Marca Maxmeio

Postado às 22h06 PlantãoPolítica Nenhum comentário
“O povo brasileiro paga um preço muito alto pelo golpe”, afirma Mineiro

“O povo brasileiro paga um preço muito alto pelo golpe”, afirma Mineiro. 

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Citando a denúncia do presidente Michel Temer (PMDB) pelo crime de corrupção passiva por parte do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o deputado Fernando Mineiro (PT) fez pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (27) e convocou a população a sair às ruas no próximo ato de protesto. Mineiro afirmou que os brasileiros não podem ser indiferentes ao momento atual e que os representantes do povo não podem ser cúmplices do “caos” que se instalou no País.

“Não podemos ser cúmplices com a indiferença da sociedade e o descalabro que se instalou no Brasil com a saída de uma presidente honesta. Pela primeira vez temos no Brasil um presidente denunciado por esse tipo de crime, induzido por grande parte da mídia e pela sociedade que apoia esse setor golpista”, afirmou o parlamentar.

Mineiro questionou sobre qual a maior gravidade: “as pedaladas fiscais” que levaram a presidente Dilma Rousseff a sofrer impeachment ou os crimes pelos quais o presidente Temer está sendo acusado. O deputado também orientou os potiguares a cobrarem posicionamento dos representantes do RN no Senado e Câmara, caso haja votação pela perda do mandato de Temer.

“Eu sugiro aqui que todos leiam as 64 páginas onde constam as ações, denúncias, provas e crimes cometidos pelo ´espoliador da República´ de março de 2016 até abril deste ano. Onde estão aqueles que diziam que ao tirar Dilma a corrupção seria varrida do Brasil e o desenvolvimento retornaria, fraudando a vontade do povo”? questionou o deputado.

Mineiro afirmou que sentiu vergonha alheia na recente viagem internacional do presidente e que ao contrário, o ex-presidente Lula era muito bem tratado pelos chefes de Estado nas missões institucionais. Afirmou que uma presidente honesta foi substituída por uma “quadrilha”: “Só existe um caminho para o Brasil retomar a sua credibilidade, a economia e voltar o processo iniciado com a transferência de renda e de justiça social”, concluiu.

Postado às 21h06 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Selecionados para atuar no projeto Mediação Comunitária participam de apresentação do curso “Mediação e Conciliação Comunitária”

Selecionados para atuar no projeto Mediação Comunitária participam de apresentação do curso “Mediação e Conciliação Comunitária”. (Foto: Elpídio Júnior).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Os 24 selecionados pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) e pela Câmara Municipal do Natal para atuarem como mediador e conciliador no projeto “Mediação Comunitária” de autoria do vereador Ney Lopes Júnior (PSD), participaram na tarde desta segunda-feira, 26, no auditório da Escola Legislativa da Câmara de Natal de um encontro de apresentação do Curso de Mediação e Conciliação Comunitária.

O projeto Mediação Comunitária foi aprovado pela Câmara Municipal do Natal em março deste ano e funcionará como programa piloto em quatro bairros da cidade: Redinha, Brasília Teimosa, Felipe Camarão e Cidade da Esperança.

Na ocasião, foram fornecidas aos presentes todas as informações sobre a formação e atuação dos voluntários junto à comunidade.  Os mediadores e conciliadores atuarão de forma voluntária.

Para Socorro Medeiros, liderança comunitária do bairro Cidade da Esperança, Zona Oeste de Natal, o curso veio em boa hora e será muito bem aproveitado por ela.

“Esse curso será muito importante para agregar valor ao trabalho que eu já desenvolvo e também porque com a certificação e o reconhecimento que o TJ vai dar para os participantes do projeto eu poderei ter acesso a algumas instituições públicas e assim defender os interesses da população”, disse a futura conciliadora do projeto.

Essa é a primeira turma de mediadores e conciliadores selecionados para atuar nas comunidades, uma grande responsabilidade, segundo o Juiz de Direito, Herval Sampaio, Coordenador estadual do Centro Judiciário de Solução de Conflitos (Cejusc).

“Os selecionados têm nas mãos a chance de fazer história nesse projeto, é por meio das ações desenvolvidas e dos resultados obtidos por eles que saberemos a eficiência do projeto e a partir daí trabalhar para expandir para os demais bairros de Natal”.

