Marca Maxmeio

Postado às 13h09 Turismo [ 1 ] comentário

A jornalista Cristina Lira com familiares no plenário da Assembleia do RN.

O deputado Ezequiel Ferreira (PDT) com Cristina Lira.

Redação/eliasjornalista.com

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, realizou na amanhã desta sexta-feira (20), sessão solene para entrega do título de cidadã norte-rio-grandense, a jornalista Cristina Lira, especializada na área de turismo. Ela que é natural de Salvador (BA), e Potiguar de coração recebe mais um título, pois já possui o de cidadã natalense. A proposição da homenagem foi do deputado Ezequiel Ferreira (PDT).

Em seu discurso Ezequiel Ferreira destacou a atuação da jornalista em favor do turismo no estado com destaque nacional e internacional. “A jornalista Cristina Lira é uma das responsáveis por divulgar o Rio Grande do Norte e suas belezas turísticas e culturais. Receba a sua certidão de batismo do Rio Grande do Norte pelo seu trabalho, sua luta e vitórias, porque você encontrou a sintonia que nos falta, o tom do turismo”.

Emocionada, Cristina Lira em seu discurso exaltou a compreensão da família com relação as ausência por ter que realizar tantas viagens, principalmente com os “Press Trip”, onde leva jornalistas para desbravar novas área turísticas. Agradeceu também aos amigos que ajudaram em sua trajetória, sem esquecer dos parceiros que incentivaram a sua carreira e lhe abriram as portas para que pudesse desempenhar o seu trabalho.

Finalizando, Cristina Lira disse que os dados oficiais do turismo do estado precisam ser atualizados: “Essa história de que emprega 150 mil trabalhadores, com certeza já saiu desse patamar, precisa ser revisto. O segmento do turismo é a mola mestra da economia norte-rio-grandense e espero que as entidades voltem a lutar pelo nosso verdadeiro turismo, por mais segurança e muito mais, pois nosso Estado merece”.

Galeria de Fotos:

Postado às 20h09 CidadeTurismo Nenhum comentário

Marcelo Alvim (Seturde), José Raimundo Zacarias (Palestrante) e Almirante Gamboa, favorável a construção da  Marina em Natal.

Questões sobre ecologia e o meio ambiente foram levantados pela plateia da Conferência.

Redação/eliasjornalista.com

A conferência com o tema “Economia Náutica, Potencialidade e Perspectivas”, foi realizada na tarde desta segunda-feira (16), no auditório do Centro de Educação da Universidade Feral do Rio Grande do Norte (UFRN).

O palestrante e debatedor foi o diretor da empresa Oceanus Náutica Consultoria, José Raimundo Zacarias, que foi o responsável pelo projeto das marinas instaladas no litoral da Bahia e principalmente a Marina de Salvador.

Empresários do turismo náutico e alunos do curso de Turismo da UFRN fizeram parte da plateia e ouviram atentamente as explicações de José Raimundo Zacarias sobre a viabilidade de se construir a marina em Natal. Além dos ganhos que esta ação traria para cidade. Toda conferência tomou como base a experiência de Salvador onde o turismo náutico gera hoje 60 mil empregos diretos e indiretos.

“É preciso que toda a comunidade universitária conheça também a importância do turismo náutico, como ferramenta econômica que gera emprego e renda”, disse Fernando Bezerril, secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde).

“Existe um plano estratégico do turismo náutico sendo feito em alguns estados brasileiros, onde o RN poderá ser incluído. “Temos capacidade e experiência local, o que falta é uma reflexão aprofundada sobre o assunto, onde a universidade é o local apropriado para as discussões, e ver os caminhos a seguir. Foi feito em Salvador e pode ser feito em Natal” ressaltou Zacarias.

O impacto que a marina poderia trazer ao meio ambiente (Manguezal):

As questões ambientais tem que ser observadas. Temos que fazer uma reflexão, primeiro saber se os dados sobre os manguezais são consistentes. A construção da Marina no sentido globalizante interessa ao município de Natal? Se interessa vamos ver os projetos e estudá-los para que possam ser realizados a custo zero para ecologia e o meio ambiente. Nós somos seres poluentes, então temos que tomar os cuidados para corrigir esta questão.

