Marca Maxmeio

Postado às 19h06 MarinhaPlantão Nenhum comentário

Novo setor foi construído com Emenda parlamentar da deputada.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Na manhã desta segunda-feira (18), antes de embarcar para Brasília, a deputada federal Zenaide Maia esteve em um compromisso no Comando do 3° Distrito Naval, em Natal. Participou da solenidade de entrega do Centro de Material e Esterilização (CME), do Hospital Naval de Natal, setor que foi foi modernizado  com uma Emenda Parlamentar do mandato da deputada no valor de R$ 200 mil reais.

A parlamentar foi recepcionada pelo Diretor do Hospital Naval de Natal, Capitão de Mar e Guerra, Wanderley de Carvalho Mendes, e o Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Joése de Andrade Bandeira Leandro.

Durante as palavras de agradecimento na inauguração do setor, Zenaide Maia fez agradecimentos e se comprometeu em ajudar ainda mais. “Quero agradecer e reafirmar o meu compromisso com vocês. É uma felicidade poder ajudar e garantir que a Emenda do próximo ano seja destinada para o serviço de endoscopia aqui do hospital. Vocês oferecem uma saúde de qualidade”, disse Zenaide Maia.

Postado às 18h06 MarinhaPlantão Nenhum comentário

Novo Porta-Helicópteros da Marinha do Brasil recebe indicativo de costado.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Conforme foto anexa e como parte do processo de transferência para a MB, o HMS “Ocean” recebeu, nesta semana, seu novo indicativo de costado na cidade de Plymouth, Inglaterra.

Ao ser incorporado à Marinha do Brasil, receberá o nome PHM Atlântico e será empregado em operações aéreas com helicópteros, operações anfíbias com tropas de fuzileiros navais e em missões de controle de área marítima para proteção de linhas de comunicações marítimas. Além disso, conduzirá atividades de apoio logístico, de caráter humanitário, de auxílio a desastres naturais e de apoio a operações de manutenção da paz.

A Mostra de Armamento do PHM Atlântico à MB será realizada em 29 de junho, sendo a conclusão do processo de transferência do navio prevista para o final de julho e sua chegada ao Brasil em agosto.

 

CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA
“Marinha do Brasil, protegendo nossas riquezas, cuidando da nossa gente”

 

Postado às 15h06 DestaqueMarinha Nenhum comentário

Data Magna da Marinha é celebrada em Natal com entrega de medalhas.

Agraciados com a Medalha da Ordem do Mérito Naval.

Capitão-de-Mar-e-Guerra JOSEAN, Comandante da Base Naval de Natal.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Os 153 anos de aniversário da Batalha Naval do Riachuelo foram celebrados, no dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, com uma cerimônia cívico-militar, na Base Naval de Natal, com a presença da Deputada Federal Zenaide Maia; do General de Exército (R1) Leite; do Comandante da Ala 10, Brigadeiro do Ar Medeiros; e do Comandante da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada, General de Brigada Sydrião.

A cerimônia foi presidida pelo Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Leandro, que realizou a imposição da Comenda da Ordem do Mérito Naval ao Procurador-Chefe da União no Rio Grande do Norte, Francisco Livanildo Silva; à Delegada da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, Zélia Madruga; e ao Presidente da Federação de Comércio, Bens, Serviços e Turismo da Paraíba, José Marconi Medeiros de Souza.

O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, destacou em Ordem do Dia a importância da manutenção de adequado Poder Naval; do compromisso de cada brasileiro de ontem, de hoje e das gerações futuras com um País capaz de atender as legítimas aspirações de seu povo; da coragem e da determinação de vencer e na defesa dos interesses maiores da Nação; e de redobrar os esforços na construção de um futuro belo e digno para o Brasil.

Em homenagem aos heróis da Batalha Naval do Riachuelo, foi realizada salva de tiros de canhão e içados os chamados Sinais de Barroso, como ficaram conhecidas as ordens “O Brasil espera que cada um cumpra o seu dever” e “Sustentar o fogo que a vitória é nossa”, transmitidas pelas bandeiras da Fragata “Amazonas” durante o embate.

A Ordem do Mérito Naval tem o objetivo de agraciar militares da Marinha do Brasil que se tenham distinguido no exercício de sua profissão, e personalidades civis e militares que tenham prestado relevantes serviços à Marinha do Brasil.