Ney Lopes Júnior reforçou a importância da imparcialidade dos mediadores e conciliadores diante dos conflitos encontrados nas comunidades “O curso é o momento de alinhar e definir o papel de cada um no projeto. Todos serão orientados a conduzir os processos sem favorecer nenhum envolvido e assim criar opções de cooperação e resolução entre as partes”.

O presidente da Câmara Municipal do Natal, vereador Raniere Barbosa (PDT), participou do encontro de apresentação do curso e elogiou a iniciativa.

“Esse projeto além de ser importante para Câmara é importante para a sociedade natalense principalmente para as comunidades que muitas vezes têm dificuldade de acesso ao sistema judiciário e aos seus processos que às vezes são um tanto lento. E a mediação vai dar uma celeridade e vai interagir com essas pessoas”, comentou.

A agenda desta segunda-feira, 26, do projeto Mediação Comunitária segue com uma palestra que será realizada às 19h no salão paroquial da paróquia Nossa Senhora da Esperança – na Avenida Adolfo Gordo s/n – no mesmo bairro.

 

Postado às 20h06 EventosPlantão Nenhum comentário
Conselho de Economia lança “XVII Prêmio RN de Economia” e inscrições seguem até 10 de julho.

Conselho de Economia lança “XVII Prêmio RN de Economia” e inscrições seguem até 10 de julho.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – CORECON/RN lança o Prêmio “XVII Prêmio RN de Economia-2017”, promovido em parceira com o Conselho Federal de Economia – COFECON e dá premiação em dinheiro aos três melhores trabalhos monográficos, em nível de graduação. Para participar é necessário que seja recém-formado em Ciências Econômicas e realize as inscrições até o próximo dia 10 de julho.

O objetivo do concurso é estimular a pesquisa científica, incentivando os novos profissionais a divulgarem estudos realizados e cuja temática envolva a área. Os três primeiros lugares receberão, respectivamente, R$ 2 mil, R$ 1 mil e R$ 500 reais.

O resultado será divulgado pelo Conselho até o dia 07 de agosto de 2017 e, o primeiro lugar, além da premiação em dinheiro, também será remetido ao COFECON para concorrer ao “XXIII Prêmio Brasil de Economia”, na categoria Monografia de Graduação em Ciências Econômicas.

Confira regulamento completo: http://www.corecon-rn.org.br/wp-content/uploads/2017/05/Folder%20PRNE%202017.pdf

 

Postado às 20h06 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Frente Parlamentar da Agricultura discute melhorias para o setor. (Foto: Eduardo Maia).

Frente Parlamentar da Agricultura discute melhorias para o setor. (Foto: Eduardo Maia).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Frente Parlamentar de Apoio à Agricultura Familiar da Assembleia Legislativa promoveu nova reunião nesta segunda-feira (26), na sede da Emater/RN, onde debateu assuntos como o cenário atual da atividade no Estado e o programa Agro+RN, de iniciativa da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (SAPE). O fórum atua em favor do desenvolvimento da atividade no Rio Grande do Norte, reunindo legisladores estaduais e entidades ligadas ao setor.

Presidente da Frente Parlamentar, o deputado Souza (PHS) destacou os avanços já conquistados pelo fórum. “Em pouco mais de um mês, já temos como resultados práticos os projetos de assentamentos rurais produtores de petróleo, que devem ser titulados pelo Incra até o final do ano, além dos avanços na regularização fundiária. Um outro ponto importante é a assistência técnica ao trabalhador rural, que já conta com convênio firmado entre o Incra e a Emater para o avanço do Programa Mulher nos assentamentos”, disse o parlamentar ressaltando o papel articulador da Frente.

Durante a reunião, o professor César Oliveira, membro da base do Laboratório de Estudos Rurais da UFRN (LabRural), falou sobre o cenário atual da atividade no Estado e fez apontamentos para a construção de uma agenda positiva para o setor.

“A agricultura familiar do RN tem enorme importância econômica, social e ambiental para o Estado, mas para que a atividade se desenvolva é necessária a realização de reforma agrária, regularização fundiária, elaboração de uma política estadual de assistência técnica e extensão rural, política de agroecologia e convivência com o semiárido, além da ampliação ao crédito rural, entre outros aspectos que devem ser priorizados”, defende ele.