Sobre a popularização dos exportes náuticos:

Não existe nenhum plano de marketing para popularizar os esportes náuticos. Tudo isso funciona como uma onda, a partir do momento que os iates clubes abraçarem a causa e oferecer aulas de velejar em suas bases este aspecto vai mudar. A extensão de projetos sociais e que alcance grande parte da população pode também ser uma solução.

Galeria de Fotos:

Postado às 21h08 Turismo [ 3 ] Comentários

Projeto Semear – Os participantes do passeio de buggy solidário viveram momentos de emoção nas dunas móveis de Genipabu.

Grupo Despertar de Apoio Emocional à Portadora de Câncer de Mama (Liga Norte Rio Grandense contra o Câncer), com 35 participantes.

Abinoam Gonzaga, criador do “Projeto Semear”, com a família no passeio.

O Instituto de Cegos de Natal participou do passeio.

Fátima Cristina, presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Autistas do RN (APAA-RN), com seu grupo na Lagoa de Pitangui.

Nem mesmo as chuvas que caíram na manhã desta quinta-feira (29) em Natal, tirou o brilho e a felicidade das 450 pessoas que participaram do 6° Passeio Beneficente dos Bugueiros de Cristo-Projeto Semear, com o trajeto Natal – Dunas e Lagoa de Genipabu, Balsa e Lagoa de Pitangui.

A solidariedade de 150 bugueiros fizeram a alegria das instituições participantes:  APAE-RN, APAARN, Instituto de Cegos(Alecrim), Orfanato (Conjunto Santa Catarina), Orfanato (Mãe Luíza), Pacientes com Câncer (Liga NRG contra o câncer) Grupo de 3° Idade (Conjunto Pirangi) e dependentes químicos do Projeto Semear.

Segundo Abinoam Gonzaga, criador do “Projeto Semear”, o passeio é um presente dos bugueiros que doa um dia de trabalho anualmente para realizar o evento sem cobrar nada. “Com este gesto todos os bugueiros demonstram solidariedade pelas pessoas menos favorecidas que não podem pagar R$ 360,00 por um passeio de buggy. Não existe preço ver o sorriso de uma criança e a felicidade de todas as pessoas que se engajam nesta causa”, ressaltou.

“O passeio é muito importante para as crianças dado as dificuldades que as mães tem de proporcionar lazer para elas. Sou mãe de um garoto autista e essa é uma oportunidade de integração com outras pessoas que passam pelas mesmas dificuldades que nós”, disse Fátima Cristina, presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Autistas do RN (APAA-RN – Tel. 84 – 3211-8354).

Para Jovanete Guedes, coordenadora do Grupo Despertar de Apoio Emocional à Portadora de Câncer de Mama (Liga Norte Rio Grandense contra o Câncer – Tel. 4009-5510), o passeio é uma forma de reunir os componentes do grupo para ter um dia de lazer e troca de experiências. Com trinta e cinco participantes aproveita para distribuir um folder e divulgar as atividades da instituição.

“Nunca vou esquecer deste passeio, só Deus para retribuir os organizadores e o Instituto de Cegos que nos trouxe até aqui. A Instituição se esforça para inserir todos nós na sociedade, além de mostrar que somos pessoas comuns, e que o problema da visão pode ser compartilhado socialmente. Não preciso enxergar para sentir a beleza de um passeio como este, a audição, o cheiro e o barulho do mar me faz sentir está num lindo lugar”, disse Eduardo Joaquim (19), cego de nascença.

A solidariedade é uma qualidade que dignifica o ser humano. É um laço recíproco entre as pessoas, entre as comunidades e grupos humanos. Atitudes como esta do “Projeto Semear” não apenas movimenta mais responsabiliza e chama atenção da sociedade, para que cada um faça a sua parte e ajude o próximo com ações sólidas e permanentes.

Projeto Semear – Informações: Abinoam – 84 8844-9505 – 84 9906-7809

Galeria de Fotos:

Postado às 00h07 DestaqueTurismo [ 2 ] Comentários

A governadora do RN, Rosalba Ciarlini, visitou o Salão Rota Nordeste 101, nesta sexta-feira (5).

Alunos da Universidade Potiguar (UNP) do Curso de Turismo participam do Salão Rota Nordeste 101.

Redação/eliasjornalista.com

O Centro de Convenções Natal, continua sendo palco até sábado (6), do Salão Rota 101 Nordeste. O evento reúne quatro estados: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas, com destaque para união entre os quatro estados participantes, em prol do fortalecimento do turismo regional via modal rodoviário.