 

 

  • IMG_8192
  • IMG_8194
  • IMG_8198
  • IMG_8206
  • IMG_8208
  • IMG_8211
  • IMG_8217
  • IMG_8220
  • IMG_8225
  • IMG_8232
  • IMG_8238
  • IMG_8240
  • IMG_8242
  • IMG_8243
  • IMG_8247
  • IMG_8251
  • IMG_8260
  • IMG_8269
  • IMG_8272
  • IMG_8278
  • IMG_8280
  • IMG_8283
  • IMG_8285
  • IMG_8286
  • IMG_8287
  • IMG_8291
  • IMG_8302
  • IMG_8307
  • IMG_8315
  • IMG_8316
  • IMG_8322
  • IMG_8327
  • IMG_8335
  • IMG_8341
  • IMG_8346
  • IMG_8353
  • IMG_8359
  • IMG_8361
  • IMG_8370
  • IMG_8374
  • IMG_8389
  • IMG_8396
  • IMG_8399
  • IMG_8402
  • IMG_8403
  • IMG_8406
  • IMG_8408
  • IMG_8413
  • IMG_8421
  • IMG_8425
  • IMG_8429
  • IMG_8430
  • IMG_8434
  • IMG_8438
  • IMG_8447
  • IMG_8459
  • IMG_8465
  • IMG_8468
  • IMG_8471
  • IMG_8483
  • IMG_8485
  • IMG_8490
  • IMG_8491
  • IMG_8493
  • IMG_8494
  • IMG_8496
  • IMG_8499
  • IMG_8501
  • IMG_8502
  • IMG_8504
  • IMG_8506
  • IMG_8510
  • IMG_8513
  • IMG_8514
  • IMG_8517
  • IMG_8518
  • IMG_8521
  • IMG_8524
  • IMG_8527
  • IMG_8530
  • IMG_8531
  • IMG_8536
  • IMG_8539
  • IMG_8543
Postado às 20h06 DestaqueMarinha Nenhum comentário

Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte e Iate Clube de Natal realizam regata alusiva aos 153 anos da Batalha Naval do Riachuelo.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte (CPRN), em parceria com o Iate Clube de Natal, realizou neste domingo (10) uma regata alusiva aos 153 anos da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha do Brasil celebrada no dia 11 de junho.

As competições aconteceram no Rio Potengi e tiveram a participação de um total de 22 embarcações. Durante os trajetos, os competidores foram acompanhados por equipes de Inspeção Naval da CPRN, que garantiram as condições de segurança do tráfego aquaviário.

Premiação.

Na classe Oceano, o primeiro colocado foi o veleiro Dianteiro, enquanto que na classe Aberta venceu o veleiro Jaú. Na ocasião, também foram premiados os vencedores nas classes Laser, Dingue e Snipe.

Içamento das bandeiras do Brasil, do Rio Grande do Norte e do Iate Clube pelo Vice-Almirante Joése de Andrade Bandeira LEANDRO Comandante do 3º Distrito Naval .

A programação alusiva ao aniversário da Batalha Naval do Riachuelo continua nesta segunda-feira (11), quando será realizada uma cerimônia cívico-militar na Base Naval de Natal, no bairro do Alecrim, na Zona Leste de Natal.

Postado às 07h06 DestaqueMarinha Nenhum comentário

Marinha do Brasil comemora 153º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo com programação especial em Natal e Areia Branca.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

As Organizações Militares (OM) do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) estão com uma programação especial para comemorar o 153º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha do Brasil celebrada no dia 11 de junho.

No Rio Grande do Norte, a programação inclui atividades educacionais, esportivas e recreativas, tendo como evento principal a Cerimônia Cívico-Militar alusiva aos 153 anos da Batalha Naval do Riachuelo, que será realizada na próxima segunda-feira (11), às 10h, na Base Naval de Natal.

Na capital potiguar, as OM do Com3ºDN realizam, de sexta-feira (8) até domingo (10), uma exposição sobre a Marinha do Brasil no Shopping Cidade Jardim, na Zona Sul. No sábado (9), a Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte coordena uma regata no Iate Clube de Natal. Já no domingo, o Farol Natal, no bairro de Mãe Luíza, abre as portas, das 14h às 17h, com uma exposição sobre sinalização náutica.