De acordo com César, o Estado registra 71 mil estabelecimentos agropecuários, ocupando uma área de 1 milhão de hectares. Do total de R$ 1,1 bilhão produzido por toda a agropecuária no RN, cerca de R$ 440 milhões são gerados pela agricultura familiar. Outro dado observado pelo professor é a falta de escolaridade dos agricultores. Segundo ele, mais da metade dos estabelecimentos agropecuários do Estado são dirigidos por agricultores em condição de analfabetismo ou semianalfabetismo.

“Esse quadro cria dificuldades ao processo de desenvolvimento da atividade e nos coloca diante de um grande desafio: a necessidade de escolarização, principalmente dos jovens, para recepcionar tecnologias que possibilitem a produção de alimentos saudáveis no meio rural”, concluiu César Oliveira.

Presente na reunião, o secretário estadual de Agricultura, Guilherme Saldanha, fez uma explanação sobre o programa Agro+RN, recém-lançado pelo Governo do Estado, e reforçou a importância da iniciativa para o setor. “Estudando os números de liberação de créditos rurais no Estado, concluímos que o RN tem captado poucos recursos para o setor do agronegócio. Do montante de recursos disponibilizados pelo Governo Federal, estamos captando menos de 0,1%. É muito pouco para um Estado eminentemente baseado no Turismo e no setor Agropecuário. Diante desse quadro reunimos o setor para definirmos um programa de governo que colabore com o desenvolvimento da atividade, surgindo assim o Agro+RN”, explica o secretário.

Ainda de acordo com Guilherme, o programa funciona em parceria com o Governo Federal, buscando facilitar a abertura de negócios no setor agropecuário. “O Agro+RN tem como objetivo destravar os processos na concessão de licenças ambientais para a instalação e funcionamento dos negócios neste setor”, avalia.

Outros assuntos foram deliberados durante a reunião, como as estratégias para levantamento de proposições da agenda política da Frente Parlamentar e a produção de energia eólica nos projetos de assentamentos do RN.

Os deputados George Soares (PR), Gustavo Carvalho (PSDB) e Fernando Mineiro (PT) também integram a Frente Parlamentar da Agricultura Familiar, que conta ainda com a participação da Emater, Idiarn, Igarn, Incra, Seara, Idema, Agência de Fomento do RN, FETRAF-RN, MST, Sebrae, Senar, Femurn e Fecam.

Postado às 20h06 CidadePlantão Nenhum comentário
Aeroclube emite Nota de Esclarecimento à  Imprensa e à Sociedade.

Aeroclube emite Nota de Esclarecimento à Imprensa e à Sociedade.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Em atenção à imprensa e à sociedade Norteriograndense o AEROCLUBE DO RIO GRANDE DO NORTE vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

 1)     Desde a inauguração em 17 de fevereiro de 1928, sob a presidência do Governador JUVENAL LAMARTINE DE FARIA até hoje, foram muitas lutas que marcaram a História do Aeroclube do Rio Grande do Norte na promoção da aviação, cultura e do esporte, com responsabilidade social ao longo desses 89 anos. Essa sempre foi e será a nossa grande missão.

2)     O Aeroclube foi construído pelo esforço de milhares de abnegados Norteriograndenses que dedicaram a sua vida a PRESERVAR tão importante SÍMBOLO CULTURAL DA SOCIEDADE, que por tantas vezes foi defendido pelo MESTRE LUÍS DA CÂMARA CASCUDO “a propaganda de Natal, cidade do avião, é feita pelos aviadores”.

3)     A Escola de Aviação do Aeroclube é a maior do Estado, com a parte teórica nas salas de aulas no prédio sede da Hermes da Fonseca e a parte prática no aeródromo em Ceará Mirim, tendo formado centenas de pilotos, comissários de bordo, mecânicos, instrutores de voo e agentes de aeroportos que ajudaram a desenvolver e divulgar o Estado.

4)     Na parte esportiva, o Aeroclube tem prestado relevantes serviços sociais, de forma gratuita, sediando inúmeras competições, tais como: Jerns, competições de escolas municipais e estaduais, torneios da associação dos Cadeirantes e Cegos e Corpo de Bombeiros.

