e o CDF”, explicou o curador do Memorial, Plínio Sanderson.

Dentre os 29 pontos, estão itens como a Praça André de Albuquerque, O Largo Vicente de Lemos, o Solar Bela Vista, a Casa de Câmara Cascudo, Fábrica de Fiação de Natal, o Teatro Alberto Maranhão, o Palácio Felipe Camarão e o Palácio José Augusto, sede da Assembleia Legislativa.

As escolas que tenham interesse no projeto podem contatar o Memorial pelo telefone 3232-5961 / 3232-8695 ou ainda pelo email: memorialparlamentar@rn.gov.br.

Postado às 12h11 CidadePlantão Nenhum comentário

Uma obra por semana: Em São Gonçalo, novas ruas são pavimentadas. (Foto: Junior Santos).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN está com obras de infraestrutura em várias comunidades do município. Nesta quinta-feira (8), a Cidade das Flores ganhou mais duas vias pavimentadas, a Rua das Azélias e Rua das Begônias.

Prefeito Paulo Emídio (Paulinho) realizou ato inaugural. “Pavimentar ruas é dar dignidade à população. E, desde que assumimos a prefeitura, estamos lutando para conseguir recursos e levar essa benfeitoria a várias comunidades”, disse o prefeito.

Uma obra por semana

Desde setembro de 2018 que a Prefeitura está entregando à população uma obra por semana. Muitos serviços já foram realizados na área da educação, saúde, infraestrutura, abastecimento de água, esportes, entre outras. De acordo com prefeito Paulinho, o cronograma vai até dezembro de 2019.

 

 

Postado às 18h11 CidadePlantão Nenhum comentário

Memorial da Assembleia Legislativa participa da 3ª edição do Fórum Negócios. (Foto: Plínio Saldanha).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Os potiguares terão nova oportunidade de conhecer um pouco mais sobre sua história e cultura, através do estande montado pelo Memorial da Assembleia Legislativa, na 3ª edição do Fórum Negócios, maior evento corporativo da região Nordeste. O encontro acontece nesta sexta-feira (9), das 18h às 22h, e no sábado (10), das 14h às 22h, no setor oeste do Arena das Dunas.

No espaço reservado ao Memorial do Legislativo, os norte-rio-grandenses terão contato mais próximo com toda a história da Assembleia Legislativa do RN, a importância do Poder Legislativo para a sociedade potiguar, o pioneirismo da mulher na política no Estado, a evolução das urnas e do voto no Rio Grande do Norte, além da curta parte política da vida de Câmara Cascudo, que chegou a ser nosso deputado estadual por três dias.

Para o professor e historiador Fábio Cortez, um dos expositores do projeto, a iniciativa é interessante porque possibilita o resgate e a valorização do patrimônio histórico, além de motivar o senso de preservação e de identidade cultural dos potiguares. “O objetivo é sair das paredes da Assembleia Legislativa em busca do público, levando os potiguares a mergulharem no seu passado, para que possam entender melhor o presente e, assim, construir um futuro melhor”, detalha o professor.

A presença do Memorial do Legislativo no fórum faz parte das ações do “Projeto Memorial Itinerante”, em que a Assembleia Legislativa transpõe seus muros para apresentar à população norte-rio-grandense seu patrimônio histórico e seus valores nativos. Geralmente se apresentando em escolas públicas, o projeto tem, mês a mês, uma temática diferente relativa ao Rio Grande do Norte.

O Memorial Itinerante já esteve presente em outros eventos no Estado, como Festa do Boi, Setembro Cidadão e Congresso da Paz.

Postado às 18h11 CidadeDestaque Nenhum comentário

Implantação de ouvidoria do governo proporciona à população protagonismo na gestão pública.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

A população é um importante componente da gestão pública, principalmente no que se refere ao monitoramento dos gastos e serviços. Ciente disso, o governo do Rio Grande do Norte, que já subiu para o status de um dos mais transparentes do Brasil, acaba de lançar mais um canal de controle social: a Ouvidoria Geral do RN. Por meio de telefone, e-mail ou diretamente na página da internet, os cidadãos norte-riograndenses podem fazer reclamações, denúncias e sugestões, contribuindo para o aprimoramento da gestão e melhoria dos serviços ofertados.