Enquanto isso, na cidade de Areia Branca, na região Oeste do Estado, a Agência da Capitania dos Portos (AgABranca) promoverá no sábado, das 9h30 às 13h, uma Ação Cívico Social em parceria com a Prefeitura de Areia Branca, além de exposição e oficinas de nós. No mesmo dia, a AgABranca coordena uma corrida de caiaques no Rio Mossoró às 13h30.

Programação em Natal

8 a 10 de junho: Exposição no Shopping Cidade Jardim

10 de junho: Regata no Iate Clube de Natal

10 de junho: Exposição de material de sinalização náutica no Farol Natal, no bairro de Mãe Luíza

11 de junho: Cerimônia Cívico-Militar alusiva aos 153 Anos da Batalha Naval do Riachuelo

Programação em Areia Branca

9 de junho: Ação Cívico Social, exposição e oficina de nós em Areia Branca; e corrida de caiaques no Rio Mossoró.

 

Postado às 23h06 DestaqueMarinha Nenhum comentário

GptFNNa

Despedida dos militares transferidos para a Reserva Remunerada da Marinha.

A entrega do Título de Amigo do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal.

Promoção de militares.

Entrega de Medalhas.

O jornalista e repórter fotográfico Elias Medeiros  foi homenageado pelo GptFNNa.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal realizou na manhã desta sexta-feira (8), cerimônia alusiva ao 153º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, despedida dos militares transferidos para a reserva remunerada da Marinha, troca de platina e divisas dos militares promovidos, imposição de medalha militar e entrega de título de amigo do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal. A cerimônia foi presidida pelo Capitão de Fragata (FN)  Luiz Otávio, Comandante do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal e contou com a presença dos familiares dos agraciados.