5)     Na parte cultural o Aeroclube já promoveu e sediou inúmeros eventos que passaram a fazer parte do calendário Cultural do Estado, como: Semana do Aviador, Exposição de obras dos artistas locais, Exposição das Forças Armadas, Conferência do Potengi e, em breve, CASACOR.

6)     O Acervo Cultural do Aeroclube é de suma importância para a Cultura Potiguar e precisa ser preservado. Somente quem se dispõem a lutar pela PRESERVAÇÃO DA CULTURA nesse Estado sabe que não é fácil, pelos mais variados motivos.  Talvez por isso, poucas pessoas se dispõem a dedicar o seu tempo, para deixar um legado às futuras gerações, face as grandes batalhas a serem enfrentadas e nem sempre JUSTAS.

7)     O AEROCLUBE DO RIO GRANDE DO NORTE lutou bravamente pela verdade que sempre defendeu.  No entanto, respeita a opinião divergente e está acatando a decisão judicial que determinou a reintegração de posse no imóvel, onde foi fundado o AEROCLUBE DO RIO GRANDE DO NORTE, ao Estado.

8)     O AEROCLUBE DO RIO GRANDE NORTE irá buscar o apoio da SOCIEDADE, IMPRENSA e do GOVERNO, para continuar a preservar a História do nosso Estado.

9)     Esperamos contar com a ajuda de todos para que o AEROCLUBE possa continuar servindo à sociedade do NOSSO ESTADO e preservando a NOSSA CULTURA.

 

Postado às 20h06 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Deputados solicitam implantação e recuperação de rodovias no RN

Deputados solicitam implantação e recuperação de rodovias no RN. (Foto: João Gilberto).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A implantação e a recuperação de estradas no interior do Rio Grande do Norte têm sido objeto recorrente de proposições na Assembleia Legislativa. Os deputados estaduais Nelter Queiroz (PMDB) e Carlos Augusto Maia (PSD) são dois dos parlamentares que apresentam com frequência essas solicitações. Recentemente, as regiões Central, Seridó e Oeste do Estado foram as beneficiadas com pleitos deles.

“Esses requerimentos têm por objetivo fazer ou recuperar a interligação de municípios potiguares, para assegurar a circulação de pessoas e escoar produções. Além disso, é condição essencial para a entrada de turistas, o que permite a interiorização da atividade que mais emprega no Estado”, justifica Carlos Augusto Maia, deputado que solicitou implantação e melhorias em estradas do RN.

Uma das solicitações de Carlos Augusto Maia foi a pavimentação do trecho de 20,8 quilômetros da RN-117 que liga os municípios de Venha Ver e Luís Gomes, ambos na Região Oeste. O deputado argumentou o pedido citando a Serra do Coqueiro, localizado em Venha Ver e ponto mais alto do Estado. Outro requerimento de autoria do parlamentar trata da construção de estrada ligando os municípios seridoenses de Carnaúba dos Dantas e Parelhas.

O deputado Nelter Queiroz, por sua vez, solicitou, em caráter de urgência, a realização de uma operação tapa buracos na RN-041 e na RN-203, que ligam o município de Santana do Matos, na Região Central, a BR-304 e a RN-118, respectivamente.  A solicitação de Nelter, assim como as de Carlos Augusto, foram feitas ao Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Postado às 19h06 CidadePlantão Nenhum comentário

Pleitos de Ezequiel Ferreira vão beneficiar regiões Central e Metropolitana. (Fotos: João Gilberto).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

No segmento de suas ações parlamentares voltadas para melhorar a qualidade de vida da população e o desenvolvimento sócio econômico do Estado, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) protocolou proposituras que foram encaminhadas ao Executivo, para beneficiar municípios das regiões Metropolitana da capital e Central.

Entre os benefícios requeridos pelo deputado estão a implantação do programa Cartão Reforma, disponibilização de ambulância tipo UTI, perfuração e instalação de poço tubular em comunidade rural, conclusão de obras dos abatedouros públicos e implantação de sistema de vídeo monitoramento.

“A situação da segurança pública em Lajes, município que alcança hoje uma população de 11 mil 234 habitantes vem se agravando nos últimos meses, sendo registrado um crescente número de assaltos, arrombamentos, roubos e práticas criminosas das mais diversas modalidades. A segurança pública virou uma das principais preocupações para a população do município”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira para a solicitação que vez de um estudo de viabilidade técnica para implantação do sistema de vídeo monitoramento em Lajes.