Entre os palestrantes desta sexta-feira: A Secretária de Turismo de Maceió, Claudia Pessoa, que é presidente da Associação Nacional dos Secretários de Turismos das Capitais (ANSEDITUR), o Secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa, com a palestra “Pernambuco: Turismo como polo de desenvolvimento”, o vereador da cidade de Gramado Jaime Schaunioffel, com apresentação do Case de Sucesso : Natal Luz de Gramado (RS) e finalizando a rodada de palestras, o Coordenador Geral de Análises de projetos do Ministério do Turismo, Bernardo Castro, que falou sobre a Viabilidade e Análise de Projetos.

A governadora do Estado Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, visitou o Salão, no início da noite, acompanhada do secretário de Estadual de Turismo, Renato Fernandes. “O salão é apenas uma parte do projeto, que trabalha com o turismo rodoviário. E vai servir de modelo para outros estados, algo já inserido e incentivado na cartilha do Ministério do Turismo”, disse o secretário.

A união entre o estado potiguar com a Paraíba, Pernambuco e Alagoas deu certo e já está consolidada. “Estou muito feliz em ver que ideia deu certo e que o evento é um sucesso, não só pela presença de público, mas, principalmente, pelas operadoras de turismo e por aqueles que formam a rede hoteleira que estão vendo neste evento um mercado que se abre. O turismo é fundamental para gerar emprego e renda e desenvolver o nosso Estado”, afirmou Rosalba Ciarlini.

São 128 estandes montados com atrações culturais e gastronômicas, além de  apresentações culturais de grupos folclóricos, e culinária típica de cada estado representado.

No palco as apresentações, entre outros grupos, o xaxado da Paraíba, o frevo de Pernambuco e os folguedos de Alagoas. O Rio Grande do Norte, como anfitrião do evento, mostrou  o Boi de Reis, de Extremoz; os Congos de Calçola, da Vila de Ponta Negra; os Caboclinhos, de Ceará-Mirim; e o Makulelê.

No espaço gastronômico contar com dois pratos típicos de cada estado da Rota 101 Nordeste. A Paraíba, representada pelo restaurante Tábua de Carne, vai servir carne de sol e cordeiro.

Já Alagoas participará do Salão com espaguete ao molho de camarão e arroz de polvo. Pernambuco trará o bobó de camarão com arroz de açafrão e o cuscuz de mandioca com queijo coalho.

O Rio Grande do Norte, serve a tradicional paçoca de D. Adalva Rodrigues e o camarão potiguar, na manteiga, que tanto sucesso fazem nas feiras de Turismo pelo Brasil.

A entrada para o Salão é gratuita.

Galeria de Fotos:

Postado às 12h05 DestaqueTurismo [ 3 ] Comentários

Primeira parada da Expedição: Cidade de Assú-RN, O secretário-adjunto de cultura, Gilvan Lopes de Souza, mostra o interior do Cine Teatro que foi tombado e está sendo restaurado.

Porto do Mangue:  O passeio ecológico sobre o Rio da Conchas, cuja a novidade é a composição das embarcações que são feitas de garrafas pet.

Euforia dos Aphotistas durante o passeio ecológico sobre o Rio da Conchas, cuja a novidade é a composição das embarcações que são feitas de garrafas pet.

Aphotistas aproveitam as belas imagens das Dunas do Rosado.

Redação/eliasjornalista.com

Com objetivo bem definido a Associação Potiguar de Fotografia (APhoto), realizou neste domingo (19), mais uma expedição com destino ao interior do Rio Grande do Norte. Desta vez o lugar escolhido foi o Polo Costa Branca, com foco no município de Porto do Mangue, onde está localizada as Dunas do Rosado, Área de Proteção Ambiental.

A primeira parada da expedição foi a cidade de Assú, para se conhecer um pouco de sua histórias e a contribuição que a cidade tem a oferecer ao patrimônio histórico cultural do RN.  O secretário-adjunto de cultura, Gilvan Lopes de Souza, recebeu a expedição e mostrou o acervo cultural da cidade que está em plena recuperação como o Cine Teatro, Solar da Baronesa onde funciona a casa de Cultura Popular, a casa do poeta Enéas Caldas e o Museu  que precisa ser recuperado e entregue a população.