BONO ESPECIAL
GERAL
BRASÍLIA, DF.
Em 11 de junho de 2018.
ORDEM DO DIA Nº 2/2018
Assunto: 153º Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo – Data Magna da Marinha
Há exatos 153 anos, marinheiros brasileiros foram instados ao árduo sacrifício do
combate, uma vez que a soberania da Pátria encontrava-se ameaçada. Na ocasião, a
Marinha Imperial, vocacionada a atuar em águas azuis de nosso imenso litoral, viu-se
desafiada a desdobramento em bacia fluvial, de difícil navegação, para a qual os
meios navais de maior porte se mostravam inadequados.
Ao alvorecer de onze de junho de 1865, a nossa Esquadra, fundeada no Rio Paraguai nas
proximidades de Corrientes, avistou os navios inimigos que, descendo o Rio, foram
posicionar-se próximo à foz do Arroio Riachuelo, em cujas barrancas também havia
artilharia e tropas adversárias. A força naval brasileira suspendeu em perseguição ao
inimigo, dando início ao feroz combate, que, em sua primeira fase, foi-nos
desfavorável: a Canhoneira “Parnaíba”, em encarniçada luta após ser abordada, sofreu
muitas avarias e perdeu grande parte de sua tripulação; a Corveta “Jequitinhonha”,
presa a um banco de areia, permaneceu sob intenso fogo das baterias de terra; e a
Corveta “Belmonte”, tomada por incêndio e com 37 rombos em seu casco, encalhou para
não afundar.
Em tais circunstâncias, adquiriram grande protagonismo os atributos de valor e
coragem dos combatentes dos dois lados em conflito, jovens heróis que, como
Greenhalgh e Marcílio Dias, sacrificaram suas vidas naquele embate cruento. Virtudes
de patriotismo, superação, comprometimento e abnegação tornaram-se os atores
principais na batalha cuja vitória, fruto da competência e arrebatamento do Almirante
Barroso, mostrou-se decisiva para os rumos que a guerra veio a tomar.
No decorrer do combate, Barroso, embarcado na legendária Fragata “Amazonas”, içou
sucessivos sinais que guiaram e insuflaram os comandantes dos navios e suas
tripulações. Hoje, a memória desses sinais nos incute força e inspiração para fazer
frente aos difíceis desafios que a Nação enfrenta.
O primeiro – “Preparar para o combate!” – disseminado instantes antes do eclodir da
sangrenta refrega, serve agora para alertar-nos da importância da manutenção de
adequado Poder Naval desde os tempos de paz, pois, quando formos chamados à ação, não
haverá tempo para preparação ou espaço para a improvisação. No contexto atual de
ausência de ameaças percebidas, não podemos nos deixar seduzir pela crença na
perenidade da paz. Lembremo-nos que, quando a fatalidade da guerra nos atingir, os
mesmos que hoje relegam a segurança externa e criticam os gastos militares serão
implacáveis na cobrança de êxitos e no julgamento de eventuais fracassos decorrentes
da falta de aprestamento.
O segundo – “O Brasil espera que cada um cumpra o seu dever!” – traduz o compromisso
de cada brasileiro de ontem, de hoje e das gerações futuras com um País capaz de
– 1 de 2 –
atender as legítimas aspirações de seu povo. Somente uma conduta irrepreensível,
refletida nas pequenas atitudes cotidianas e no maduro acatamento do conjunto de
princípios e valores morais que nos governam, será capaz de criar uma sociedade
harmônica e ordeira, com a qual todos sonhamos.
“Cerrar sobre o inimigo e atacar o mais próximo possível!”, bem representa a coragem
e a determinação de vencer e de jamais vacilar na defesa dos interesses maiores da
Nação. O destemor ao enfrentar os problemas e adversidades, por maiores que sejam,
deve estar incutido em cada um de nós.
Por fim, “Sustentar o fogo, que a vitória é nossa!”, sinal que fortaleceu o ânimo dos
combatentes à época, impregna-nos hoje do sentimento de vibração e resiliência e
leva-nos a redobrar os esforços na construção de um futuro belo e digno para o
Brasil.
Nesses tempos incertos e nebulosos, a Pátria navega em mar encapelado, hesitando na
busca de um rumo que nos traga maior estabilidade interna e um mínimo de coesão em
torno dos grandes objetivos de desenvolvimento econômico e social.
A Marinha tem fundamental contribuição a dar para superar a crise que se abate sobre
a Nação, a exemplo do que fizeram aqueles heróis de Riachuelo. Somos uma sólida
Instituição, presente em todos os marcantes momentos da história do Brasil, forjada
nos mais caros valores de nossa civilização, com acentuado espírito nacional e com
atuação pautada nos preceitos constitucionais, fiel aos pilares da hierarquia e
disciplina. Atuamos nos mais longínquos rincões deste imenso território, muitas vezes
sendo os únicos representantes do Estado para milhares de brasileiros. Executamos
nossas tarefas principais e subsidiárias com grande entusiasmo, mesmo quando à custa
de grande sacrifício pessoal e familiar.
Meus comandados, após o exitoso desfecho de Riachuelo, o Almirante Tamandaré,
Comandante em Chefe da Força Naval em Operações na Guerra da Tríplice Aliança, assim
escreveu ao Almirante Barroso: “O Governo Imperial e a Nação inteira devem a Vossa
Excelência perenal reconhecimento, e eu, por minha parte, sinto-me possuído de
orgulho por ter a honra de comandar chefes, oficiais, marinheiros e soldados tão
bravos e dedicados à causa nacional.” Essa mensagem de nosso Patrono não poderia ser
mais atual e expressar melhor os meus sentimentos, como seu Comandante, em fazer
parte deste maravilhoso e invicto barco chamado Marinha do Brasil. Agradeço a todos
que o guarnecem, militares e civis, homens e mulheres, por tão bem desempenharem suas
obrigações e engrandecerem, de forma irretocável, a imagem da Instituição.
Assim, nesta Data Magna, é meu dever lembrar e prestar honras aos nossos Marinheiros
e Fuzileiros Navais que padeceram em ação no dia onze de junho de 1865, bem como aos
que deram suas vidas pelo País em tantas outras batalhas e nas Campanhas do
Atlântico. O fogo sagrado desses brasileiros, juntamente com sua bravura e
determinação, forjou a alma de nossa Marinha, permanecendo vivo dentro de cada um de
nós. Que seus exemplos inspirem os nobres agraciados com a Ordem do Mérito Naval, aos
quais publicamente cumprimento pela comenda. Enverguem-na com muito orgulho! As
tradições de nossa Força bem representam a bela história do País.
Viva a Marinha! Tudo pela Pátria!
EDUARDO BACELLAR LEAL FERREIRA
Almirante de Esquadra
Comandante da Marinha