A ouvidoria foi implementada sem custo, a partir da lei complementar nº 638, de junho deste ano, e já está em amplo funcionamento. O sistema utilizado é fruto de um convênio com a Controladoria Geral da União (CGU). De acordo com o Controlador Geral do Estado, Alexandre Azevedo, as primeiras demandas já estão sendo atendidas.

“A criação e o funcionamento de uma Ouvidoria Geral vem reforçar a preocupação do governo em relação à transparência pública, por meio de um canal onde a população pode participar efetivamente da gestão”, destaca o controlador. “No momento que o governo tem uma ouvidoria, ele consegue trabalhar na detecção da corrupção, consegue receber informações externas, denúncias. É o controle social, a população participando”, continua.

A operacionalização da ouvidoria é simples. Todas as demandas recebidas passam por uma filtragem e são encaminhadas às pastas correspondentes, das quais são exigidas respostas dentro do prazo estabelecido na Lei da Transparência. As secretárias que já possuíam ouvidorias próprias (AGN, ARSEP, PGE, CAERN, DETRAN, SESAP, UERN e SESED), passam a integrar a Ouvidoria Geral,  compondo um amplo sistema de informações.

 

A população pode entrar em contato com a ouvidoria por meio dos seguintes canais:

Postado às 10h11 CidadePlantão Nenhum comentário

Cerimônia premia vencedores do concurso de redação da Câmara de Natal.

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Os estudantes vencedores do concurso de redação promovido pela Câmara Municipal de Natal foram premiados nesta quinta-feira (08) durante sessão solene que encerrou as festividades pelos 70 anos de reinstalação do Legislativo natalense após a era Vargas. Para participar do certame, os alunos de escolas públicas e privadas precisaram discorrer sobre a temática da participação do jovem no parlamento municipal. Três trabalhos foram selecionados tendo como autores Juan Lennon Aureliano Fernandes (Colégio Salesiano São José), Isa Medeiros de Souza (Colégio Salesiano São José) e Alejandra Susse Justis Gonzalez (Instituto Maria Auxiliadora).
De acordo com o presidente da Casa, vereador Raniere Barbosa (Avante), os jovens devem estar cientes dos acontecimentos políticos em suas localidades, nos municípios em que vivem. “Este concurso de redação é um chamado aos jovens para que assumam de fato, e de direito, o seu lugar na condução dos destinos administrativos de sua cidade. Já não é mais aceitável que nossa juventude, inteligente, dinâmica e criativa, fique relegada a planos secundários ou totalmente ignorada nos programas e projetos administrativos”, defendeu.
Entre as personalidades homenageadas, a professora Udimar Pessoa, chefe do Memorial da Câmara, falou que o Brasil precisa de políticas públicas voltadas para a juventude que ofereçam respostas para suas necessidades. “Trata-se de melhorar a qualidade de vida e favorecer ao máximo a participação dos jovens nas decisões políticas, sendo este parlamento um ator fundamental neste processo, haja vista que constitui o poder político mais próximo das pessoas”, pontuou.
“Todos os alunos precisaram pesquisar, se voltar para o tema, tirar suas conclusões e escrever. Assim, cumprimos nosso papel de ser esse braço voltado para a formação e educação, não apenas do público interno, mas mantendo esse elo com a sociedade”, destacou a diretora da Escola do Legislativo Wilma de Faria, professora Michele Paulista.
Juan Lennon afirmou que o prêmio serve de incentivo para continuar os estudos com afinco. “Fiquei muito feliz e até surpreso com o resultado. Mas eu sempre me interessei por política porque acredito que ela é um instrumento de transformação da sociedade”, disse ele, que alcançou a primeira colocação no concurso. Isa Medeiros, também do Colégio Salesiano, acredita que seu êxito se deve ao interesse por história. “É uma disciplina que gosto bastante, que considero rica em conhecimentos sobre várias áreas da vida”, avaliou. Alejandra Gonzalez, do Instituto Maria Auxiliadora, lembrou que o período de preparação para o ENEM ajudou a melhorar seu desempenho no concurso. “O jovem precisa se posicionar e assumir um papel de protagonismo na política para implementar mudanças que melhorem a vida de todos”, concluiu.
Página 2 de 16212345...102030...Última »