O ponto alto da expedição e aguardada pelos aphotista e amantes da fotografia, foi brindado com um aperitivo diferente. A secretaria de turismo de Porto do Mangue, através do prefeito Francisco Gomes “Titico”, apresentou um novo meio de fazer turismo na cidade, o passeio ecológico sobre o Rio da Conchas, cuja a novidade é a composição das embarcações que são feitas de garrafas pet.

O momento tão esperando, a chegada à Dunas de Rosado, foi comemorado por todos e com certeza proporcionaram belos clicks que ficarão gravados na memória de todos. A expedição além de proporcionar um laser diferente, onde as imagens servirão para divulgar a cidade de Porto do Mangue, postar nas redes sociais e ser utilizadas pelos profissionais para criação de peças publicitárias de um dos lugares mais belos do litoral RN.

Agradecimentos a prefeitura de Porto do Mangue e ao Restaurante da Lúcia, que oferece a melhor gastronomia regional da cidade.

“O objetivo maior dessas expedições é que os associados possam exercitar a prática da fotografia em sua plenitude, além de conhecer as riquezas naturais e culturais do Rio Grande do Norte“, disse, Alex Gurgel presidente da Aphoto.

Galeria de Fotos:

Postado às 22h04 DestaqueTurismo [ 4 ] Comentários

Dunas de Rosado – Área de Proteção Ambiental, localizada nas proximidades da Ponta do Mel, uma das grandes atrações do Polo Costa Branca.

Porto do Mangue – O município foi palco de gravações da novela “Flor do Caribe” da Rede Globo e receberá dia 19 de maio a “Expedição da Aphoto”.

Ponta do Mel – É a praia mais conhecida do município de Areia Branca.

Redação/eliasjornalista.com

Máquinas apontadas para o alvo, disposição e coragem, marcaram o final de semana de 8 amigos, profissões distintas, mas que tem a fotografia como profissão/hobby. Juntos desbravaram neste sábado (21) e domingo (22), o Polo Costa Branca, uma das regiões mais lindas do litoral do Rio Grande do Norte e porque não dizer do Brasil.

As praias desbravadas por eles foram: Porto do Mangue, Ponta do Mel, Dunas de Rosado, Macau, Barreiras, Diogo Lopes e Galinhos.

O chamado “Polo Costa branca”, que vai desde o município de Galinhos a 160 km de Natal até Tibau, que fica 336 km da capital, é um dos menos explorados pelo turismo no estado e, por isso mesmo, possui as praias mais preservadas e de paisagens incomuns, como Diogo Lopes e Ponta do mel.

A região é produtora de sal, petróleo e floricultura. É marcada por um contraste:  vegetação de caatinga contrasta com as belas imagens do mar, dunas multicoloridas, além de falésias e quilômetros de praias praticamente desertas.

Porto do Mangue – O município foi palco de gravações da novela “Flor do Caribe” da rede Globo. Irá receber dia 19 de maio a “Expedição da Aphoto”, que vai explorar todo Polo Costa Branca. A parada obrigatória para os Aphotistas  será no Restaurante da Lúcia, que oferece a melhor gastronomia regional da localidade.

Ponta do Mel – É a praia mais conhecida do município de Areia Branca. O lema aqui é o seguinte: Neste lugar faltam algumas coisas, por exemplo, stress, engarrafamentos e poluição, ao conhecer com certeza o turista não sentirá falta.

Dunas de Rosado – Área de Proteção Ambiental, localizada nas proximidades da Porto do Mangue, com sua extensão territorial distribuída pelos município de Areia Branca e Porto do Mangue.

Barreiras – Localiza-se próximo a cidade de Macau, onde encontra-se a reserva natural ponta do tubarão.

Macau – Está localizada numa região produtora de sal marinho (uma das principais do Brasil), petróleo e de pescados, sendo um dos maiores produtores nacionais de sardinha. É bastante conhecida na região por seu carnaval, que atrai visitantes de quase todo o RN.

Digo Lopes – É a praia mais famosa do município de Macau no estado do RN. Um lugar exuberante por todos os lados.

Galinhos – Logo na chegada os visitantes são recebidos por pescadores condutores dos barcos que fazem a travessia. Sem dúvida precisa melhorar as opções de restaurantes, porém a beleza natural do local, é o grande cartão postal para os visitantes.

Mesmo sem oferecer tantas condições para o turismo, a beleza do “Polo Costa Branca”, no litoral do Rio Grande do Norte, compensa qualquer esforço para visita-lo.

Página 11 de 11« Primeira...7891011