 

  • IMG_7614
  • IMG_7623
  • IMG_7642
  • IMG_7645
  • IMG_7652
  • IMG_7656
  • IMG_7658
  • IMG_7663
  • IMG_7667
  • IMG_7672
  • IMG_7674
  • IMG_7683
  • IMG_7692
  • IMG_7696
  • IMG_7706
  • IMG_7719
  • IMG_7727
  • IMG_7737
  • IMG_7746
  • IMG_7751
  • IMG_7760
  • IMG_7768
  • IMG_7775
  • IMG_7790
  • IMG_7798
  • IMG_7803
  • IMG_7810
  • IMG_7819
  • IMG_7826
  • IMG_7833
  • IMG_7836
  • IMG_7852
  • IMG_7859
  • IMG_7868
  • IMG_7883
  • IMG_7887
Postado às 18h06 DestaqueMarinha Nenhum comentário

Marinha do Brasil realiza plantio de árvores e inaugura bosque no Dia do Meio Ambiente. (Foto: Mikeias Leonardo).

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

As crianças e adolescentes do Programa Segundo Tempo – Forças no Esporte (Profesp) viveram um dia de aprendizado sobre meio ambiente, nesta terça-feira (5), na Estação Radiogoniométrica da Marinha em Natal (ERMN). Foi pelas mãos dos membros do Profesp que foram plantadas as primeiras mudas do Bosque Riachuelo, inaugurado pelo Comando do 3º Distrito Naval na data em que o mundo comemora o Dia do Meio Ambiente e no mês de aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha do Brasil.

No total, 30 mudas foram plantadas pelas crianças e adolescentes, que tiveram a oportunidade de aprender sobre a importância da preservação do meio ambiente. (Foto: Mikeias Leonardo).

No total, 30 mudas foram plantadas pelas crianças e adolescentes, que tiveram a oportunidade de aprender sobre a importância da preservação do meio ambiente com a fundadora da Organização Não-Governamental Nature Viva Mangue (Navima), a bióloga Rosimeire Dantas. Doadas pelo Parque das Dunas, as plantas são das espécies Ipê Roxo, Guabiraba, Cumichá, Quiri, Maçaranduba, Ubaia Doce e Pau-Brasil. O objetivo é que o novo espaço, junto com a extensa área verde já mantida pela ERMN, de aproximadamente 550 hectares, proporcione a oportunidade de interação de estudantes com a natureza.

Durante a inauguração, as mudas receberam placas que especificavam suas espécies, além de ganharem nomes escolhidos pelas crianças. Uma das participantes da atividade foi Nidia Cristina de Oliveira Freitas, de 10 anos, que se disse feliz em contribuir com a preservação do meio ambiente. “Com essa mudinha estou ajudando o planeta e estou muito feliz com isso”, afirma a menina.

Para a fundadora da ONG Navima, a experiência foi enriquecedora, sobretudo por acontecer em uma data como o Dia Mundial do Meio Ambiente. “A ligação dos humanos com a natureza precisa existir desde sempre. Nada melhor então do que promover essa conexão desde já, pois são essas crianças que serão os cidadãos adultos que teremos no futuro”, disse a bióloga.
O Dia Mundial do Meio Ambiente foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) e acontece todos os anos no dia 5 de junho, tornando-se uma das maiores plataformas globais de divulgação pública das ações e conscientização em relação ao meio ambiente.

A inauguração do Bosque Riachuelo também integra as comemorações alusivas ao aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, a mais importante batalha naval da América do Sul, travada na Guerra da Tríplice Aliança, que completa 153 anos em 11 de junho de 2018.

A inauguração do Bosque Riachuelo também integra as comemorações alusivas ao aniversário da Batalha Naval do Riachuelo. (Foto: Mikeias Leonardo).

Profesp

O Profesp é desenvolvido pelo Ministério da Defesa com o apoio da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, e em parceria com os Ministérios do Esporte e do Desenvolvimento Social e a Secretaria Nacional de Juventude. São oferecidas atividades esportivas, educacionais e de lazer, além de alimentação saudável, reforço escolar e orientações sobre civismo.

