Marca Maxmeio

Postado às 20h02 DestaqueMarinha Nenhum comentário
Marinha

Marinha do Brasil – Fuzileiros Navais –  (Foto: Andreia Tavares G1RN)

Ao todo, foram apreendidos 4 celulares; 316 armas brancas; 8 baterias; 11 chips de celulares;44 suspeitas de narcóticos; e 445 outros itens proibidos (Foto: Divulgação/Marinha do Brasil)

Material apreendidos na vistoria realizada pela Marinha:  4 celulares; 316 armas brancas; 8 baterias; 11 chips de celulares;44 suspeitas de narcóticos; e 445 outros itens proibidos (Foto: Comunicação Social/Marinha do Brasil)

Redação/Portal de Notícias e Fotojornalismo/eliasjornalista.com

Nesta segunda-feira (13), a Marinha deu continuidade, a “Operação Varredura”. Nesta oportunidade, a unidade prisional inspecionada foi a Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró-RN.

Os militares se deslocaram para a cidade, portando equipamentos de detecção e conduzindo cães de guerra. E contando ainda, com o apoio dos Órgãos de Segurança Pública.

A Vistoria e Inspeção da unidade prisional foram realizadas por Fuzileiros Navais especializados, procedentes de outros Estados, com experiência nesta atividade, que participaram de ações de varredura por ocasião da Copa do Mundo, Olimpíada, Pacificação de comunidades, e em Missões de Paz.

De acordo com a assessoria de imprensa da Marinha do Brasil, não haverá o contato direto dos militares com os detentos, que serão previamente retirados das carceragens por agentes penitenciários e policiais militares.

Ainda segundo a Marinha, os fuzileiros que participam da operação no RN atuaram na segurança da Copa do Mundo, em 2014, e nos Jogos Olímpicos do ano passado, no Rio.

A operação teve início, pela manhã, após os agentes realizarem a segurança e o isolamento dos detentos. E encerrou no final da tarde.

A varredura transcorreu como planejada e localizou o seguinte material:

04 celulares;

316 armas brancas;

08 baterias;

11 chips de celulares;

44 suspeitas de narcóticos; e

445 outros itens proibidos.

Totalizando 828 itens apreendidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *