Marca Maxmeio

Postado às 09h09 PlantãoPolíticaTurismo Nenhum comentário

Comissão de Turismo defende abertura de crédito para patrimônios culturais do Brasil

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Uma proposição foi protocolada nesta terça-feira (4) na Câmara dos Deputados sugerindo ao presidente da República a destinação de recursos financeiros para edifícios e acervos do patrimônio cultural brasileiro. O presidente da Comissão de Turismo, deputado Federal Rafael Motta (PSB) é o autor do documento e argumentou que o incêndio ocorrido no Museu Nacional levantou mais uma vez o alerta que é uma preocupação do mandato: a necessidade de mais recursos para investimento na preservação da cultura e da história do nosso país.

 

Para ele, é importante que os locais onde se guardem documentos e peças históricas tenham a devida manutenção e cuidado. “Nesses lugares estão fatos importantes da história do nosso país. Não se pode deixar que isso seja deixado de lado ou colocado em segundo plano”, afirmou.

 

Vale ressaltar que o turismo cultural é uma opção de lazer com visitas aos museus e prédios que reúnam acervo histórico no país. Contudo, na contramão disso, houve queda significativa no número de visitantes no Museu Nacional nos últimos anos. Uma ideia disso é que, em 2013, foram 275.700 visitante enquanto este ano, até abril, foram 55 mil visitantes.

 

Motta lembrou que ao longo do mandato, teve reuniões com o Governo Federal para solicitar mais recursos para obras e museus do Rio Grande do Norte. “Busquei investimentos para a Biblioteca Pública Câmara Cascudo e a Fortaleza dos Reis Magos”, recordou.

 

Ainda de acordo com ele, na discussão da Lei Orçamentária Anual (LOA) neste segundo semestre no Congresso será feita uma ampla defesa para mais investimentos nesse setor.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 4 =