No Rio Grande do Norte, o programa funciona em três Organizações Militares da Marinha do Brasil. Além da ERMN, a Base Naval de Natal e o Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal também atendem crianças e adolescentes no âmbito do Profesp.

 

Postado às 23h04 DestaqueMarinha Nenhum comentário

Marinha: concurso para nível superior começa nesta sexta-feira.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

Se você tem nível superior, não deixe de se inscrever para o Concurso Público para ingresso no Quadro Técnico do Corpo Auxiliar da Marinha (CP-T). Dentre os requisitos, o candidato deve ser brasileiro nato, de ambos os sexos e com menos de 36 anos de idade, no primeiro dia do mês de janeiro de 2019. São 27 vagas e as inscrições começam hoje (20/04).

Em 2018, a Administração Naval oferece vagas em Ciências Biológicas (03), Comunicação Social (04), Direito (04), Informática (06), Oceanografia (02), Pedagogia (02), Psicologia (02), Serviço Social (02), Segurança do Tráfego Aquaviário (02 – composto pelas profissões: Engenharia Naval e Ciências Náuticas). As inscrições podem ser feitas até 10 de maio através do site www.ingressonamarinha.mar.mil.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 120,00 e será aceito pagamento até o dia 16 do mesmo mês.

Este concurso prevê o preenchimento de cargos e funções técnico-administrativos que visam às atividades de apoio técnico e às atividades gerenciais e administrativas em geral, além das atividades inerentes à carreira militar.

Os candidatos farão provas de conhecimentos profissionais e redação, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de 4 horas. Aqueles que forem aprovados em todas as etapas farão o Curso de Formação de Oficiais (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), na cidade do Rio de Janeiro. Ao final de 2019, o militar aprovado no CFO será nomeado Oficial da Marinha do Brasil no posto de Primeiro-Tenente e passará a receber rendimentos brutos inicias de cerca de R$ 11 mil, além de benefícios, tais como alimentação, alojamento, auxílio-fardamento e assistência médico-odontológica.

Concurso Público de nível Superior para o Quadro Técnico – 2018
Inscrição:
20/04/2018 a 10/05/2018
Valor:
R$ 120,00
Informação ao candidato
: sspm.ingresso@marinha.mil.br
Site
: www.ingressonamarinha.mar.mil.br
Siga-nos: www.facebook.com/ingressonamarinha

 

Postado às 08h04 DestaqueMarinha Nenhum comentário

Público poderá visitar o navio no domingo (15), das 13h30 às 17h.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

O Navio Oceanográfico “Antares”, da Marinha do Brasil, estará aberto à visitação pública no próximo domingo (15), das 13h30 às 17h, na BASE NAVAL DE NATAL, no Alecrim. A atracação na capital potiguar está na programação de uma comissão para coleta de dados oceanográficos e meteorológicos na área marítima compreendida entre o Rio Grande do Norte e o Rio de Janeiro. O “Antares” está em Natal desde quarta-feira (11) e desatracará na próxima terça-feira (17).

A comissão contempla o Plano de Coleta de Dados Oceanográficos da Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN), que prevê a obtenção de dados físico-químicos da água do mar, destinados à produção de informações ambientais necessárias ao planejamento e condução de operações navais nas áreas de interesse da Marinha do Brasil. Os dados coletados ao longo da comissão contribuirão para o enriquecimento do Banco Nacional de Dados Oceanográficos.

O Navio Oceanográfico “Antares” foi construído na Noruega, adquirido na Inglaterra e incorporado à Armada Brasileira em 6 de junho de 1988. Assim como os Navios Hidroceanográficos e Hidrográficos da DHN, tem como propósito dar prosseguimento aos levantamentos oceanográficos e hidrográficos da área marítima de interesse do Brasil.

Seu nome é uma homenagem à principal estrela da Constelação do Escorpião, uma estrela vermelha, cerca de cem vezes maior que o Sol e que há muitos anos vem auxiliando os navegantes do Hemisfério Austral na obtenção das suas posições no mar.