Ainda para a região Central, o presidente do Legislativo estadual solicitou a conclusão das obras dos abatedouros públicos de Angicos e Ceará Mirim. Observou que a paralisação das construções está prejudicando as atividades do processamento de carnes naqueles municípios.
Também para beneficiar a população de Ceará Mirim, o deputado solicitou do governo do Estado disponibilizar uma ambulância UTI para atender a demanda do hospital do município, que não dispõe de um veículo desse tipo.

Já para Extremoz, Ezequiel Ferreira requereu a implantação do programa Cartão Reforma para beneficiar a população carente do município. O programa possibilita a reforma de imóveis que, comprovadamente, necessitam de reparos. Também na área habitacional solicitou o programa Moradia Cidadã Servidor e moradia Cidadão Municípios.
Diante da necessidade de 50 famílias que moram em Pé do Galo, em Macaíba, outro município da região Metropolitana, o deputado requereu a perfuração e instalação de um poço tubular naquela comunidade rural. Com o atendimento dessa propositura, ficará resolvido o problema do abastecimento de água para os moradores daquela área.

Postado às 12h06 CidadePlantão Nenhum comentário
Cabo Telecom comemora premiação nacional da Anatel com clientes e parceiros

Cabo Telecom comemora premiação nacional da Anatel com clientes e parceiros. (Foto: Thiago Lima).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Em março deste ano a Cabo Telecom foi reconhecida, pelo quinto ano consecutivo, como a empresa dos clientes mais satisfeitos do Brasil. Isto de acordo com uma pesquisa de qualidade e satisfação e qualidade percebida realizada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Para celebrar este feito de destaque a empresa genuinamente potiguar promoveu na última quinta (22) um jantar exclusivo para convidados no restaurante Tábua de Carne da Via Costeira. O evento foi uma forma da empresa agradecer e comemorar ao lado de parceiros, clientes mais antigos e investidores que estião ao lado da Cabo Telecom desde o seu princípio – fazendo parte da história da empresa.

De acordo com a pesquisa da Anatel a Cabo é reconhecida nacionalmente como a empresa dos clientes mais satisfeitos do Brasil, obtendo um excelente desempenho entre as demais empresas de telecomunicações do país, liderando nas duas principais categorias. No quesito banda larga fixa a Cabo alcançou a maior nota de todas, com nota média de 7,92. A avaliação dos usuários também premiou a Cabo Telecom em primeiro lugar na categoria TV por assinatura com média de 7,76. O estudo realizado pela Anatel levou em consideração a opinião de vários usuários, distribuídos entre 26 estados brasileiros. Analisando fatores como oferta e contratação, funcionamento, capacidade de resolução, canais de atendimento e atendimento telefônico, cobrança, instalação e suporte técnico. O resultado foi divulgado pela própria Anatel em seus canais oficiais na internet.

 

Postado às 20h06 CidadePlantão Nenhum comentário
Ezequiel requer água de qualidade, ambulância e drenagem de ruas para Galinhos

Ezequiel requer água de qualidade, ambulância e drenagem de ruas para Galinhos

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O município de Galinhos, no litoral Norte é o município mais paradisíaco do Rio Grande do Norte. Rodeada por dunas, salinas, manguezais e rios, a cidade praia que fica na única península do Estado, distante 160 quilômetros da capital, é vocacionada para o turismo pelas suas belezas naturais, merecendo por isso o apoio do Poder Público para se desenvolver de maneira sustentável. Um dos principais problemas é a escassez de água de boa qualidade para a sua população que soma 2.650 habitantes.

Para resolver esse problema de abastecimento de água, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa tomou a iniciativa parlamentar de solicitar do governador Robinson Faria (PSD) e do presidente da Companhia de Águas e Esgotos (CAERN), Marcelo Toscano estudo de viabilidade técnica para a extensão da rede de distribuição de água na cidade e no distrito de Galos.