Construído em 1983 no estaleiro A/S Mejellem & Karlsen, na cidade de Bergen, na Noruega, o “Antares” teve sua quilha batida em 1983 e foi lançado ao mar no mesmo ano. Classificado como Navio de Pesquisa Sísmica, recebeu o nome de M/V “Lady Harrison”, tendo efetuado levantamentos de pesquisa sísmica na área do Mar do Norte, Mar Báltico e Mar Mediterrâneo no período de 1984 a 1986.

Com seu contrato de aquisição assinado em 10 de fevereiro de 1988 entre a Marinha do Brasil e a Racal Geophysics Limited, o navio foi oficialmente entregue e enviado ao Rio de Janeiro.

 

Características do navio

Comprimento: 55 metros

Boca: 10,45 metros

Calado: 5,5 metros

Deslocamento: 1.248 toneladas com plena carga

Velocidade máxima: 10 nós

Acomodações para Pesquisadores: 8 vagas

Comandante: Capitão de Fragata Cesar Reinert Bulhões de Morais

Tripulação: 78 militares (15 Oficiais e 63 Praças)

 

Serviço:

Evento: Visitação pública ao Navio Oceanográfico “Antares”

Local: BASE NAVAL DE NATAL

Data: 15/04/2018

Postado às 14h04 DestaqueMarinha Nenhum comentário

Inscrições estão abertas desde o dia 2 de abril e podem ser realizadas online ou presencialmente.

Redação/Portal de notícias e fotojornalismo Natal/eliasjornalista.com

A Marinha do Brasil abriu inscrições para o Concurso de Admissão ao Curso de Formação de Sargentos Músicos do Corpo de Fuzileiros Navais em 2019. As inscrições estão abertas desde 2 de abril e seguem até 30 de abril de 2018 e podem ser realizadas pelo site www.marinha.mil.br/cgcfn, no link “Concursos para o CFN”, ou presencialmente.

Na área de jurisdição do 3º Distrito Naval, que compreende os estados de Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, são disponibilizados três locais de inscrição: em Natal, no Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal; em Olinda, na Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco; e em Fortaleza, na Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará.

Para concorrer, é necessário ser brasileiro, ter idade mínima de 18 e máxima de 24 anos (em 1º de janeiro de 2019) e ter o ensino médio (ou curso equivalente) completo.

A primeira etapa do processo seletivo consiste em um Exame de Escolaridade, constituído de uma Prova Específica de Música e uma Prova de Expressão Escrita, a ser realizada no dia 30 de junho. Posteriormente, os candidatos aprovados e classificados no Exame de Escolaridade serão convocados para a realização da Prova Prática de Música.

O Curso de Formação terá a duração de 18 semanas e será realizado em regime de internato e dedicação exclusiva até o dia da formatura, no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, no Rio de Janeiro. Durante o curso, além de serem proporcionados alimentação, uniforme e assistência médico-odontológica, a Praça Especial receberá remuneração atinente à sua graduação, como ajuda de custo para suas despesas pessoais.

São trinta e seis vagas disponíveis, conforme quadro abaixo:

Naipe Vagas Totais
Clarinete em Sib 03 (três vagas)
Saxofone Alto em Mib 05 (cinco vagas)
Saxofone Tenor em Sib 04 (quatro vagas)
Trompete em Sib 06 (seis vagas)
Trompa em Fá 02 (duas vagas)
Trombone Tenor em Dó 04 (quatro vagas)
Euphonium em Dó/Bombardino 02 (duas vagas)
Tuba em Sib/Mib 03 (três vagas)
Percussão (bateria completa) 05 (cinco vagas)
Baixo Acústico 01 (uma vaga)
Harpa 01 (uma vaga)
TOTAL 36 (trinta e seis vagas)

Locais de inscrição no 3º Distrito Naval

Natal (RN) – Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal – Rua Marcílio Dias s/nº – Quintas. CEP: 59037-020 – Telefone: (84) 3216-3455 ou 3216-3414 Ramal 2112.

Fortaleza (CE) – Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará – Avenida Coronel Filomeno Gomes s/nº – Jacarecanga. CEP: 60010-280 – Telefone: (85) 3288-4704 e 3288-4734.

Olinda (PE) – Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco – Avenida Olinda s/nº – Complexo do Salgadinho. CEP: 53010-000 – Tel: (81) 3412-7615.

“Marinha do Brasil, protegendo nossas riquezas, cuidando da nossa gente”

 

 

 

Página 1 de 1412345...10...Última »