“Estamos solicitando da CAERN esse estudo para iniciar a extensão do sistema de distribuição de água, de Guamaré a Galinhos e ao distrito de Galos que tem água salobra, que não é adequada para o uso humano. É preciso que a Companhia de Águas e Esgotos garanta a qualidade da água potável para a população de Galinhos, esse importante município do nosso Estado”, ressalta o deputado Ezequiel Ferreira.

Além da extensão da rede de distribuição de água, Ezequiel sugeriu a realização de convênio entre o município e o governo do Estado para a pavimentação e drenagem de ruas para melhorar a infraestrutura da cidade. Outro benefício para Galinhos foi encaminhado à secretaria de Saúde do Estado no sentido de que disponibilize um veículo tipo ambulância para o atendimento da população. “O objetivo é assegurar o transporte adequado de enfermos ou acidentas para um hospital em outro centro urbano com mais capacidade de atendimento”, reforça o Ezequiel Ferreira.

Postado às 19h06 PlantãoPolítica Nenhum comentário
Deputados querem garantia de investimentos em pesquisas científicas no Rio Grande do Norte

Deputados querem garantia de investimentos em pesquisas científicas no Rio Grande do Norte. (Foto: Ney Douglas).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A falta de investimentos no desenvolvimento de pesquisas na área de ciência e tecnologia foi tema de discussão na tarde desta quinta-feira (22), na Assembleia Legislativa. O debate teve como ponto central a situação da Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (Fapern), que sofre com a falta de recursos para fomentar a produção científica no estado. O deputado Fernando Mineiro (PT), que propôs o debate, e os deputados Hermano Morais (PMDB) e Cristiane Dantas (PCdoB) cobraram a garantia de investimentos para a área.

A importância do desenvolvimento de pesquisas no Rio Grande do Norte foi ressaltada por diversos professores e gestores de instituições de ensino do Rio Grande do Norte. O principal problema para o desenvolvimento da ações de inovação no estado, segundo os participantes, é a falta de investimentos na área. A Fapern, apesar de ter uma previsão orçamentária para 2017, somente 3% do que estava na Lei Orçamentária Anual teria sido efetivamente repassado à Fapern. Por esse motivo, representantes da instituição e unidades de ensino pediram a colaboração dos deputados.

O diretor-presidente da Fapern, Uilame Umbelino Gomes, enalteceu a importância da pesquisa para a produção de riqueza no estado e para a competitividade com outros estados os países. Para ele, é necessário que se apoie as boas ideias e se crie um ambiente favorável à produção científica.

“Temos matéria prima, profissionais capacitados, quase três mil doutores no estado, mas é preciso investimentos. Sem investimentos, ficaremos ainda mais para trás”, disse Uilame Umbelino, dando como exemplo casos de grandes empresas que não valorizaram a inovação tecnológica e fecharam suas portas.

Na opinião da reitora Ângela Paiva, é preciso que se ocorra uma mudança na legislação para que a lei imponha que o orçamento destinado à Fapern seja efetivamente cumprido.

“Não se faz desenvolvimento sem uma fundação forte. É assim que estão organizados os investimentos. (Pesquisas) Têm que estar criadas, respaldadas e com financiamentos nos estados, sob pena de nós começarmos a descer ladeira abaixo e engatinhar para o futuro. Não teremos desenvolvimento no estado se não investirmos fortemente em ciência e tecnologia”, disse Ângela Paiva.

Na opinião do deputado Fernando Mineiro, o assunto é de grande importância e os deputados irão colaborar diretamente com a luta para fomentar as pesquisas no Rio Grande do Norte. No Legislativo, garantem que atenderão os pedidos para apresentar emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), além de discutir uma nova norma e cobrar do Executivo a liberação das verbas.

“Vamos voltar a colocar na agenda da Assembleia a área de Ciência e Tecnologia. Estamos voltando esse tema no Legislativo e vamos contribuir, tanto na LDO, como no orçamento para o próximo ano e na liberação dos recursos neste ano. Vamos também discutir uma possível mudança na lei, junto aos membros da área de pesquisa”, disse Mineiro. “É importante essa conjugação de esforços com o Legislativo para que possamos colaborar não só na formatação do orçamento, mas na cobrança desses investimentos, que é também nosso papel”, acrescentou Hermano. “Temos que nos unir em prol dessa causa. E podem contar com nosso apoio”, finalizou Cristiane Dantas.

Página 2 de 13012345...102030...Última »